Exame de Consciência das Famílias sobre Justiça

Oferecendo aos leitores mais reflexões sobre a vida matrimonial, apresentamos uma meditação acerca da vivência da virtude da justiça. Outras meditações foram propostas e hoje importa ouvir o que o Evangelho tem a dizer sobre a justiça:

1. Importa antes obedecer a Deus que aos homens. Tenho sido justo para com os deveres em relação a Deus?

2. Esposo, esposa e filhos são os destinatários primeiros da justiça dos homens. Tenho sido fiel aos direitos desses meus irmãos mais próximos?

3. Tão importante quanto a promoção da justiça é reparar a injustiça cometida. Promovo ações de reparação em família? 

4. Estou sempre pronto a desculpar-me pelos males que produzo com meus atos? Compreendo que essa ação é necessária para reparar mágoas e feridas nos relacionamentos familiares?

5. Nossos lares promovem a justiça entre si e com as pessoas mais próximas? Entendemos que é um dever cristão lutar pela justiça, especialmente a justiça pelos direitos religiosos?

Que os lares cristãos tenham diante de si a Família de Nazaré, onde a justiça nasceu, cresceu e floriu. Roguemos a Deus que nos dê a graça de perseverar no caminho da virtude. Que a Santíssima Virgem Maria não nos desampare nessa labuta.

Adoração pelas Família - Maio/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *