Autor: Luciana Hilario

Procurando Nemo, enfrentando os medos!

Uma vez ouvi uma definição de coragem que gostei muito. Foi no filme “O Diário da Princesa”, da Disney. No aniversário de 16 anos da filha, o pai, já falecido, havia deixado uma carta que dizia assim: “Coragem não é a ausência do medo, mas a decisão de que algo é mais importante que o medo. O corajoso pode não viver para sempre, mas o cauteloso nunca vive plenamente.” Essa frase mexeu muito comigo, pois sou uma pessoa um “mocadinho”…

Amor escolhido e acolhido pela adoção

Como diz o nome desse blog, Conversa em Família, existem vários temas sobre família que precisam ser conversados, cultivados, nutridos no núcleo desse organismo tão importante para a sociedade. Um tema muito importante que deve ser mais do que conversado, deve ser vivido, é o amor. O amor sobre suas várias formas: amor entre irmãos, amor entre pais e filhos e entre filhos e pais, amor conjugal, entre um homem e uma mulher, amor amizade, amor a Deus. Muitas vezes…

Sexualidade e Adolescência na telona

A fase da adolescência é vista muitas vezes por pais e mães como uma fase “problemática”, de crise para seus filhos. No entanto, se observarmos ao longo de todo o desenvolvimento do ser humano, não é apenas na adolescência que as crises aparecem, mas durante toda a vida. Ora, é na crise que crescemos, evoluímos, amadurecemos, passamos para uma nova etapa. Que crise não passamos todos nós, quando tivemos que aprender a controlar nossas necessidades fisiológicas pois não teríamos mais…

Cinema em foco, parte 2: Fidelidade e os filhos

No último post sobre cinema, conversamos sobre o amor e a fidelidade conjugal. Vimos o quanto eles são importantes na vida de um casal, para manter o matrimônio vivo, mesmo com a rotina do dia a dia. Concluímos que são os exemplos de marido e esposa, como pequenos gestos de carinho e confiança, que ajudam os filhos a aprender naturalmente a viver o amor e a fidelidade em sua vida. Mas quando esses exemplos não existem? Quais são as dores…

Cinema em foco: Amor e Fidelidade

Acredito que seja senso comum que um dos pilares mais importantes que sustentam as relações humanas é o amor. A família é (ou ao menos deveria ser) o lugar onde todo ser humano experimenta pela primeira vez essas relações humanas, de forma intensa e necessária para sua sobrevivência. Sendo assim, o amor também é na família presença fundamental para seu sustento duradouro e saudável. No entanto, o amor não reina sozinho nos relacionamentos familiares. Ele estende seus braços para outros…

A Família do Futuro

Fomos convidados para escrever no blog “Conversa em Família”. Nós dois somos casados e temos formação na área de computação, mas somos apaixonados por famílias! Então, juntando esses dois temas, como sugestão, nos foi pedido que escrevêssemos como a tecnologia pode influenciar na família, ou vice-versa. Dissemos que íamos pensar na idéia, e pensamos.