Ainda estamos aqui!

Ainda estamos aqui! Apesar da onda de pessimismo, ainda estamos aqui. Não obstante as nuvens escuras, que assomam no horizonte, ainda estamos aqui. E permaneceremos!

O Site Humanitatis, mas especialmente o blog Non Nise Te!, surgiu como resposta a um mundo violento, nasceu contra uma sociedade essencialmente desumana, que violenta e mata o indefeso. Essa é a vocação do Non Nise Te! e sempre será. O Site Humanitatis é mais paz e amor, é mais diálogo. O Non Nise Te! é pau puro!

Não nos interessa fazer média, nem falsificar consciências. Se há pontos em comum, os valorizamos; se não, não falsificamos um diálogo que não há. Pois é, então, para manter a tradição, vamos ao que interessa.

1. Os cristãos podem e vão continuar agindo com força na vida pública, pois não são cidadãos de segunda classe, como querem fazer parecer alguns autocratas. Pagamos nossos impostos como quaisquer cidadãos, cumprimos as leis como todo mundo e não aceitaremos que nossa fé e nossas opiniões sejam ignoradas simplesmente porque professamos uma religião específica. Não aceitamos a ideia de uma religião privada. Pelo contrário, temos um mandamento: iluminar e salgar! E ninguém nos calará.

2. Temos o direito de julgar os candidatos a cargos públicos segundo nossos critérios, não os deles. Contanto que não se cometam atos desumanos, nada nos impede de agir assim. É um direito facultado às democracias que os cidadãos se unam livremente e decidam de acordo com a lei e com a ética quem melhor os represente. Tentar impor ou calar os discordantes caracteriza autocracia, não democracia. Por isso, vamos dizer porque não votamos em alguns candidatos que se apresentam em nossas igrejas como opções:

  • Nós e nossos familiares não votamos no candidato Marlos Costa, de São Gonçalo:

a) Por que está filiado ao PT, partido comunista (link aqui);

b) Por que está filiado ao PT, partido abortista (link aqui);

c) Por que está filiado ao PT, partido antidemocrático (link aqui);

d) Por que está filiado ao PT, partido perseguidor da religião (link aqui) e do cristianismo em particular (link aqui);

e) Por que defendeu o PT e os mensaleiros da acusação de corrupção e não agiu em defesa da honestidade e da virtude, ato próprio do cristianismo (link aqui);

f) Por que silenciou quando foi criada a lista negra de jornalistas pelo vice-presidente de seu partido;

g) Por que silenciou acerca da importação de médicos em situação assemelhada a escravidão em território brasileiro, promovida por seu partido.

Curiosidades: o candidato Marlos Costa aumentou o patrimônio em quase 10 vezes em 6 anos. Saiu de 60 mil declarados para 558 mil em 2014 (link aqui). Nada de criminoso, só curioso. O bispo de Campos, Dom Roberto, escreveu um comunicado explicando que o depoimento em material do candidato não configura apoio (link aqui).


  • Nós e nossos familiares não votamos no candidato Robson Leite, do Rio de Janeiro:

a) Por que está filiado ao PT, partido comunista (link aqui);

b) Por que está filiado ao PT, partido abortista (link aqui);

c) Por que está filiado ao PT, partido antidemocrático (link aqui);

d) Por que está filiado ao PT, partido perseguidor da religião (link aqui) e do cristianismo em particular (link aqui);

e) Por que não defendeu os valores que diz defender, quando a PEC 23/2007 foi a plenário, fugindo para não votá-la, junto com outros comparsas do PT e do PSOL (link aqui);

f) Por que silenciou quando foi criada a lista negra de jornalistas pelo vice-presidente de seu partido;

g) Por que silenciou acerca da importação de médicos em situação assemelhada a escravidão em território brasileiro, promovida por seu partido.

Curiosidades: o candidato Robson Leite recebeu 660 mil reais (?!) de doação na última eleição (link aqui). Uma das empresas doadoras foi a Prospectors Aerolevantamentos e Sistemas LTDA. A empresa agora tem contratos com a Petrobras, com a Vale do Rio Doce, com a Codemig, com a ANP, para ficar nas empresa públicas (link aqui). Nada de criminoso, só curioso.

Em breve voltaremos com outros candidatos que não entenderam bem que somos cristãos católicos, já morremos para o mundo e estamos preocupados com o bem comum, com a vida social, com o país, não com o que eles pensam de nós. 

Pois é, como disse, voltamos!!!

 

999373_516388781767489_2045919117_n[1]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *