Estatuto da Diversidade Sexual: o Estatuto da Pedofilia

O Estatuto da Diversidade Sexual prepara o caminho para fazer do Brasil o paraíso dos pedófilos e efebófilos

Com a PLC 122/06 sendo rejeitada pela esmagadora maioria da população brasileira – que é cristã -, a estratégia da bancada cristofóbica mudou a direção das atividades. Nesta semana, foi entregue – com apoio da OAB – um anteprojeto de lei, que será defendido pela senadora Marta Suplicy (PT/SP), pelos deputados federais Jean Wyllis (PSOL/RJ) e Érika Kokay (PT/DF) et caterva: o Estatuto da Diversidade Sexual.

O Estatuto da Diversidade Sexual prepara a prática efebófila e pedófila, para gozo de líderes homossexuais nacionais

Esse anteprojeto, preparado por equipe da OAB nacional, possui vários pontos controversos que retomam o caminho da perseguição à livre expressão da opinião, à liberdade de religião dentre outros direitos constitucionais estabelecidos no artigo quinto da Constituição Federal. Os defensores da PLC 122 diziam que estavam sendo mal interpretados, quando acusavam-lhes de que o projeto de lei era uma caça aos cristãos, pois os colocariam na cadeia. Diziam eles que essa era uma interpretação maldosa da PLC 122. Pois bem, eis que o Estatuto da Diversidade Sexual retoma o caminho da perseguição e mantém a criminalização da heteronormatividade e da opinião contrária à homonormatividade. A pena para quem cometer o “crime” caracterizado no Estatuto de homofobia é de 3 a 5 anos de prisão (art. 100). Outros pontos do Estatuto retomam o projeto de lei 122, caracterizando, portanto, mais do mesmo. Mas a novidade desse estatuto é a abertura para favorecer a prática pedófila.

Diz o estatuto, no artigo 5, parágrafo 1:

§ 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.

Ora, tal como está, nenhum pedófilo poderá jamais ser criminalizado pela força estatal ou pelos familiares por razão de suas práticas de pedofilia, pois irá argumentar que apenas quer viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais. E não se diga que isso é um absurdo, pois no Brasil há não poucos homossexuais com aspirações pedófilas. Fora do Brasil o movimento também é muito forte (em breve falaremos sobre o assunto). Este Estatuto quer preparar o caminho para tornar legal a prática hedionda da pedofilia (sexo com crianças) e da efebolia (sexo com adolescentes), fazendo com que o critério da legalidade do ato sexual seja a satisfação pessoal dos parceiros, não importando a idade.  Enfim, o Estatuto da Diversidade Sexual é um estatuto favorável à pedofilia e a efebofilia.

É preciso dizer que sou absolutamente contrário à qualquer prática discriminatória. Nenhuma pessoa pode ser discriminada por suas escolhas. No entanto, nossa legislação já é suficientemente capaz de coibir que as pessoas que escolhem ser homossexuais sofram qualquer tipo de prejuízo civil, por razão de sua opção. No entanto, não fechemos os olhos para o movimento internacional desses grupos, que pode inclusive usar da boa fé de alguns de seus pares para avançar as teses que pretendem: predar adolescentes e crianças, aqui no Brasil.

Robson Oliveira

3 comments for “Estatuto da Diversidade Sexual: o Estatuto da Pedofilia

  1. 26 de setembro de 2017 at 09:03

    Pedofilia é crime, e doença, então o estatuto não mudaria isso. Atribuir defesa à pedofilia aos direitos LGBT é querer criar polêmica e confundir as pessoas. Mas já que falamos em pedofilia, 90% dos casos envolvem familiares ou religiosos.

  2. tatiana
    2 de fevereiro de 2012 at 11:56

    Que absurdo es ese? se seguimos assim dentro de uns dias assasinato e estrupo tambem nao vao ser considerados crimens, esta mulher esta louca.

  3. Ana Cristina Soares Neris
    7 de setembro de 2011 at 09:30

    O meu marido já tinha debatido a esse respeito com meu sobrinho. Falou exatamente sobre o perigo de, a partir de uma lei, “legalizar-se” a pedofilia. E naõ é que os doentes estavam já em ação??!! Precisamos divulgar essas coisas em todos os ambientes que frequentamos e, dessa forma, bloquear essas ações absurdas, de políticos que deveriam se preocupar em solucionar problemas tão evidentes, ao invés de jogar o mundo um buraco cada vez maior. Acho que só tem um jeito…VOLTA LOGO JESUS!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *