Bonum Legere – J. R. R. Tolkien / Biografia – Primeiros Anos (1.1)

Comentário inicial: Amigos, trilhemos agora um pequeno caminho. Antes de adentrarmos nas belíssimas histórias tolkianas, faremos breves relatos sobre sua vida e obra. Acredito ser importante passarmos antes por essas postagens, para entendermos melhor suas histórias. Breves serão os textos, porém grandes estes deveriam ser, diante da grandiosa história de vida deste homem.

Post anterior: 1.0 Bonum Legere – Apresentação

Post posterior: 1.2 Bonum Legere – J. R. R. Tolkien / Biografia – O amor pela Filologia (1.2)

J. R. R. Tolkien – Primeiros Anos

tolkien-206x300

Símbolo com as Iniciais – J.R.R.T.

John Ronald Reuel Tolkien, mais conhecido como J.R.R. Tolkien, nasceu em 1892, em Bloemfontein no Estado Livre de Orange, atual África do Sul.

Seu pai Arthur, era banqueiro, e casou-se com Mabel Suffield na Inglaterra. Devido ao trabalho migrou juntamente com a esposa para a África do Sul. Eles moravam numa fazenda no meio rural em Bloemfontein, onde nasceu Jonh (J.R.R. Tolkien) e Hilary. A origem paterna de J.R.R. Tolkien é germânica. O nome Tolkien remete ao alemão, tollkühn, que significa “temerário”. Já a família materna era de origem inglesa, de sobrenome Suffield.

Curiosidade:
Um acontecimento nos seus primeiros anos o marcou tão profundamente, que pelo que tudo indica, influenciou na sua obra. Quando pequeno, numa visita ao distrito rural em Bloemfontein ele foi picado por uma tarântula. Certamente este incidente desencadeou a imaginação na mente do pequeno Tolkien, afinal dois personagens importantes que passaram pelas histórias de Arda eram aranhas, a grande Ungoliant do livro “O Silmarillion”, e da sua descedente, a Laracna, a grande aranha que lutou com Frodo na saga do livro “O Senhor dos Anéis”.

Quando J.R.R. Tolkien completou os três anos de idade, sua mãe voltou para a Inglaterra junto com os dois filhos. Seu pai Arthur ficou na África do Sul e partiria depois. Sua partida não foi possível devido a uma doença, que acabou consumindo-o. Arthur morreu e foi enterrado na África do Sul sem poder rever sua família.

A família de Tolkien não vivia uma boa situação financeira, então Mabel decidiu ir para sua terra natal “West Midlands” em Birmingham, pois lá estavam mais próximos de seus parentes, e eles os ajudavam.

A infância de Tolkien foi tremendamente marcada pelas características daquela região bucólica da Inglaterra, berço de outros grandes escritores. Seu cotidiano era dividido entre a calmaria da pequena localidade de “Sarehole” ao sul, e da cinzenta cidade de Birmingham ao norte, onde estudava.

Posteriormente sua mãe decide mudar-se para “King’s Heath”, próximo a via férrea. As viagens de trem do pequeno Tolkien começaram a desenvolver sua imaginação, tudo devido aos curiosos nomes dos destinos ferroviários daquela linha: “Nantyglo”,”Penrhiwceiber”, “Senghenydd”, etc.

Curiosidades:
A vida rural no sul de Birmingham influenciou a mente de Tolkien de tal maneira, que dali brotou a inspiração do famoso “Shire” (O Condado). “A ancestral Sarehole há muito que se foi, engolida pelas estradas e por novas construções. Mas era muito bonita, na época em que vivi lá…”  Tolkien

Pouco tempo depois sua família muda-se para a cidade de “Edgbaston”, subúrbio de Birmingham. Esta mudança talvez tenha acarretado na maior mudança de sua família, com um misto de profundo sofrimento, fé e felicidade. Lá sua mãe de origem anglicana converte-se ao catolicismo por causa da grande influência do Padre Francis Morgan. No ano de 1900, Tolkien, sua mãe e irmão são recebidos no seio da Igreja Católica.

Jrrt_1905

Foto – Ronald e Hilary Tolkien

Como mencionado anteriormente, após a morte do pai, a família de Tolkien padecia de dificuldades financeiras, que eram em parte sanadas pela ajuda que recebiam dos seus parentes. Contudo, depois da conversão ao catolicismo seus parentes os evitaram, e a sua crise agravou-se.

Anos depois Mabel contraiu diabetes, e piorou a cada dia, vindo a falecer quatro anos após, em novembro de 1904. Ambos, Ronald e Hilary foram então entregues aos cuidados do Padre Francis, e ingressaram no orfanato, o Oratório de Birmingham.

Continua(…) – Bonum Legere – J. R. R. Tolkien / Biografia – O amor pela Filologia (1.2)

2 comments for “Bonum Legere – J. R. R. Tolkien / Biografia – Primeiros Anos (1.1)

  1. 9 de Abril de 2013 at 16:22

    Belo início… Que venham mais assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *