Eleições Municipais – 2012

Comentário: Caríssimos irmãos, alguns críticos têm levantado falsas acusações contra os que labutam pelo cristianismo nas redes sociais. Dizem que a defesa do aborto é, sim, compatível com a fé cristã. Usam como argumento, além de armadilhas sofísticas, alguns sacerdotes, que se levantam contra a doutrina e a Igreja Católica. De nossa parte, além de nossos argumentos, temos nossa coragem para defender a Igreja Católica Apostólica Romana. Mas eis que os Pastores não nos abandonaram! Em boa hora chegou uma orientação, para todos os cristãos do estado do Rio de Janeiro, sobre como escolher bem seus representantes nas eleições que se aproximam. Destaco um ponto fundamental: ser a favor da vida é fundamental, mas não se pode esquecer que a honestidade não é facultativa, para um político cristão. Contudo, de nada adianta parecer honesto se, no fim, o político atenta contra os mais necessitados e frágeis, nomeadamente, os bebês. Nem todo voto pró-vida é suficientemente cristão, mas todo voto pró-aborto é necessariamente anti-cristão. Portanto, se um candidato está em um partido pró-aborto, é imoral dar seu voto a ele. Lembrem-se, desde a mudança na lei eleitoral, o mandato é do partido, não do político.

Rezemos, irmãos, e votemos com consciência e fé!


Orientações para os fiéis do Rio de Janeiro, acerca das próximas eleições municipais-2012, dos Bispos do Regional Leste – 1.

Comunicado dos Bispos do Regional Leste 1 sobre as eleições municipais

Robson Oliveira

1 comment for “Eleições Municipais – 2012

  1. ELIO JOSÉ PACHECO
    9 de dezembro de 2012 at 09:01

    Sou Elio, aluno do curso de Evangelização Mater Ecclesiae.
    Apesar de ser filiado ao PT e votar em seus candidatos, não compactuo com a cultura da morte e creio que a maioria petista se filie a este posicionamento de ser favorável à vida.
    Mestre, fico grato pela oportunidade e até a próxima.
    Maricá – RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *