Comunicado aos Demônios do Twitter

Twitaço #BrasilSemTVRecord

Na sexta-feira aconteceu uma movimentação estranha no mundo digital… A internet estava com uma aura muito positiva… Não gostei. Como estava trabalhando em Brasília, na comissão para liberar o Kit Gay que o PT criou para as criancinhas, não pude averiguar para saber se minha intuição estava correta. Não se espantem com o que eu disse. Na verdade, vocês sabem, os homenzinhos fedorentos enganam-se ao pensar que os anjos sabem tudo. Tolinhos… Só Ele é Onisciente. Mas voltemos…
Mais tarde soube de uma campanha contra a minha rede de televisão preferida, a Record, que teria começado por causa de artigozinho de “mierda” na net. Eu sinceramente não sei como os homenzinhos fedorentos dão tanta atenção a esses garotinhos que ficam postando informações falsas na internet. Ninguém tem uma louça pra lavar, uma casa pra varrer, um trabalho pra fazer… Que tolice é essa ficar fazendo campanhas no Twitter? Eles acham que realmente suas ações vão resultar em algo concreto? Tá certo que estão dizendo que o Jornal da Record teve a pior audiência do ano, mas foi só coincidência. Tá certo que houve um ligeiro (mas passageiro, garanto!)aumento de sacerdotes católicos. Mas demônios,  não pode acontecer de modo algum que essas hashtag  #BrasilSemTVRecord volte a figurar entre as mais citadas do Twitter, como aconteceu:
E o problema não é a manifestação. Garotos teclando um tema específico no Twitter não chegam a ser uma ameaça grande aos meus projetos. O problema realmente importante é que, pela frequência e quantidade, alguns adultos e poderosos podem ficar curiosos e desejem buscar mais informações sobre esse tema. Aí, não vai ficar bom. Não posso deixar que tanto trabalho investido durante tantos anos, trabalho que resultou em uma rede de transmissão de televisão, que esse trabalho fracasse por causa de um monte de adolescentes sem o que fazer sexta-feira à tarde. Portanto, demônios responsáveis pelo Twitter, trabalhem direito: convençam os meninos de que seu trabalho é inútilfaçam com que acreditem que o mais importante é a ação prática e não a discussão de ideiastirem deles a paixão pela apologética.  É bom que eles pensem que nada podem fazer para mudar o mundo. Eles não podem lembrar que um seguidor dEle faz tremer o inferno e põe a correr uma legião de demônios. Ainda lembro daquele velho padre de mãos bichadas. O olhar dele me amedrontava… Então, demônios, vamos trabalhar, se não vai ter bilhete azul no fim do ano.
Coisa Rúim Chefe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *