Conhecem os Cônegos Regulares da Nova Jerusalém?

Fonte: Summorum Pontificum.


Esta congregação, ainda jovem, foi fundada em 2002 por iniciativa do arcebispo Raymond Burke, enquanto ordinário da diocese de La Crosse, nos Estados Unidos, agora prefeito do Tribunal Signatura Apostólica, em Roma (desde 27 Junho de 2008) e cardeal nomeado pelo papa Bento XVI para o próximo consistório. O Arcebispo Burke também está muito perto do Instituto de Cristo-Rei Soberano Pai, que ele tinha feito vir da diocese de St. Louis aos Estados Unidos, do qual foi, antes de La Crosse, o ordinário. Em junho de 2007, o arcebispo Burke também tinha ordenado pelo rito tradicional dois sacerdotes na catedral de Saint-Louis, um evento que não acontecia há 40 anos. Em 18 de outubro de 2009, Dom Burke celebrou em Roma, a primeira missa tradicional na Basílica de São Pedro, desde a reforma litúrgica.
Seu apego à forma tradicional do rito romano é evidente e não é surpreendente quando se está também relacionado com a fundação dos Cônegos Regulares da Nova Jerusalém. Instituído em 22 de junho de 2002 por Dom Burke, os Cônegos Regulares de Nova Jerusalém colocam no coração de sua espiritualidade celebrar a liturgia tradicional segundo os livros litúrgicos de 1962. Como Cônegos, os membros desta jovem congregação vivem pela Regra de Santo Agostinho. O objetivo principal desta comunidade é a santificação dos seus membros, através da vida comunitária, a disciplina ascética, os votos religiosos e da vida litúrgica.
Seu superior é Dom Daniel Augustine Oppenheimer, Prior. A comunidade publica um jornal semestral, Lauda, Jérusalem. Seu hábito é muito parecido com o dos dominicanos, branco e preto. Obviamente atualizado com pouca frequência, o site da comunidade pode ser visto aqui.
Abaixo está um vídeo da Missa de Corpus Christi, em junho, celebrada pelo prior da comunidade.

Esta congregação, ainda jovem, foi fundada em 2002 por iniciativa do arcebispo Raymond Burke, em seguida, da diocese de La Crosse, nos Estados Unidos, agora prefeito do Tribunal da Assinatura Apostólica, em Roma (desde 27 Junho de 2008) e cardeal nomeado pelo papa Bento XVI para o próximo consistório. Arcebispo Burke também está muito perto do Instituto de Cristo Rei Soberano Padre, ele tinha entrado na diocese de St. Louis, Estados Unidos, depois que ele foi um dos La Crosse, do ordinário. Em junho de 2007, o arcebispo Burke também foi condenada pelo rito tradicional de dois sacerdotes na catedral de Saint-Louis, um evento que não acontecia há 40 anos. Em 18 de outubro de 2009, Dom Burke foi celebrada em Roma, a primeira missa tradicional na Basílica de São Pedro, desde a reforma litúrgica.
Seu apego à forma tradicional do rito romano é evidente e não é surpreendente quando se está também relacionado com a fundação dos Cônegos Regulares da Nova Jerusalém. Fundada 22 de junho de 2002 pelo arcebispo Burke, dos Cónegos Regrantes de Nova Jerusalém, colocados no centro de sua espiritualidade celebrar a liturgia tradicional segundo os livros litúrgicos de 1962. Como Cânones, os membros desta congregação jovens vivem pela Regra de Santo Agostinho. O objetivo principal desta comunidade é a santificação dos seus membros, através da vida comunitária, a disciplina ascética, os votos religiosos e da vida litúrgica.
Seus superiores Dom Daniel Oppenheimer Agostinho, Prior. A comunidade publica um lette semestral, Lauda, em Jerusalém. Seu vestido é muito parecido com o dos dominicanos, tanto brancos como negros. Obviamente actualizados com pouca frequência, o site é uma comunidade AQUI.
Abaixo está um vídeo Missa de Corpus Christi, em junho, celebrada pelo prior da comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *