Conselho Pontifício para a Família – Família e Educação

Família e Educação

Conselho Pontifício para a Família

“Esta tarefa pode ser coadjuvada por outros educadores, mas não pode ser substituída se não por graves razões de incapacidade física ou moral. Sobre este ponto, o Magistério da Igreja exprimiu-se claramente, em relação a todo o processo educativo dos filhos: «Esta tarefa educacional (dos pais) reveste-se de tanta importância que, onde quer que falhe, dificilmente poderá ser suprida. É assim dever dos pais criar um ambiente tal de família, animado pelo amor, pela dedicação a Deus e aos homens, que favoreça a completa educação pessoal e social dos filhos. A família é pois a primeira escola de virtudes sociais de que precisam todas as sociedades»”

Fonte: Conselho Pontifício para a Família. Sexualidade Humana: Verdade e Significado, 23.

1 comment for “Conselho Pontifício para a Família – Família e Educação

  1. Pedro
    9 de junho de 2012 at 22:33

    Educar não é apertar parafuso nem digitar texto. Educar visa antes de tudo o amor – é para o amor que educamos; por isso, educar exige absolutamente o amor. E ninguém aprende a amar a não ser recebendo amor. E (ainda que possa haver, e há, raríssimas exceções) quem mais ama as crianças são os seus próprios pais. Por isso, quem verdadeira e propriamente educa é a família; a escola, quando é boa, ensina uma ou outra técnica e só acidentalmente educa. Impedir que os pais eduquem seus filhos – quer impondo leis, quer impondo salários de fome que levam a jornadas intermináveis – é odiar a educação, o amor e a humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *