Bispo de Alcalá de Henares não pode ensinar sua religião em Madrid-Espanha

Graças a uma amiga, que informou-nos sobre o assunto, soubemos que o Bispo de Alcalá de Henares, Dom Juan Antonio Reig Pla, está sendo perseguido pelo partido socialista da cidade porque ensinou a doutrina católica sobre a homossexualidade, durante uma missa, transmitida por rede televisa. ONG’s e partidos investiram contra o bispo, segundo o El Pais, que tem se defendido das acusações. O que está em jogo não é o sentimentalismo aflorado desses senhores, mas a liberdade de expressão.

Reprodução

O que parece mais um caso de intolerância, envolvendo a Igreja, é na verdade o contrário: intolerância da turma homossexualista. A liberdade de expressão precisa ser preservada em qualquer cultura. Os católicos podem e devem ensinar sua doutrina a seus fiéis, a tempo e a contra-tempo. É um direito humano ter religião. Ora, o senhor bispo estava dentro de sua casa, a Igreja; falando para seus filhos, os cristãos; é possível censurar-lhe a fala assim? E mais: ainda que estivesse em praça pública, a falar para desconhecidos, todos – sim, todos – têm direito a pregar o que acreditam e defender o que acham correto. No entanto, onde a civilização está em perigo, há um horror à liberdade. Sim, pois os cristãos não podem falar, mas todos os outros membros da sociedade  podem fazer troça dos valores cristãos. Os cristãos, contudo, não podem divulgar sua fé sem serem perseguidos.

Rezemos pelo Arcebispo Dom Juan Antono Reig Pla, que seja fiel ao mandamento de Nosso Senhor Jesus Cristo: pregai o Evangelho a toda criatura!

1 comment for “Bispo de Alcalá de Henares não pode ensinar sua religião em Madrid-Espanha

  1. herbert braz
    26 de Maio de 2012 at 21:25

    Temos que ter união e persistir na liberdade de expressão, custe o que custar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *