J. Urteaga – Calúnia

Calúnia

J. Urteaga

“O que disseste ao ouvido de um amigo correrá depois em voz alta. E quererás limpar a nódoa que puseste na honra daquele homem, daquela instituição, daquela idéia, e não o conseguirás. A calúnia sempre deixa rasto”

Fonte: URTEAGA, J. O Valor Divino do Humano. São Paulo: Quadrante, pp. 30.

Robson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *