Aristóteles – Raciocínio Dialético

Raciocínio Dialético

Aristóteles

“O raciocínio é ‘dialético’ quando parte de opiniões geralmente aceitas (éndoxa)”

Fonte: ARISTÓTELES. Tópicos, 100 a 27 b 23.


1 comment for “Aristóteles – Raciocínio Dialético

  1. Marcelomrg
    28 de outubro de 2014 at 16:44

    Contra negatem principia non est disputandum ( não se deve discutir com quem negue os princípios).
    Por conseguinte, nesta oportunidade renovo votos de estima e farto apreço ao exímio professor, contudo se com isto o adversário é diretamente levado a contradizer uma verdade indubitável, então conseguimos conduzi-lo ad absurdum. Além disto, em toda discussão, ou argumentação em geral, é necessário que os contendores estejam de acordo em alguma coisa que se toma como ponto de partida para resolver a questão de que se trata.
    ( V. Aristóteles em Nova Perspectiva, p. 42).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *