Associação de Consumidores Cristãos: o início

Um vídeo de extremo mau gosto, defendendo o assassinato de bebês, além de ofensivo aos cristãos, circulou na internet essa semana. O objetivo era dar publicidade a um produto cultural desses simplistas, que pretendem fazer sucesso e dinheiro com clichês e ofensas. Não sei se conseguiu seu objetivo… Mas a experiência dessa semana me fez ver que precisamos mudar a ação na sociedade.

Luz

É preciso organização! O tempo presente exige mais que boa vontade e boas ideias. É necessário fazer valer a cidadania que possuímos, a competência que temos, a capacidade de mobilização que construímos nesses séculos de experiência. Por isso, demos início à Associação de Consumidores Cristãos.

O objetivo desse grupo é organizar ações conjuntas em todo o Brasil, reunindo os cidadãos cristãos e também os de boa vontade, que se identificam com nossos ideais, para agirmos contra a agenda autoritária e desumanizadora que domina o ambiente cultural brasileiro. E o meio de realizar isso é promover ações de descapitalização desses grupos.

Boicotes de shows e programas, produtos e serviços, além de cartas para os patrocinadores de atores e programas demonstrarão a todos que o poder está na mão do consumidor, não dos publicitários. E já há um grupo de ações que você pode realizar para ajudar nesse projeto:

1. Curta a página da Associação de Consumidores Cristãos e divulgue a ideia entre seus contatos. É fundamental que esse movimento ganhe corpo e representatividade. Por isso, quantidade é capital para que possamos fazer valer os valores humanos de modo democrático.

Associação de Consumidores Cristãos

2. Se puder, marque o vídeo ofensivo com um “Não gostei” – https://www.youtube.com/watch?v=CafzeA-9Qz8. O botão fica à direita, na base do vídeo e está com mais de 40.000 pessoas dizendo que não gostaram.

3. Denuncie esse vídeo, no Youtube. No mesmo link, procure o link Mais, que fica na base esquerda do vídeo. Abrirá uma caixa de opções e você clicará em “Denunciar”.  Depois é só escolher se quer denunciar o vídeo porque ele promove o ódio aos cristãos, ou porque ele ofende a fé cristã, ou porque ele promove terrorismo, ameaçando de morte os bebês, as opções são muitas.

Vamos lá! Não deixemos que um bando de gente fraca, mas determinada, ofusque séculos de civilização e progresso só porque não somos organizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *