Cadê a PJ?

Sem a enxurrada de dinheiro público que o governo injeta em outras passeatas Brasil afora, sem ONG’s profissionais fretando ônibus e avião para inflar eventos, sem pagar manifestantes de aluguel para passeatas encomendadas, a Caminhada das Famílias, que aconteceu no último 08/08, em São Gonçalo – RJ, reuniu mais de 10 mil pessoas no coração da cidade. Outras fontes falam de 40 mil participantes durante todas as 3 horas de passeata. Tudo sem dinheiro público!

Eu quero pôr em relevo um detalhe a respeito da Caminhada das Famílias: não se viu qualquer sinal ostensivo da Pastoral da Juventude (PJ) durante toda a caminhada. Esse grupo, tão afeito a bandeiras e estandartes, não estendeu seu enorme pavilhão vermelho na Caminhada. Alguém mal informado pode pensar que os princípios defendidos pela Caminhada não agradam a PJ.

A impressão que pode dar é que os membros da PJ não querem ser identificados com a defesa da família constitucional ou com os valores próprios da família natural. Quem não conhece pode até pensar que eles têm outros valores e princípios mais queridos. Imagina!

Família, Dom de Deus

Família, Dom de Deus

3 comments for “Cadê a PJ?

  1. Fabiano Gomes
    17 de agosto de 2015 at 20:22

    Bom, não sei qual era o nível de informação do Robson, mas, independente de estrutura, obrigações pastorais simultâneas ou mesmo a cidade em que foi realizada a caminhada, considerando o tamanho e a importância do evento como posicionamento público de católicos, não poderia haver motivo para impedir uma participação mais ativa da juventude.

  2. Raphael Costa
    11 de agosto de 2015 at 09:25

    Olá Robson, a paz!
    Provavelmente você não ficou até o final da caminhada, onde jovens da PJ apresentaram uma esquete sobre a vida de São Maximiliano Kolbe, por conta do seu martírio por um pai de família. Também não deve ter escutado quando eu, que sou coordenador arquidiocesano da PJ, disse no microfone a grandeza que é lutar pelo Evangelho e pela família.

    Se não havia bandeiras da PJ na caminhada é porque não há grupo jovem da PJ em São Gonçalo, e os demais grupos estavam em outras atividades nos seus vicariatos. Quando houver alguma dúvida sobre o trabalho da Pastoral da Juventude, antes de tentar jogar informações imprecisas em público, pode conversar com alguém da coordenação, mandar um email, falar com o Padre Andre ou ate comigo, já que moramos no mesmo prédio. Grande abraço!

  3. Nattaly Nunes
    11 de agosto de 2015 at 09:05

    Não entendi o porquê de querer atacar a PJ. Pelo q sei foi uma caminhada em São Gonçalo, município que não tem grupo da PJ ainda. Localizado no território da diocese de Niterói, diocese na qual a PJ ainda está em processo de estruturação, sua presença é maior em apenas duas cidades da diocese, e a mesma não participou de nenhuma passeata com dinheiro publico ou com ong profissional. Não vejo fundamento para tal ataque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *