Martin Heidegger – Hermenêutica e Ontologia

Hermenêutica e Ontologia

Martin Heidegger

“A proposição já não pode negar a sua proveniência ontológica de uma interpretação compreensiva. Chamamos de ‘como’ hermenêutico-existencial, o ‘como’ originário da interpretação que compreende numa circunvisão, em contraste ao ‘como’ apofântico da proposição”

Fonte: HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo, § 33.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *