Sobre a fecundidade dos amigos

Comentário: Segue uma humilde poesia, feita em homenagem aos casais amigos do Grupo Famílias em Cristo que hoje gozam da felicidade de estarem grávidos. A todos, um grande abraço e felicidades!

P.S: Aproveito o ensejo para lembrar das maravilhosas palavras de São Josemaria Escrivá:

O matrimónio – não me cansarei nunca de o repetir – é um caminho divino, grande e maravilhoso e, como tudo o que é divino em nós, tem manifestações concretas de correspondência à graça, de generosidade, de entrega, de serviço. O egoísmo, em qualquer das suas formas, opõe-se a esse amor de Deus que deve imperar na nossa vida. Este é um ponto fundamental que é preciso ter muito presente a propósito do matrimónio e do número de filhos. [...]O número não é por si só decisivo. Ter muitos ou poucos filhos não é suficiente para que uma família seja mais ou menos cristã. O que importa é a rectidão com que se vive a vida matrimonial. [...] Os casados estão chamados a santificar o seu matrimónio e a santificar-se nessa união: cometeriam, por isso, um grave erro se edificassem a sua vida espiritual à margem do lar. [...] Mas não esqueçam que o segredo da felicidade conjugal está no quotidiano, não em sonhos. [Temas actuais do Cristianismo]  Ao pensar nos lares cristãos, gosto de imaginá-los luminosos e alegres, como foi o da Sagrada Família. [Cristo que passa, 22]

EL NACIMIENTO DE CRISTO PINTURA DE CARAVAGGIO

EL NACIMIENTO DE CRISTO PINTURA DE CARAVAGGIO

——————————————————————–

Viver entre amigos,
Amigos Verdadeiros,
É receber como que migalhas divinas,
Um misto de gozo e bençãos diárias,
Manifestadas diversamente,
Em cacos “ágapes” doados prodigamente.

Um grupo fecundo, de manancial cristalino.
Fiel aprendiz no ensinamento divino,
Que rendido ao mistério celestial,
Exala aromas com essência fraternal,
Inebria as almas dos passantes,
Preenche as lacunas dos presentes.

Somos um grupo irmão,
Que busca partilhar o pão,
A cada dia se consome pela fé,
Permanece firme e de pé,
Nas adversidades do mundo, amálgamas,
Neste conturbado e desumano vale de lágrimas.

As boas novas que se originam,
Das famílias desta grande família,
São alento e força, no amor consumado,
São graça e dom, no íntimo forjado,
Nos fazem crentes no céu, santa felicidade,
Apontado pela nossa bela fecundidade.

A alegria do Senhor é nossa força,
Bem sabemos, por isso somos corça,
A procura da alegria divina que o céu fende,
E configura para nós um oceano, que rescende,
Os mais belos prodígios, revelados em nossa fronte,
Somos um barco avançando em via caudalosa, fitos no horizonte.

Nossa fecundidade ilumina, são luzes em série,
É o farol que nos afasta da intempérie,
Ela penetra em nossa alma como uma lança,
Transpassa nosso coração com a esperança,
Canal que deixa fluir o Santo Espírito em nós infundido,
Pelo óleo do crisma, no sacramento do batismo.

Nesta busca santa, não somos heróis,
Faz-se mister, que nunca estejamos sós,
Sabemos que há as tentações, é guerra espiritual,
Pedimos constantemente a Deus, que nos livre do mal,
Pois a confiança que somos herdeiros da promessa,
Nos levam além das nossas forças, é algo sobrenatural.

Nossa fecundidade se exprime em formas diversas,
São pérolas que nos cercam, as lindas crianças,
É a santa amizade, que nos une,
É o apostolado diverso, que nos nutre,
É a luta cristã nos estudos e nossos trabalhos, executados diariamente,
Oblação humilde entregue nas mãos do Pai, voluntariamente.

Sancte Michael Archangele, defende nos in prælio. Amen.

 

Chega de correr atrás…

Chega de escolher entre pessoas mal formadas! Chega de escolher o mal menor… A iniciativa desses cristãos é louvável e possível de ser realizada. E se por acaso os candidatos que se apresentarem não forem pessoas de confiança e fé comprovada? Somos muitos, saberemos em algum momento!

Vamos mudar esse país!

 


COMUNICADO IMPORTANTE

Amigos Católicos, estamos lutando firme para eleger os candidatos que REALMENTE conhecemos e sabemos de sua luta pelos valores verdadeiros, as bases de uma sociedade sadia e sem imoralidade, seja ela qual for. Entretanto, nosso trabalho não parará, e iremos continuar o nosso apostolado depois das eleições, ainda mais fortes!

E fazemos um APELO a você, Católico de verdade: se você quiser se eleger para VEREADOR em sua cidade, AVISE-NOS! Vamos realizar palestras na sua cidade, vamos nos movimentar e promover a sua campanha. Chega de escolher o “menos pior”. Precisamos ENTRAR na vida política, como disseram os Papas João Paulo II, Bento XVI e nosso amado Papa Francisco.

Avise o Brasil que os Católicos se levantaram e nada irá nos parar!

Atenciosamente,

Grupo Voto Católico.

Joseph Ratzinger – Violência e Direito

Violência e Direito

Joseph Ratzinger

Uma defesa contra a violência é “superar a desconfiança em relação ao direito e à ordem, porque só assim é possível evitar o arbítrio e viver a liberdade de forma compartilhada por todos”

Fonte:HABERMAS, Jürgen; RATZINGER, Joseph. Dialética da secularização: sobre razão e religião. Aparecida: Ideias e Letras, 2007, p.65.

Arthur Schopenhauer – Tipos de Liberdade

Tipos de Liberdade

Arthur Schopenhauer

Para o filósofo há 3 tipos de liberdade: “liberdade física, a liberdade intelectual e a liberdade moral”

Fonte: SCHOPENHAUER, Arthur. O livre arbítrio. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1967, p. 30.

Pe. Anderson Batista na faculdade de Direito-UFF

O Pe. Anderson Batista, da Arquidiocese de Niterói, esteve na faculdade de Direito, na Universidade Federal Fluminenseno dia 27 de agosto. O Reverendíssimo padre falou do absurdo que é a tentativa de tornar os cristãos cidadãos de segunda classe, mas principalmente, do perigo de se usar argumentos desumanos para justificar o assassinato de pessoas inocentes.

Vídeo imperdível!

Obrigado, Pe. Anderson Batista!

Curtas sobre a Fé – 09

Comentário: Cristãos são mortos impiedosamente na Nigéria e no Iraque. Crianças e mulheres não são poupadas e são decapitadas em praça pública. Os vídeos são tão violentos que não temos coragem de dar publicidade. Rezemos pelos mártires desses países.


1. Boko Haram decretado na Nigéria ataca lares cristãos: Decretado a Sharia islâmica na Nigéria. Homens cristãos estão sendo mortos e suas esposas e filhas obrigadas a abraçar o islâmico com o risco de serem forçadas a se casarem com terroristas islâmicos. A diocese Católica de Maiduguri sofre com o ataque contra seus membros enquanto os lares cristãos estão sendo tomados pelos criminosos islâmicos.

2. Em Mosul, mais cristãos são mortos por grupo islâmico: Estão sendo penduradas em postes e lanças as cabeças das crianças cristãs mortas na perseguição contra o cristianismo. “Terroristas do Estado Islâmico começaram sua morte prometida dos cristãos em Mosul, e eles começaram com as crianças. De acordo com um relatório via CNN, um homem de negócios caldeu-americano disse que os assassinatos começaram em Mosul e as cabeças das crianças estão sendo erguidas em postes em um parque da cidade”.

14075169061961_700

Perguntas para a Marina

Então, ano eleitoral no Brasil é tenso: muitos interesses pessoais envolvidos, muita gente querendo defender sua teta no erário público, muita doutrinação sendo checada pelos “camaradas”. O Caso Marina é um exemplo de como os cidadãos não conseguem ver os fatos com clareza em razão do processo de “esquerdização” da população brasileira.

Escândalos do PT - 02

Curso de Noivos – Setembro/2014

Os que se preparam para o sacramento do matrimônio necessitam conhecer um pouco mais da vocação matrimonial. O namoro faz parte dessa etapa importante do matrimônio, mas também o noivado tem características próprias.

O Curso de Noivos é exigência para os católicos celebrarem o sacramento que une um homem a uma mulher. Em algumas paróquias, a validade do curso é de 3 meses, às vezes menos. O Curso de Noivos, do CAOV, tem uma duração maior e pretende dar a seus participantes uma perspectiva mais realista da vida matrimonial.

Se você conhece alguém que vai se casar, pelo menos nos próximos 12 meses, entre em contato com o CAOV e faça sua inscrição!

FAMÍLIA AOS PÉS DA CRUZ

 

Mais notícias sobre o Curso de Noivos, veja aqui.

Literatura Fantástica

Bruxas, feras, monstros; poções, varinhas de condão, sapos. Dragões! Ao descobrir o conteúdo da literatura fantástica – ou fantasia, como alguns preferem – ouve-se já a resistência aos seus temas e conteúdos. Argumentam que o objeto da literatura fantástica é uma fuga, escapamento. Alguns sustentam que o fim da literatura é inserir o leitor na vida, das questões profundas, nos temas densos. Dizem que os contos de fada alienam, fazem com que seus leitores percam contato com a realidade. Mas eles estão enganados.

É inútil tentar provar a existência de dragões. Eles existem. E por mais que a racionalidade literária contemporânea pretenda desconsiderar a literatura fantástica, alegando que seus relatos infantilizam o leitor, ou que enfraquecem o discurso que realmente importa – o político –, o fato é que os contos de fada nunca foram abandonados pelo literato. O mais grave, contudo, não é a desqualificação imposta a esse tipo de discurso literário. O pior é reconhecer que seus críticos não entendem que o fim dos contos não é convencer a criança de que dragões existem. Como disse Chesterton, isso elas já sabem. 

Curtas sobre a Fé – 08

Comentário: Notícias importantes sobre a fé no mundo. Papa Francisco surpreende o mundo ao anunciar sua renúncia ou sua morte para breve. Essa e outras notícias sobre o catolicismo no mundo. Oremos pelo Santo Padre!

Bento e Francisco: Espiritualidade e Continuidade

Bento e Francisco: Espiritualidade e Continuidade

 


1. Papa Francisco fala de sua morte e de possível renúncia: Pela primeira vez, o Papa Francisco fala sobre a possibilidade de sua morte em 2 ou 3 anos e também sobre a hipótese de seguir Bento XVI e renunciar ao Trono de São Pedro: “Alguns teólogos talvez digam que não é certo, mas eu penso assim: faria a mesma coisa que Bento XVI”.

2. Papa Francisco solicita intervenção contra jihadistas no Iraque: Depois de decepcionar a mídia brasileira negando-se a posar de revolucionário, o Papa Francisco cometeu mais uma heresia jornalística. Rompeu o silêncio a respeito da perseguição aos cristãos no Iraque e pediu intervenção em defesa dos perseguidos.

3. Aids prolifera no Brasil: A epidemia de Aids cai no mundo, mas cresce no Brasil. Alguém está surpreso? Enquanto o assunto não for tratado como deve ser, uma questão ética, é só isso que vai acontecer.

4. Esquerda Sexual Continua Frustrada na ONU: Uma negociação de maratona de duas semanas por causa das prioridades de desenvolvimento do mundo até 2030 terminou na sede da ONU no sábado com direitos de aborto excluídos novamente. Quando finalmente foi dada a decisão dos co-presidentes na tarde de sábado para sinalizar a adoção de um novo conjunto de metas de desenvolvimento, os delegados irromperam em aplausos. O aplauso foi mais um suspiro de alívio com o fato de que uma rodada final de negociações que durou 24 horas tivesse chegado ao fim do que um sinal de aprovação pelas novas metas..

Credo dos Ricos

Luz 

Se Deus está na larva e no frango,

por que tanta grita e espanto,

quando a uns falta tudo

e a outros sobra tanto?

 

Se Deus é na goiaba e no verme,

Não se entende o enojo do imberbe

quando no fruto mordido

só do bicho metade se percebe.

 

Se Deus é arte e ignorância,

se culinária e carne putrefata,

por que do pobre se faz defesa

com artigos, greve e passeata?

 

Se Deus está na cobertura ou na palafita,

e se entre estas não há diferença,

explique essa dor profunda e incontida

ao ouvir o lamento famélico de uma criança.

 

Se ser pobre ou rico é desígnio divino,

se animal ou humano dá tudo no mesmo:

Aos desvalidos mesmo acaba traindo,

ó apologeta de ricos e bem-nascidos.

 

Mas Homem é mais que mundo, ó amigo!

Mais que sarampo, mais que furúnculo, mais que umbigo!

É amor à vida, amor à terra, amor à planta;

mas também amor que nega, amor que sofre, amor que canta.

 

Se Deus está em tudo e é Amor,

amor e tudo não é Deus, ó meu ‘sinhô’,

não está do mesmo modo, dizia vovô:

na panela, no carvão e no fogo o “calô”.

Cartas a Maria – fev/14 – Sobre as escolhas

Cartas-de-amor-para-mi-esposoDe um Pai
Av. Paternal, 33
201402-01

Ao seu(sua)
amado(a) filho(a),
Rua do Infante, 00

Cidadela da Família, 01 de fevereiro de 2014.

Assunto: Sobre as escolhas

Meu(minha) e muito amado(a) filho(a):

Cito nesta carta trecho de um texto do grande jornalista e escritor Chesterton, para que nunca se esqueça que seus pais são livres, extremamente livres. Chesterton em “Babies and Distributism”, disse que:

Crise de Humanismo

A Gazeta do Povo publicou mais um texto de um blogueiro do Site Humanitatis. O artigo trata da crise humanística pela qual passa o país e se intitula: Crise de sentido:

O tempo passou, o mundo mudou significativamente, mas a intuição de Husserl não foi contraditada. Ainda que os enormes avanços científicos revelem ao homem um mundo escondido sob milímetros quadrados, ainda que a tecnologia nos ensine cada vez mais sobre cada vez menos, o problema que é o homem continua por se resolver. Perguntas sobre a felicidade humana, sobre sua realização como indivíduo, sobre sua natureza e finalidade, essas questões maximamente humanas ainda aguardam respostas satisfatórias. E a fome continua a esmurrar às portas do século 21: fome de comida, de fato, mas também fome de verdade, fome de justiça, fome de beleza, fome de amor!

Papa Bento XVI – Catolicidade e Unidade

Catolicidade e Unidade

Papa Bento XVI

“Catolicidade e unidade caminham juntas. E a unidade tem um conteúdo: a fé que os Apóstolos nos transmitiram da parte de Cristo”.

Fonte: Homilia na Solenidade dos Santos Pedro e Paulo, em 29/06/2005.

Arthur Schopenhauer – Libre Arbítrio

Livre Arbítrio

Arthur Schopenhauer

“Admitindo o livre arbítrio, tôda ação humana seria uma milagre inexplicável e um efeito sem causa”

Fonte: SCHOPENHAUER, Arthur. O livre arbítrio. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1967, p. 122.

Curtas sobre a Fé – 07

Comentário: Muitas, muitas notícias ruins sobre liberdade religiosa, no Brasil e no exterior. Talvez seja um dos momentos mais graves do cristianismo desde as perseguições aos catolicismo, nos primeiros séculos. Oremos!

Luz

Cartas a Maria – jan/14 – Sobre as felicitações

Cartas-de-amor-para-mi-esposoDe um Pai
Av. Paternal, 33
201401-01

Ao seu(sua)
amado(a) filho(a),
Rua do Infante, 00

Cidadela da Família, 01 de janeiro de 2014.

Preparação para o Matrimônio – VI

Em uma época egoísta e competitiva como a nossa, é um desafio enorme lembrarmo-nos de que o matrimônio não é uma luta entre adversários. Servir o outro, não vencê-lo, é o segredo do matrimônio saudável

Continuando a reflexão sobre a preparação para o matrimônio, é preciso lembrar um aspecto existencial que traz não poucas dificuldades para os recém-casados. Em nossos tempos conturbados, há uma certa compulsão por vencer, em todos os níveis. A esposa não quer parecer submissa, o esposo não quer parecer dominado, os filhos não querem parecer obedientes. Só que tem um problema: em um lar onde só há vencedores, todos perdem.

Família do Futuro

Família do Futuro