Eu gritei por você

No histórico 15/03/2015, eu gritei por você. Por você e por todo o povo brasileiro. Ontem, uma multidão foi às ruas do país para mandar um recado a seus governantes: queremos mudanças concretas. Nada de promessas, nada de reformas feitas por encomenda. Há leis que bastam no Brasil! Nesse dia memorável, fui às ruas porque quero que sejam punidos exemplarmente e com celeridade os corruptos que têm arruinado nossa nação. Gritei porque quero que sejam demitidos os funcionários públicos que roubam o erário e que seus bens sejam vendidos para ressarcir a nação. Gritei porque quero que o governo diminua gastos, demitindo o quanto antes os mais de 100.000 funcionários contratados sem concurso e com salários extraordinários. Por tudo isso, fui às ruas gritar.

Escândalos do PT - 02

Eu gritei por você, que foi para rua pedir o constitucional impeachment do Collor, mas não vai para rua pedir o constitucional impeachment da Dilma.

Eu gritei por você, que se acha muito inteligente e crítico, mas tem como melhor argumento nas discussões políticas um enigmático apelido culinário.

Eu gritei por você, que diz não ser preconceituoso, mas que tacha de ignorante, burguês, branquelo e paulista qualquer um que não concorde com suas opiniões.

Eu gritei por você, que se diz um tolerante amante da democracia, mas faz diferença entre voto de rico e voto de pobre.

Eu gritei por você, que acusa de golpismo um movimento apartidário, mas se cala quando Maduro mata estudantes desarmados na Venezuela.

Eu gritei por você, que critica de golpismo um movimento cidadão, mas defende o golpismo cubano, com seu jubileu de ouro e sangue.

Eu gritei por você, que acha que é diferente ser roubado por gente da esquerda ou gente da direita. Hei, tem uma terceira opção.

Eu gritei por você, que não concorda comigo. Não tem problema: eu sou tolerante o suficiente para viver com isso. Mas e você? Você é tolerante o suficiente para aceitar nossa diferença democrática ou você acha, lá no fundo, que o país seria melhor se eu não pudesse gritar?

Ao final desse dia, analisando o discurso dos ministros escalados para substituir a presidente amarelona, pude concluir que o governo não entendeu as demandas da população. Não queremos promessas! Queremos os canalhas na cadeia. Portanto, a gente vai voltar às ruas de novo. Eu gritei ontem e continuarei a gritar dia 12/04. E se não ouvirem, a gente volta, a gente volta, a gente volta…

Elite

2 comments for “Eu gritei por você

  1. RAIMUNDO CESAR FARIAS ALELUIA
    24 de março de 2015 at 09:59

    EU AGRADEÇO O GRITO E SEI QUE VOCÊ TEM RAZÃO COMO TODO SOFREDOR BRASILEIRO. SÓ DISCORDO SOBRE DATAS A PARTIR DA QUAL AS APURAÇÕES DEVEM OCORRER. NÃO PODE SER APENAS NOS ÚLTIMOS 6 ANOS, SENÃO O GRITO SERÁ APENAS DIRECIONADO CONTRA UM GRUPO APENAS.

  2. maria aida
    20 de março de 2015 at 07:34

    Grite por mim
    filho querido, sua mãe está cansada,
    sem esperança, grite por mim.
    A fé que tenho em Deus me anima
    Ele está sempre no controle de tudo.
    Quando chegar a hora Ele intervirá.
    Mas sei é necessário nossa ação,
    me perdoe, estou cansada.
    Grite por mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *