Jornada Mundial da Juventude: começou a histeria anti-católica

Reprodução – Eventos da JMJ

Era óbvio que os ataques à visita do Papa ao Brasil aconteceriam, só não imaginava que eles começariam tão cedo. A histeria anti-católica por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá em 2013 no Rio de Janeiro, teve sua primeira epifania recentemente. Sexta-feira, 09/12, um telejornal divulgou matéria imprecisa sobre a emenda no orçamento do estado, solicitada pela deputada Myrian Rios. A legisladora fluminense solicitou mudança no orçamento, sob a tutela e apoio da assembleia e do executivo da referida unidade federativa. O pedido sugere que o orçamento do estado do Rio de Janeiro para 2012 redirecione R$ 5 milhões de reais para a visita que o Chefe de Estado do Vaticano, o Papa Bento XVI, fará ao Brasil e ao estado fluminense. Outros veículos de comunicação também repercutiram o tom impreciso do telejornal, que inclusive insinuou que a solicitação da deputada caracterizaria “desvio de verba” e, portanto, seria crime contra a administração pública.

As críticas sobre a participação do governo na JMJ chegaram muito cedo. E também são muito constrangedoras, especialmente para os que levantaram dúvidas sobre a intenção da parlamentar com a respectiva emenda – mas disso falamos adiante. Vamos à argumentação da reportagem:

1. A visita do Papa Bento XVI trará peregrinos que incharão a cidade, trazendo mal-estar à vida cotidiana dos cariocas ;

2. O dinheiro usado para a visita poderia ser revertido em benefícios para a cidade;

3. O estado laico não admite que o governo financie ou colabore com ações de igrejas particulares.

Não é difícil ver que a reportagem quer denegrir o evento católico e tem um caráter ideológico muito forte, o que já denuncia a fraqueza na argumentação contra a emenda da deputada. Por exemplo, afirmar que a chegada de peregrinos vai piorar o trânsito da cidade, que a visita de jovens vai aumentar a sensação de insegurança, que a excessiva estadia de turistas dificultará o atendimento em hospitais e postos de saúde é uma piada! Com ou sem peregrinos visitando o Rio de Janeiro, os serviços básicos de saúde, transporte e segurança já estão no limite do ridículo. Chega a ser uma afronta à inteligência do carioca afirmar que visitantes do mundo todo é que serão responsáveis pelo caos de 2013 que já existe em 2011. Sim, se o milhão e meio de jovens que foram à Madrid em 2011 tomarem as ruas da Cidade Maravilhosa, como é previsto, os serviços de atendimento à população poderão sofrer uma piora considerável. Contudo, daí a afirmar que o cidadão carioca vive num paraíso de serviços ao contribuinte, de qualidade e quantidade indiscutíveis, paraíso de benefícios que será destruído por viajantes católicos sem escrúpulos, há uma distância considerável. Além do mais, o Rock in Rio, a Rio 92, o Carnaval e, futuramente, a Rio + 20 também trazem um volume enorme de turistas e visitantes à cidade, mas não existe a mesma repulsa da mídia por estes eventos. Ora, então por que afirmar que a vinda dos peregrinos em 2013 trará para a cidade um mal-estar e um desconforto desconhecidos do carioca? Pelo contrário, infelizmente o cidadão fluminense já convive com serviços de saúde, segurança e transporte risíveis. Colocar também isso na conta do Papa é ilógico, se não absolutamente desonesto.

Reprodução – A promessa de 200 mil pessoas não chegou a 10%

Outra acusação, essa já esperada, é a de que o dinheiro gasto na JMJ deveria ser revertido para benefícios básicos, de que a população do Rio de Janeiro está carente. A reportagem dá um tom catastrófico ao assunto, induzindo o leitor desatento a imaginar alguma falha de caráter da deputada Myrian Rios.  Uma leitura mais cuidadosa faz ruir essa insinuação. De fato, a deputada pede aos parlamentares a reorientação da verba do estado para apoiar a organização de um evento que é mundial, com um Chefe de Estado. Jovens do mundo todo virão ao país e ao estado para essa jornada e esse aporte parece ser necessário para uma boa preparação. Por isso, a deputada sugeriu a emenda, que é absolutamente legal, e visa direcionar uma verba que não pode ir para pagamento de médicos, nem de policiais, nem de guardas de trânsito. Além disso, a última JMJ rendeu aos cofres de Madrid não 5 milhões de reais, mas 354 milhões de euros, algo superior a 1,5 bilhão de reais. Diante dessas cifras, não parece que os 5 milhões solicitados pela deputada deixam de ser “gasto” e passam a ser “investimento”? Neste prisma – e sem contar empregos diretos e indiretos – a JMJ não é pago pelo contribuinte fluminense. Pelo contrário, ele é autossustentável e faz girar a economia onde acontece o evento. Ademais, os acusadores da deputada esqueceram-se de um dado: não é só a JMJ que recebe ajuda do governo. Curiosamente, este fim de semana aconteceu o Festival Promessas. Este evento gospel acontece no Rio de Janeiro e promete reunir 200 mil pessoas – bem menos que o milhão de católicos no Halleluya de Fortaleza! Para este evento de entretenimento, não se tem notícia de que parlamentares protestantes tenham solicitado dinheiro do governo. Afinal, seria muito estranho solicitar erário público para cantores e dançarinos. No entanto, sem passar pela Assembleia Legislativa e pela vontade do povo portanto, governo (na pessoa de Sergio Cabral) e prefeitura (na pessoa de Eduardo Paes) do Rio de Janeiro prometem 30 milhões de reais para a Geo Eventos, mesma empresa que organiza o Festival Promessas. Não são 5 milhões, orçados e controlados pelo legislativo e pelo executivo; são 30 milhões, na conta de uma empresa particular. Voltando aos argumentos do articulista do jornal, quem mesmo está gastando dinheiro sem retorno algum para os cofres do Rio de Janeiro? Quem trará mais resultados para o cidadão: os 5 milhões que podem se transformar em 1 bilhão ou os 30 milhões que não se sabe se geram receita para o estado?

O ponto mais vergonhoso na argumentação da matéria é a contraposição do estado laico com a religião. Quem escreveu a matéria quis vender a ideia de que o estado laico é aquele que não subsidia a religiosidade de seus cidadãos. Ora, mas uma das funções do estado é subsidiar ações que facilitem a vida dos seus membros. Negar essa função é renegar um caráter próprio do estado. Uma visão mais perfeita de laicidade revela que estado laico é o estado que não obriga seus cidadãos a seguir uma religião específica. O estado laico se contrapõe ao estado religioso, como no Iraque, que obriga todos os cidadãos a serem muçulmanos, com pena de morte para os outros (veja este texto aqui). O estado laico não proíbe que seus cidadãos exerçam sua fé em espaços públicos. O que a matéria do jornal pretende com sua crítica é um estado laicista, isto é, um estado que obriga os cidadãos a não terem religião ou a não expressarem em público, perseguindo os que têm coragem de defender seu credo. É bom que se diga, porém, que esse tipo de tratamento contra religiosos vai de encontro às leis do Brasil. Veja o que diz o artigo 5o. da nossa constituição sobre o assunto:

VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;

VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei.

Não há nada de imoral ou ilegal na emenda da deputada Myrian Rios. Pelo contrário, os que a atacam fazem-no por espírito revanchista e/ou pisoteando a Constituição Federativa do Brasil. Seus argumentos são fracos, contraditórios ou simplesmente inexistentes. Muitas críticas sobre a JMJ ainda virão, mas que pelo menos analisem melhor seus dados e refaçam toda a cadeia argumentativa. Tal qual foi apresentada no telejornal citado, fica difícil acreditar no(a) escritor(a).

Robson Oliveira

96 comments for “Jornada Mundial da Juventude: começou a histeria anti-católica

  1. David Gravatá (estudante)
    31 de julho de 2013 at 08:45

    Então, após análise dos coordenadores da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro em Julho de 2013 temos:
    Números oficiais da JMJ Rio 2013.

    3,7 milhões de pessoas na missa de envio.
    3,5 milhões de pessoas na vigília.
    600 mil pessoas presentes na missa de abertura d…a JMJ.
    R$ 1,8 bilhões desembolsados pelos turistas.
    1,2 milhões de pessoas na missa de acolhida do Papa, em Copacabana.
    2 milhões de pessoas na Via-Sacra.
    427 mil inscrições.
    175 países representados pelos peregrinos.
    356.400 peregrinos inscritos com hospedagens.
    356,4 mil vagas disponibilizadas para hospedagem em casas de família e instituições.
    72,7% do total de inscritos estiveram na primeira vez no Brasil.
    70 mil downloads no site oficial da JMJ Rio2013.
    Mais de 200 mil acessos no site oficial da JMJ Rio2013.
    Mais de 1,1 milhão de curtidas no Facebook da JMJ Rio2013.
    10 mil downloads no Flickr oficial da JMJ Rio2013.
    644 bispos inscritos (dos quais 28 são cardeais).
    7.814 sacerdotes inscritos
    632 diáconos inscritos.
    6,4 mil jornalistas credenciados para cobrir a JMJ para 57 países.
    264 locais de catequese, em 25 idiomas.
    60 mil voluntários.
    Mais de 800 artistas participantes dos Atos Centrais.
    100 confessionários foram expostos na Feira Vocacional e no Largo da Carioca.
    4 milhões de hóstias produzidas, 800 mil para missa de envio.
    345 toneladas de resíduos orgânicos e 45 toneladas de materiais recicláveis, durante a JMJ Rio2013 (10% a menos do registrado na noite do último Ano Novo).
    55% do público inscrito na JMJ é do sexo feminino.
    60% do público inscrito na JMJ tem entre 19 e 34 anos.

    O por isso de uso de verbas públicas.

    • 31 de julho de 2013 at 14:37

      Foi espetacular!!! O resultado da JMJ está além do que esperava.

  2. agostinho xavier de sousa
    26 de julho de 2013 at 14:37

    Porque os chamados evangelicos, que vive de tirar do povo pobre o pouco que eles tem, e os chamados pastores exigem dos que vão la em busca de sucesso rapido, curas mentirosas, como fazia aquele pasto estrupador que está cumprindo pena por estrupo de maios de 25 pessoas com promessas falsas, agora vem estes invejosos falar da Igreja UNA SANTA E CATOLICA fundada pelo proprio Jesus Cristo, quem são eles para vir falar desta Igreja, vivam a vida de voces que já ta muito comprometida com a verdade.que Deus tenha piedade deles, quero deixar aqui um comunicado, que a Igreja Catolica não perdeu nem um FIEL, quem dela saiu foi os infiés, por tanto a Igreja catolica com o PAPA Francisco está cada vez mais forte e fervorosa atuante e feliz, viva Jesus cristo Nosso Senhor, que vive e Reina para sempre.

  3. paulo
    26 de julho de 2013 at 13:05

    O papa e o chefe da quadrilha de lavagem de dinheiro e pedofilia

    • 26 de julho de 2013 at 16:35

      O senhor tem provas ou só acusações caluniosas?

    • levertosk
      30 de julho de 2013 at 00:17

      Desculpa ae paulo jalasca vc é um inutil q não sabe nem ond esta direito

  4. relmontcool
    13 de junho de 2013 at 10:04

    Não chega as praças de nossas cidades?também querem o nosso dinheiro?é por estas e por outras que á pobreza no mundo,Jesus Cristo nasceu em uma cocheira e nunca usou anel de ouro,o que farão agora me queimarão em praça publica ou falarão que fazem caridade?e seus crimes sexuais e os assassinatos são de cristo?O que descerá do céu a cidade de Roma?o a nova Jerusalém? ai de vocês no dia do julgamento do Senhor,ai daqueles que condena seus irmãos levando os a morte por causa da doutrina humana,já estão sentenciados .
    Portanto vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: ‘Jesus é anátema.’ E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.

    • 17 de junho de 2013 at 15:57

      Muito confuso, desculpe…

      Mas se todo o que diz “Jesus Cristo é o Senhor”, o faz pelo Espírito Santo, nós dizemos: Jesus Cristo é o Senhor!!!! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo… e a sua Santíssima Mãe, a Virgem Santíssima!!!

  5. Sérgio Miguel Izel da Silva
    28 de Março de 2013 at 12:52

    Como evangélico e pastor,estou muito feliz com o evento da juventude católica e mais eufórico ainda com o novo e moderno Papa que tem apregoado antigas verdades que estavam escondidas ,tanto no meio católico,como também no meio evangélico.A Record não representa a opinião protestante ou evangélica,apenas representa e expressa a vertente de seus donos,não caim nessa de perseguição e façam aquilo a que vocês foram chamados.Se todos realmente entenderem que Deus é amor essas picuinhas acabarão.Viva a juventude cristã!viva os verdadeiros homens de Deus!Viva aqueles líderes que não procuram as ovelhas apenas para usufruir da sua lã e ao final comer das suas gorduras.Prestem atenção!!!Nem todos são farinha do mesmo saco.Que este evento possa ser uma benção para milhares de jovens envolvidos com drogas,prostituição,fornicação,maus relacionamentos e etc!!!Se eles não forem o foco ,este encontro não valerá de nada.O senhor Deus os guie neste empreendimento e que o nome Dele e de mais ninguém seja exaltado.
    No amor cordial de Cristo;
    Pastor Sérgio Miguel

    • willame
      24 de junho de 2013 at 11:18

      parabens pastor! tô contigo!

      • 24 de junho de 2013 at 14:45

        Quase…

      • agostinho xavier de sousaa
        26 de julho de 2013 at 14:45

        Pastor, só Jesus é o Pastor, esses são enganadores, ver o estudo deles, que eles sabem de teologia?invejosos falsos pastores ja dizia Jesus, cuidado com os falsos pastores e ai ta cheio de enganadores, falsos profetas, vão cuidar da vida de voces, deixem a Igreja fundada por Jesus Cristo em Paz, e lembrem-se nem todo aquele que diz Senhor, Senhor entrará no Reino dos Céus, que tem ouvidos ouça.

    • Lili
      26 de julho de 2013 at 21:32

      ” A fé existe pra nos unir como seres humanos e irmãos em Cristo, independentemente de credo. Se isso está servindo de desculpas para brigas e ofensas é pq tem algo destorcido no coração das pessoas”

  6. AMARO HELIO COSTA DOS SANTOS
    15 de Março de 2013 at 11:14

    No meu Modesto entender, acho que nos católicos nao devemos nunca entrar em polemica, pois o Deus que servimos é infinitamente maior que tudo isso. O que é rede record?

  7. MARCÍLIA ALENCAR
    16 de Fevereiro de 2013 at 01:12

    pARABÉNS, MEU QUERIDO PROFESSOR DE MORAL, ROBSON, VC É DEMAIS FIQUEI DE BOCA ABERTA QUANDO LI SEU COMENTARIO E SEU DEBATE FUNDAMENTADO EM JESUS CRISTO NOSSO SENHOR , VIVA JMJ/RIO 2013

  8. andreons ferreira da silva
    14 de Fevereiro de 2013 at 15:54

    É muito engraçado,se fala de tanto roubo de tanta coisa no meio politico como
    desvio de verbas e outras coisa.Mais na verdade isso é um desrespeitos pois a igreja católica é muito rica, e ela esta fazendo o governo do estado do rio de janeiro gasta case 7 milhões de reais,pois estes 5 milhões que foram dito do começo todos sabem que o gasto vai ser muito MAIOR do anunciado, com este evento da igreja,aqui em julho de 2013, sem esta em condições de tal gasto.Pois porque em vez de promover este,encontro dos jovens católicos.Porque que não se investe na saúde publica nas escolas publica.A igreja católica e muito rica para ficar dependendo do governo do estado,e tirando investimentos da população do rio de janeiro que depende das Upas, Hospitais e escolas publicas.Isso vai ser um absurdo concordo com o evento não concordo com os gastos porque as igrejas católicas não se unem,para tal evento ?

    • 15 de Fevereiro de 2013 at 07:57

      Ai, ai, ai…

      É muito engraçado tentar aproximar a JMJ de roubos e desvio de verbas. Quem gosta de meter a mão no erário público é político e governo, como aconteceu recentemente no Brasil com o governo do PT. Graças a Deus, o STF – menos pelos ministros Toffoli, Graça e Lewandowski do PT – não aceitou essa roubalheira. A Igreja não roubou nada de ninguém, caríssimo.

      Outra coisa: mostre para nós que o estado vai gastar mais de 5 milhões com a Jornada Mundial da Juventude. Você tem alguma fonte de onde tirou esses 7 milhões?? Até onde eu sei, o que o governo vai repassar são 5 milhões. Para seu conhecimento, a prefeitura de São Paulo, que não tem um Carnaval assim, assim, investiu 23 milhões em 2012 nos preparativos para o evento (link aqui). Tá vendo nossa diferença, Andreons? Eu falo e provo, você fala e temos de confiar na sua palavra. Desculpe, mas não dá…

      Seu texto faz-nos pensar que você também não concorda com o Campeonato Carioca, muito menos com a Copa no Brasil – afinal, reformar o Maracanã com tanto colégio sem professor, né? -, e também não concorda com a festa do dia 31 de Dezembro; nem com os campeonatos de esportes que acontecem nas praias do Rio, nem com os shows de música e teatro, pois afinal, para que tudo isso se tem gente na filha do hospital? Você concorda que tudo isso tem de parar de acontecer no Rio, Andreons, e que só deve voltar a ter show de samba na praia, shows nos teatros, shows gospel nas ruas, etc, etc, etc, quando não houver mais insegurança nas ruas e escola pública de qualidade? Ou será que sua reclamação é só porque o evento é católico?

      E mais: mesmo que você pense que tudo isso é justo, não é a mesma coisa comparar a JMJ com um show gospel. Quem vem ao Brasil é um Chefe de Estado, um governante devidamente empossado, e não um cantor que ganha a vida do lucro de seus shows. Há um protocolo para recepção de um Chefe de Estado, de qualquer Estado, e o Vaticano é um país. Assim, o governo terá de gastar, sim, com a segurança do Papa, como teria de gastar com a do Obama.

      E finalmente – até parece que não leu nada do texto – não se trata de gastar 5 milhões. Investe-se 5 milhões e o lucro será muito maior para benefício do Estado. Se os 2 milhões de jovens, ao chegarem na cidade, comprarem um sorvete por 3 reais, esse evento terá injetado não 5, mas 6 milhões na economia do Estado. Ora, jovens não vivem só de sorvete, né?

      Bem, aí está. Melhor que isso, só desenhando…

      • agostinho xavier de sousaa
        26 de julho de 2013 at 14:58

        Parabens Robson Oliveira, como é ouvir, ler as verdades de quem escreve como vc com fundamento, sabendo o que está falando, estas pessoas que fala da Riqueza da Igreja não sabem nada, da historia da Igreja, a verdadeira riqueza da Igreja, são e sempre serão os Pobres, a exemplo de São Vicente de Paulo, entre outros Santos, e hoje testemunhamos e a vida simples do Papa Francisco,qu8e eu conheci como Bispo de Nuenos Aires, onde viví por 5 anos indo a Santa Missa todos os dias, e tive a oportunidade de conhece-lo. Agostinho

  9. AMARO HELIO
    1 de dezembro de 2012 at 16:15

    Acho que os criticos da Igreja Catolica nao deve saber da verdadeira historia da Igreja Católica, Os concilios os documentos enfim usar a méida para dar opiniões sem embasamento é ridiculo.

    • 17 de dezembro de 2012 at 22:28

      Não é só falta de conhecimento não, Amaro. É falta do que fazer também.

  10. anamir solange perpetuo
    11 de setembro de 2012 at 20:34

    Se preocupar com o que dizem evangélicos? que se reunem só para fazer frente aos católicos e assim mesmo para dançarem e apresentarem os seus showzinhos para a mídia, na qual buscam quem os renda dinheiro.
    Se preocuparem com políticos cujo único interesse é no “faz- me rir”, é pura ingenuidade e televisão-maniaquice .
    Nosso pais, como acontece no mundo, não está mais preocupado com a ética, porque dela não se tira dinheiro.
    Quer exemplo pior para a saúde moral de uma sociedade do que essas horríveis monstruosas, tendenciosas, “DEMONÍACAS PASSEATAS GAYS”,infringindo aos nossos jovens e também crianças uma verdade relativista e nojenta que chamam de opção sexual, e naturalmente leva nossas crianças a não terem opção, porque eles se exibem como se toda sociedade aplaudisse.
    Para esses monstros não existe histeria nem perseguição.
    Devemos rezar sempre para que nosso amado Deus possa mudar essas realiodades sujas num pátria celeste, ou nos prepararmos para sairmos dessa Sodoma e Gomorra de interesses escusos.
    Viver e crer numa mudança de atitudes depende de nós, como católicos continuarmos a nos encontrar, e com alegria demonstrar nossa fé. Essa fé nos torna mais forte.
    Viva a JORNADA MUNDIAL da JUVENTUDE com o nosso amado Papa, isso sim é um corajoso ato de fé.
    Sobrarão somente um Resto.

  11. Emerson
    11 de Janeiro de 2012 at 18:17

    Puts!! Vão ser hipócrita assim no inferno!! Quem são vocês para falar de leis suas raças de víboras, sabemos qual é a verdadeira intenção dessa jornada, não somos mais crianças d’o “COLLO” que se deixa enganar por investimentos e favorecimentos!! Hááá tenha compaixão, o povo brasileiro esta amadurecendo,e como eu que “já cai do pé” e estou apodrecendo pra esta enganação religiosa que nosso pais vivia!!!

    • 11 de Janeiro de 2012 at 18:28

      “Raça de víboras”? Hummm… Diga-nos, Emerson, qual a intenção?

    • David (estudante)
      15 de Janeiro de 2012 at 00:53

      vc “caiu” ? Então levante-se!!!
      Essas críticas se dà pq na verdade é Cristo que incomoda o homem.
      O homem acha-se que assumir o Cristo é tão difícil que prefere inventar sua própria igreja, ou seu próprio deus segundo seus anseios.
      .as a verdade é uma só. Deus existe.
      E a Igreja é uma prova concreta disso.
      NÃO SEI QTS ANOS VC TEM SR. EMERSON, MAS SEI QTS ANOS A MINHA IGREJA TEM.
      E creio fortemente que a miha Igreja tem muito mais autoridade que as suas fracas acusações.
      Mesmo se o evento não receber recurso governamental algum, a Divina Providência agirá.
      Acredite no que vc quiser, mas deixe-nos com a nossa fé.

  12. Diego Felipe
    9 de Janeiro de 2012 at 22:37

    O terceiro argumento é válido sim. Porque se não, o que me impede de acreditar na religião do ‘monstro do espaguete voador’ e um deputado conseguir aprovar uma emenda pra subsidiar um encontro mundial dos fiéis dessa religião (mais 200 pessoas, digamos) na minha casa? O papel do estado laico é NÃO TER RELIGIÃO OFICIAL nem SUBSIDIAR UMA RELIGIÃO EM DETRIMENTO DE OUTRAS. Ele não deve, nem pode proibir manifestações culturais/religiosas, mas é TOTALMENTE IMORAL ele FINANCIAR/PAGAR evento para IGREJAS ou CONGREGAÇÕES QUAISQUER QUE SEJAM.

    • 9 de Janeiro de 2012 at 22:46

      Discordo. O dinheiro do estado é do contribuinte. E é o contribuinte quem decide para onde vai o dinheiro. Se tiver uma igreja do espaguete e ela for representativa, o governo tem de garantir o segurança, limpeza e transporte para o espaguete de domingo. O fato de alguém não gostar de espaguete não pode impor limites aos que acreditam no espaguete voador. E mais: é dever do estado subsidiar ações dos cidadãos. Por que subsidiar a copa, o carnaval, eventos ridículos como a Rio + 20, parada gay pode, mas a JMJ não? Fala sério…

  13. eleide
    5 de Janeiro de 2012 at 10:22

    irmãos, temos mesmo que defender a igreja que o próprio cristo adquiriu com seu sangue.Mas fiquemos atentos pois o inimigo de Deus e nosso,age no escandalo, ou seja chama a nossa atenção para um lado e age surdinamente do outro, e contra esse tipo de atitude,façamos o que cristo nos ensina, ser mansos como as pombas e astutos como a serpente.Peçamos fogo do céu sobre toda armadilha, astúcia, e investida de satanás contra a igreja de cristo e contra o evento da JMJ.E peçamos a medianeira de todas as graças, que passe na frente para resolver aquilo que somos incapazes de resolver. Beijos meus amados, e que neste ano que se inicia vcs e todos vossos familiares estejam sobre a luz, unção e moção do Espírito Santo de Deus.

    • 8 de Janeiro de 2012 at 21:27

      A Jornada Mundial da Juventude está chegando, Eleide, e precisamos defender nossa fé e nosso direito de expressá-la em público. Não nos calemos diante dos ataques e críticas injustas e antidemocráticas.

  14. carlos Eduardo da silva
    1 de Janeiro de 2012 at 15:04

    nos catolicos não podemos de forma alguma ficar calados temos que mostrar nossa fé.E q cremos em um Deus vivo maravilhoso que esta no meio de nois e que nada vai nos derrubar jonada mundial, eu vou expresa minha fé

  15. Elaine
    22 de dezembro de 2011 at 09:20

    teremos dia 16/01/2012 as 14h um segundo twittaço com a tag #JMJ2013EuApoio se puder divulgar http://twitter.com/DomVobiscum/status/149551138797133824/photo/1

  16. Thais
    18 de dezembro de 2011 at 20:19

    Parabens irmão!!! Só jogam pedras nas árvores que realmente dão frutos! Vamos mostrar para o mundo que existem jovens católicos praticantes e de coragem no nosso Brasil!

    As críticas virão como ataques excessivos tentando garantir a vitória da difamação da Igreja de Jesus Cristo.

    Vamosss que vamosss!!!!!

    Deus te abençoe.

  17. diego
    16 de dezembro de 2011 at 23:42

    Parabéns, muito bom o texto!

  18. André
    16 de dezembro de 2011 at 19:48

    Em que lugar do mundo 350 milhoes de euros dá algo em torno de 1,5 bilhao de reais? Nem se isso fossem libras esterlinas, o valor seria esse.

  19. 16 de dezembro de 2011 at 10:45

    sejamos fortes na Fé. É só o começo…

  20. Thaís Vianna
    15 de dezembro de 2011 at 09:21

    Inacreditável a audácia do inimigo!!!!! É de fazer rir!!!!! Se o Rio não tem estrutura para suportar a JMJ, com um público absolutamente ordeiro (como prova o evento de Corpus Christi, por exemplo) então desista de Olimpíadas, Copa do Mundo e principalmente do Carnaval, que ocupa os hospitais com: coma alcoóçico, baleados, esfaqueados, …; além do centro do Rio com um único cheiro (fedor):urina! Rezemos!!! Rezemos!!! Rezemos!!!!

  21. EDER
    15 de dezembro de 2011 at 00:53

    Parabenizo o escritor da matéria. Excelente esclarecimento àqueles que possuem argumentos inconsistentes!
    Todos os católicos devem tomar ciência destes fatos!

  22. LUCÃO DE BARRETOS
    14 de dezembro de 2011 at 17:31

    AE CARA ARREGAÇOU, MATÉRIA INCRÍVEL, SEM MAIS COMENTÁRIOS

  23. 14 de dezembro de 2011 at 15:40

    Se calculássemos a quantidade de impostos que nos católicos pagamos que no caso somos maioria no pais , daria para pagar quantas JMJ quiséssemos no pais, há muitas pessoas que não se conformam com pequena quantia para tamanho evento e que para muita gente vale muito mais que uma copa em 2014.

  24. 14 de dezembro de 2011 at 14:54

    vc sabe o que quer dizer “evangelico” no dicionário?
    adj.relativo ao evangelho,conforme aos ditames do evangelho;PROTESTANTE.
    ou seja essa palavra evangelico é para iludir aos catolicos. portanto nunca esqueça aquela passagem “lobo vestido de ovelha”.

  25. Vitor Sales
    14 de dezembro de 2011 at 12:51

    Muito bom o post. Apoiado!

  26. Laila Mára
    14 de dezembro de 2011 at 09:53

    Muito bom o texto.
    É importante que nós católicos saibamos defender nossa Mãe, a Igreja, e nosso pai comum, o Papa. Que realmente divulguemos a verdade, que já encontramos, aos quatro ventos.

    Mas é importantíssimo, frente a todas as perseguições e injustiças, sabermos perdoar os agressores, não julgá-los (só Deus conhece os corações, e muitos agem por ignorância), e desagravar, compensando com muito amor a Deus todas as ofensas que ele sofre.

    Não podemos deixar que esse tipo de reportagem cause raiva, e sim preocupação e dor de amor, por ver as ofensas que fazem a nosso Pai Deus. E que isso se torne oração por essas pessoas e mais amor a Deus.

    Preparemos a vinda do Papa com muita oração. Divulguemos essa Jornada falando com todos os nossos amigos e explicando a eles a importância e transcendência desse evento.

  27. divina
    13 de dezembro de 2011 at 22:47

    “Acredito na força do jovem que segue o caminho do Cristo Jesus…”
    E a copa de 2014??? A pergunta que não quer calar… Essa o Governo apoia???

  28. Sarah
    13 de dezembro de 2011 at 19:24

    Vou criar um twtter so pra participar da iniciativa.

  29. marcio
    13 de dezembro de 2011 at 14:57

    e isso ai galera catolica,piazada de ctba vamos dar maior força a nossa verdadeira fe.

  30. 13 de dezembro de 2011 at 13:45

    Muito Boa sua inciativa de mostra a verdade, meu irmão em Cristo!! Continuemos lutando pela verdade e pela defesa da Fé. Pax et Bonum.

  31. RAFAEL
    13 de dezembro de 2011 at 12:21

    ACREDITO QUE NINGUÉM AKI É LEIGO AO PONTO DE DESCONSIDERAR A INFAME TENTATIVA DA DEPUTADA DE DIRECIONAR VERBAS PÚBLICAS A BENEFÍCIO DE PARTE DA POPULAÇÃO. COM ISSO, PERPETUA A SUPERIORIDADE DE CREDO A OUTROS. GARANTIR SEGURANÇA E ORDEM NO RJ É FUNDAMENTAL, SENDO DISPENSÁVEL RESERVAR TAL QUANTIA A UM MOVIMENTO ESTRITAMENTE CATÓLICO, E, COMO TAL, DEVE SER FINANCIADO PELOS RESPECTIVOS SEGUIDORES OU A IGREJA (QUE POR SINAL POSSUI BASTANTE VERBA PARA ISSO). SOU CATÓLICO MAS ACREDITO QUE AQUELES QUE NÃO SE FILIAM A TAL CRENÇA NÃO DEVEM SE RESPONSABILIZAR PELAS DESPESAS AUFERIDAS NO EVENTO. SOU CONTRA A TAL “DESVIO” DE VERBA!

    • 13 de dezembro de 2011 at 12:25

      Mas e os que não gostam de samba e veem seu dinheiro ir para a organização do Carnaval? E os que não são protestantes e veem o dinheiro público ir para eventos protestantes – 30 milhões?? E os que não são homossexuais e veem seu dinheiro financiando Parada Gay?? Você também é contra tudo isso, Rafael? Ou só é contra tudo que diz respeito à Igreja Católica??

      • RAFAEL
        14 de dezembro de 2011 at 11:07

        FINANCIAR CULTURA OU MEIOS QUE DIGNIFIQUEM O HOMEM É COMPLETAMENTE DISTINTO DE FINANCIAR CREDO RELOGIOSO MAJORITÁRIO. DA MESMA MANEIRA QUE A IGREJA SE MOSTRA VEEMENTEMENTE CONTRÁRIA AO CARNAVAL BRASILEIRO (CONSIDERADO INFÂMIA PARA A IGREJA), EVENTOS PROTESTANTES (PORQUANTO ACREDITAM SER LESIONADA) OU EVENTOS QUE NÃO PRESTIGIEM O PÚBLICO HETEROSSEXUAL, DEVERIA SER EXEMPLO E REALMENTE APLICAR AQUILO QUE POSTA, POIS ACUSAR TERCEIROS COM BASE EM DOGMAS DA INSTITUIÇÃO E, POSTERIORMENTE, EXERCITAR EM SEU PRÓPRIO BENEFÍCIO CONDIZ A UM CONTRASENDO EXPLÍCITO, POUCO QUESTIONADO PELOS FIÉIS PORQUANTO É A “IGREJA” QUEM DISSE. SOU COMPLETAMENTE A FAVOR DA IGREJA CATÓLIA (POR ISSO O SOU), ENTRETANTO NÃO SOU O TIPO DE FIEL LIMITADO QUE SE CONTENTA COM TODOS OS DITAMES IMPOSTOS PELA RELIGIÃO. ANALISO AS CONDUTAS E TAMBÉM CRITICO QUANDO PERTINENTE, NÃO REPRIMO MEU SENSO CRÍTICO SÓ PORQUE “ALGUEM MAIOR’ ASSIM O DISSE, POIS, NÃO SEI SE LEMBRA MAS A IGREJA APESAR DE SANTA EM SEUS ENSINAMENTOS É TAMBÉM PECADORA, POOQUANTO É GERIDA POR HOMENS!

        • 14 de dezembro de 2011 at 14:05

          Primeiramente, Rafael, quero dizer que você passou pelos meus questionamentos sem respondê-los. Para alguém que quer discutir, falta um pouco de ordem. Parece até que você quer ofender os cristãos. Mas vamos deixar isso para lá e vamos ler esse seu texto. Ele precisa ser analisado com mais vagar. Vamos lá:

          FINANCIAR CULTURA OU MEIOS QUE DIGNIFIQUEM O HOMEM É COMPLETAMENTE DISTINTO DE FINANCIAR CREDO RELOGIOSO MAJORITÁRIO.

          Rafael, sinceramente não entendo sua argumentação. Você quer dizer que a Parada Gay e o Carnaval são eventos melhores que a Jornada Mundial da Juventude? Desde quando financiar o Carnaval carioca é promover a dignidade humana? Quais são as evidências? O Rio de Janeiro é uma potência mundial em educação e respeito ao homem por causa do Carnaval? E mais: prove que financiar a Parada Gay é investir em cultura. O que se aprende ali? Depois você fala que eventos majoritários não merecem apoio público. Mas você esqueceu que a Copa é um evento de um esporte majoritário no país, o futebol. Você vai fazer algum tipo de manifestação contrária ao apoio público à Copa de 2014? Ou os únicos majoritários que não podem nada são os católicos? Por que contra os minoritários você nada tem a dizer, não é? Então, Rafael, concordamos que financiar Carnaval e JMJ é distinto. Daí, porém, querer sustentar que uns merecem financiamento e outros não, por favor. Você vai precisar melhorar os argumentos.

          DA MESMA MANEIRA QUE A IGREJA SE MOSTRA VEEMENTEMENTE CONTRÁRIA AO CARNAVAL BRASILEIRO (CONSIDERADO INFÂMIA PARA A IGREJA)

          Rafael, aqui você dá provas de conhecer muito – muito!!! – pouco do catolicismo. A Igreja Católica não é contrária ao Carnaval, Rafael. Ela é fundadora! O Carnaval é uma festa cristã católica, caso não saiba. Só isso é suficiente para tornar incompreensível a sua acusação de que a Igreja trata esta festa como “infâmia”. É óbvio, porém, que o Carnaval como se faz no Rio de Janeiro tem muito pouco de cristão. Por isso, há resistência da Igreja com o modo de se comemora o Carnaval neste estado. Mas isso nada tem a ver com “infâmia” ou “veementemente contrária”. A Igreja, fundadora das Universidades, não prega o seu fim porque algum cientista usa mal os recursos de uma universidade qualquer. Do mesmo modo, a Igreja não pretende acabar com uma festa que ela mesma criou. Ela deve guardar o espírito que fundou esta festa lindíssima, sem transformá-la em uma festa desumanizadora, indigna do homem.

          EVENTOS PROTESTANTES (PORQUANTO ACREDITAM SER LESIONADA) OU EVENTOS QUE NÃO PRESTIGIEM O PÚBLICO HETEROSSEXUAL, DEVERIA SER EXEMPLO E REALMENTE APLICAR AQUILO QUE POSTA, POIS ACUSAR TERCEIROS COM BASE EM DOGMAS DA INSTITUIÇÃO E, POSTERIORMENTE, EXERCITAR EM SEU PRÓPRIO BENEFÍCIO CONDIZ A UM CONTRASENDO EXPLÍCITO, POUCO QUESTIONADO PELOS FIÉIS PORQUANTO É A “IGREJA” QUEM DISSE.

          Bem, Rafael, você deve ser muito inteligente. Mas preciso dizer que este trecho está difícil. Acho que você quis dizer que devemos ser mais críticos quanto ao que a Igreja diz. Bem, se é isso, nada a acrescentar. Só proporia uma outra coisa a você: o seu alto senso crítico se aplica também ao que diz outras fontes de discurso, como os professores, os políticos, a televisão ou só duvida do que fala a Igreja?

          SOU COMPLETAMENTE A FAVOR DA IGREJA CATÓLIA (POR ISSO O SOU)

          Disso eu ainda não estou convencido. Ali embaixo vou dizer por quê.

          ENTRETANTO NÃO SOU O TIPO DE FIEL LIMITADO QUE SE CONTENTA COM TODOS OS DITAMES IMPOSTOS PELA RELIGIÃO.

          Viu? Conseguiu perceber porque não dá para acreditar que você é “COMPLETAMENTE A FAVOR DA IGREJA”. Se você está completamente unido a Cristo e sua Igreja, como pode vir depois um “ENTRETANTO”? Rafael, “entretantos” não convivem com “completamentes”, entendeu? E para piorar a situação você ofende os que não são como você. Você diz que há “tipos”, uns limitados e outros ilimitados – é uma piada, tá? Os limitados são aqueles que não são críticos, aqueles a que você se refere no trecho heraclítico lá de cima. Então é assim: quem concorda com você é ilimitado, quem discorda é limitado. Você e sua ilimitude só não responderam a meus questionamentos feitos no comentário.

          ANALISO AS CONDUTAS E TAMBÉM CRITICO QUANDO PERTINENTE, NÃO REPRIMO MEU SENSO CRÍTICO SÓ PORQUE “ALGUEM MAIOR’ ASSIM O DISSE

          Que você é altamente crítico, não tenho dúvida. Eu também sou crítico. Mas no meu caso tenho cuidado de não afrontar a lógica e a razão por causa da minha tendência à exatidão. Por isso tenho cuidado com meu texto: a qualidade do texto revela agudeza do senso crítico. Mesmo imaginando que você não quis dizer isso, embora tenha dito, não sei se fico lisonjeado por ter dado ao meu texto a dignidade de autoridade de “alguém maior”. Afinal, tudo começou com um texto meu, sem qualquer relação com a Igreja. Mas diferentemente de você – que como disse acima parece ser um católico sui generis – os cristãos católicos reprimem seu senso crítico, sim, dependendo de quem é o “ALGUEM MAIOR”. Caso o assunto trate do Senhor Jesus, meu senso crítico vai para o ralo, como por exemplo, no ensinamento evangélico de que as prostitutas, cobradores de impostos precederão a muitos no Reino dos Céus. Caso se trate do ensinamento do Papa, o senso crítico vai para farinha, como no caso da disciplina da castidade sacerdotal. Agora, se a opinião é de um igual, aí o senso crítico aflora e só repousa diante de argumentações muito bem feitas. As quais, infelizmente, não são o caso, Rafael.

          POIS NÃO SEI SE LEMBRA MAS A IGREJA APESAR DE SANTA EM SEUS ENSINAMENTOS É TAMBÉM PECADORA, POOQUANTO É GERIDA POR HOMENS!

          Eu lembro, Rafael. O que você talvez não saiba é o sentido destas afirmações. Em nenhum momento elas atacam a doutrina e a natureza da Igreja, pois ela é o Corpo de Cristo. O pecado a que se referem as frases é aquele que os homens cometem. Portanto, de modo algum elas se aplicam à discussão que tínhamos. Com ela você só quer desqualificar a Igreja numa discussão em que ela não estava sendo citada.

          Continua a indagação, Rafael, que você não respondeu: você é contra o financiamento de todos os eventos pelo governo ou só os que fazem os cristãos? Ah, está cada vez mais difícil de acreditar no seu catolicismo, hein.

          • Luis Carlos
            16 de dezembro de 2011 at 22:44

            PARABÉNS PELA CONVERSA ARGUMENTATIVA.SEM COMENTÁRIOS. JMJ 2013.

        • 14 de dezembro de 2011 at 14:39

          “É A “IGREJA” QUEM DISSE. SOU COMPLETAMENTE A FAVOR DA IGREJA CATÓLIA (POR ISSO O SOU), ENTRETANTO NÃO SOU O TIPO DE FIEL LIMITADO QUE SE CONTENTA COM TODOS OS DITAMES IMPOSTOS PELA RELIGIÃO. ANALISO AS CONDUTAS E TAMBÉM CRITICO QUANDO PERTINENTE, NÃO REPRIMO MEU SENSO CRÍTICO SÓ PORQUE “ALGUEM MAIOR’ ASSIM O DISSE, POIS, NÃO SEI SE LEMBRA MAS A IGREJA APESAR DE SANTA EM SEUS ENSINAMENTOS É TAMBÉM PECADORA, POOQUANTO É GERIDA POR HOMENS!”

          RsRs, só acho engraçado o fato de se orgulhar disso.

        • Leandro Lopes
          14 de dezembro de 2011 at 15:21

          Essa argumentação tá o samba do apóstata doido.

          • 14 de dezembro de 2011 at 16:16

            Mas não é! Será que ele acha que postar em caixa alta e ignorar as questões vai fazer com que esqueçamos do que é importante?

            • Marcelo
              8 de dezembro de 2012 at 09:55

              Parabéns Robson. Quisera ter o domínio da lógica que você tem meu irmão. Peço a Nossa Senhora que interceda sempre por você a nosso Deus, para que seu vinho nunca acabe. Um abraço muito, muito amigo.

        • Roberta
          15 de dezembro de 2011 at 13:03

          Rafael, pelo que eu entendi, parece que você quis dizer que um evento católico não é um meio de dignifação do homem? Pelo menos, não um meio tão eficaz de dignificação como o carnaval e a parada gay? Foi isso mesmo? Tem certeza que você é católico?

        • 22 de dezembro de 2011 at 13:07

          RSRSRSRS… APESAR DE SER MAL ENTENDIDO EM VÁRIOS PONTOS, PERCEBI QUE OS ARGUMENTOS AGORA APRESENTADOS SÃO PERTINENTES PARA COLMATAR LACUNAS EXISTENTES NO TEXTO INICIAL! MESMO QUE TENTEM DESCONSIDERAR AQUILO QUE EXPUS, É FATO QUE UMA SEGUNDA OPINIÃO É NECESSÁRIAS PARA SOLIDIFICAR OS DITAMES INICIAIS OU, AO MENOS, INCITAR A TODOS PARA INTENSIFICAREM A PROPAGAÇÃO DOS IDEAIS CRISTÃOS. GRATO A TODOS!

    • Priscilla Costa
      14 de dezembro de 2011 at 14:38

      *Infame tentativa?
      Vê-se que o caro irmão em Cristo não sabe o que fala. Infame é a corrupção que assola o país.

      *Benefício de parte da população?
      Eventos grandiosos como a JMJ, as Olímpiadas e a Copa trazem um benefício para TODA a população, não só da cidade mas do país, haja visto a ENORME quantidade de dinheiro que os turistas deixam aqui, fora as melhorias promovidas pelo governo local em infra-estrutura para sediar tais eventos.

      *Superioridade do Credo?
      Caso não saiba, a palavra Católico significa UNIVERSAL e todos são convidados a participar dos eventos da Jornada.Fazemos como nosso fundados, JESUS CRISTO, não excluímos ninguém. Aprendemos com Sua Mãe a acolher a todos e interceder pelos mais necessitados.

      *Estritamente Católico = Estritamente UNIVERSAL

      *Sou católico… mas aqueles que não se filiam a TAL CRENÇA?
      Um católico tem AMOR a sua Igreja e seu comentário está impregnado de tudo, menos amor.

      *Despesas Auferidas? Auferido =ganho.
      Não sabe mesmo o que fala.

      *Desvio de verba?
      Desvio de verba é o que os políticos corruptos fazem, e não investimento em uma cidade para acolher um evento.

      Caro irmão, sinto que falta em você, primeiro o AMOR de Cristo e à Igreja por Ele fundada. Falta bastante discernimento, acolhimento, caridade, bondade, paciência, enfim, os frutos do Espírito Santo. Que o Senhor te abençoe e te guarde, volva para vós o Seu olhar e Se compadeça de Ti. Faça resplander a Luz do Seu rosto e te dê a PAZ!

  32. pedro
    13 de dezembro de 2011 at 10:27

    Qua Nossa Senhora, São Sebastião, São Pedro, São Paulo e todos os outros Sãos,
    Ahh e Jesus também abençoe você por essa reflexão.A igreja católlica nunca cairá. Nós sempre ganharemos desses protestantes em número de pessoas nos nossos eventos. O importante é os números. vejam bem. 1,5 milhão de pessoas contra 200 mil kkkkkkkkk. Nós somos (censurado). Viva o evangelho do nosso senhor Jesus Cristo e mais do que tudo, viva o Papa.

  33. Ana Cristina
    12 de dezembro de 2011 at 22:33

    Infelismente, nem todas as pessoas sabem disso tudo que você fala aqui. , mais infelismente ainda, os meios de comunicaçao não tem o menor interesse pela verdade. Só interessa vender a matéria. Principalmente se fala contra a Igreja Católica. De minha parte, vou divulgar o quanto puder. VIVA A JMJ…VIVA O PAPA…VIVA A IGREJA VERDADEIRA

  34. 12 de dezembro de 2011 at 19:36

    Lamentavelmente! isto já estava previsto para acontecer. Sabemos que alguns parlamentares anti-católicos não tem com que se preocupar, porque tudo está perfeitamente indo muito bem no Brasil! Como por exemplo: saúde, educação, segurança e principalmente a honestidade de muitos deles. Então, agora eles tem motivo suficiente para fazer jus o salário milionário que recebem. No entanto, gostaria de dizer que essa intolerância religiosa, não se aplica a todos os evangélicos, porque tenho muitos amigos que não são católicos, e seriam incapazes de fazer ou comentar qualquer coisa contra um evento tão importante, como vai ser a jornada mundial da juventude. Quanto aos que jogam pedras,eles não sabem o que estão fazendo, porque se soubessem, pediriam perdão a Deus e se preocupariam em viver uma vida digna de Cristãos conscientes e conhecedores do evangelho, e não de algumas partes decoradas da bíblia que os satisfazem. Parabéns ao Robson Oliveira!

  35. Priscila
    12 de dezembro de 2011 at 16:02

    Excelente texto, Robson.

  36. José Maria
    12 de dezembro de 2011 at 13:52

    Acho que a reação dos católicos brasileiros à essa onda que aconteceu na Europa está focando nas pessoas erradas: evangélicos. Isso só contribui para a intolerância religiosa. Quem se opos aos eventos católicos na Europa não foram os protestantes, mas os ateus e os “laicistas”, que tem tomado conta daquele continente.

    • 12 de dezembro de 2011 at 16:07

      Mas os argumentos usados pelos laicistas europeus foram adotados pelo discurso da Rede Record, José Maria. Se os protestantes utilizam os argumentos dos ateus contra os católicos a culpa é dos católicos? Não vá dizer que a culpa do assalto é do assaltado, né?

      • José Maria
        13 de dezembro de 2011 at 00:23

        Quem disse que a Record representa os evangélicos/protestantes? A Record por acaso é cristã? Todos sabem que a Record que ser mesmo a Globo, totalmente anti-cristã.

      • RAFAEL
        14 de dezembro de 2011 at 11:16

        NÃO SEI PORQUE DIRECIONAM TODA ESSA RAIVA À REDE RECORD, VISTO QUE TAL INFORMAÇÃO TAMBÉM FOI DIVULGADA PELA GLOBO (SENÃO OUTRA EMISSORA) E SITES DA INTERNET. INFORMAÇÃO É A MELHOR FONTE PARA SE CRER NUMA SOCIEDADE JUSTA E SOLIDÁRIA. PROPAGAR REPRIMENDAS SERIA REGREDIR AO PERÍODO NEGRO EM QUE SOMENTE UM IDEOLOGIA REINAVA ABSOLUTAMENTE E RESULTOU EM PRÁTICAS ABSURDAS INENARRÁVEIS HOJE!

        • 14 de dezembro de 2011 at 12:08

          Não é raiva, Rafael. É argumentação. Raciocinar é ofensa para você?

        • Roberta
          15 de dezembro de 2011 at 13:01

          Além disso, Rafael, nossa indignação não é contra a Record gratuitamente, mas contra a forma tendenciosa, pouco profissional e até, permita-me dizer, mentirosa, com que apresentou os fatos.

          • RAFAEL
            22 de dezembro de 2011 at 12:54

            TENHO MINHAS DÚVIDAS. PUDE ACOMPANHAR A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE QUANDO PASSOU POR MINHA CIDADE E ACHEI MAJESTOSO O EVENTO, OBSERVANDO QUANTOS JOVENS ESTAVAM PARTICIPANDO DA RESPECTIVA COMEMORAÇÃO, FATO QUE ACREDITO SER EXTREMAMENTE NECESSÁRIO À PERPETUAÇÃO DO IDEAL CATÓLICO E DEIXAR DE LADO A TAMANHA EVASÃO DE TAIS INDIVÍDUOS DESTA RELIGIÃO. APESAR DE NÃO ENCONTRAR-SE EXPLÍCITO NA MATÉRIA, O AUTOR CITA MEIOS TELEVISIVOS E OUTROS MEIOS DE TENHO MINHAS DÚVIDAS. PUDE ACOMPANHAR A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE QUANDO PASSOU POR MINHA CIDADE E ACHEI MAJESTOSO O EVENTO, OBSERVANDO QUANTOS JOVENS ESTAVAM PARTICIPANDO DA RESPECTIVA COMEMORAÇÃO, FATO QUE ACREDITO SER EXTREMAMENTE NECESSÁRIO À PERPETUAÇÃO DO IDEAL CATÓLICO E DEIXAR DE LADO A TAMANHA EVASÃO DE TAIS INDIVÍDUOS DESTA RELIGIÃO. APESAR DE NÃO ENCONTRAR-SE EXPLÍCITO NA MATÉRIA, O AUTOR CITA MEIOS TELEVISIVOS E OUTROS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E… CLIQUE PRA VER… RECORD!!! ARGUMENTAÇÃO HÁ DOS DOIS LADOS, TENTE AO MENOS ENTENDER O OUTRO PARA DEPOIS EXPOR SUA INDIGNAÇÃO PARA COM OS OUTROS ACERCA DA “JORNADA”, POIS A BELEZA ESTÁ NA PROMOÇÃO DE UM EVENTO CALOROSO, FRATERNO E TRANSPARENTE, QUE, APESAR DE NÃO HAVER ACEITAÇÃO MASSIFICADA, HAJA AO MENOS RESPEITO DOS PARTICIPANTES E DEMAIS “TELESPECTADORES”!

          • RAFAEL
            22 de dezembro de 2011 at 12:58

            A POSTAGEM FOI P ROBSON. SUA ARGUMENTAÇÃO, ROBERTA, É O CERNE DE ONDE QUERO CHEGAR. EXCELENTE EXPLANAÇÃO!

  37. Maria Marli
    12 de dezembro de 2011 at 13:42

    Eu fico pasma!!!!e chego até a achar engraçado!!!!!
    a visita do Amado Papa Bento nos coloca num “advento”, num tempo de espera e preparação para vivermos momentos únicos de graças, para todo o povo brasileiro e nossos vizinhos da America do Sul, e me pergunto: como tanto amor e bondade pode gerar indignação aos anti-católicos, pois, milhões e mais milhões estão sendo direcionados para construção das instalações do clube corinthiano em São Paulo, e por todo o pais se gasta horrores para preparação da Copa 2014, sem falar nos empenhos para parada guey, shows artisticos, movimentos evangélicos, enfim….porque não para acolhermos o sucessor de Pedro e os jovens que buscam caminhos seguros no Senhor e não nas drogas, prostituições, escravidões ?????

  38. 12 de dezembro de 2011 at 13:36

    Sabem, é o que meu pároco sempre diz: “As dificuldades aparecem para mostrar a graça de Deus” Então, que venham as críticas, que venham as blasfêmias, assim a Gloria e milagre de Deus vai ser eminente, assim esses protestantes descarados (no caso a Rede Record) verão a verdadeira Igreja, verão o verdadeiro poder de Deus.
    Todas essas coisas são permissões de Deus para que nós católicos mostremos que somos fieis, para mostrarmos que somos capazes e ungidos no Espírito para defendermos com unhas e dentes a verdadeira igreja de Cristo
    Parabéns, pelo maravilhoso argumento a essa matéria mal feita e sem noção que a Rede Record teve a cara de pau de divulgar.
    Parabéns! 😀

  39. 12 de dezembro de 2011 at 13:31

    Sabem, é o que meu pároco sempre diz: “As dificuldades aparecem para mostrar a graça de Deus” Então, que venham as críticas, que venham as blasfêmias, assim a Gloria e milagre de Deus vai ser eminente, assim esses protestantes descarados (no caso a Rede Record) verão a verdadeira Igreja, verão o verdadeiro poder de Deus.
    Todas essas coisas são permissões de Deus para que nós católicos mostremos que somos fieis, para mostrarmos que somos capazes e ungidos no Espírito para defendermos com unhas e dentes a verdadeira igreja de Cristo
    Parabéns Rean, pelo maravilhoso argumento a essa matéria mal feita e sem noção que a Rede Record teve a cara de pau de divulgar.
    Parabéns! 😀

  40. 12 de dezembro de 2011 at 13:08

    IRMÃOS,
    “Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu. Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de Mim. Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vocês.” Mateus 5, 10-12

    – Isso que está acontecendo não é nada em vista daquilo que o inimigo há de preparar contra nós. Preparemos-nos, pois a batalha está apenas começando.

    “Se os bons combates eu não combater, minha coroa não conquistarei. Se minha carreira eu não completar, de que vale minha fé tanto guardar? Se perseguido aqui eu não for, sinceramente um cristão não. A Tua glória quero conhecer, viver a experiência de sobreviver!” ?

    – Nunca, uma música veio tanto a calhar como essa, que na verdade, é a Palavra de Deus traduzida em melodia para penetrar mais facilmente em nosso coração. Qual é mesmo a Igreja que sobreviveu a todos os séculos, a todos os atentados do inimigo? A Igreja fundada por Cristo, sendo Pedro o seu sucessor. E quem é mesmo o sucessor de Pedro? Ah, sim, o Papa Bento XVI. Então, sem mais. Vamos juntos ao combate amados.

    “Disse-lhe Jesus: ‘Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.'” (Mateus 16,18)

  41. Leandro Lopes
    12 de dezembro de 2011 at 10:25

    Caros

    Infelizmente podemos nos preparar, pois isso é só o começo.
    Serão mais de um ano de batalhas até o fim do evento em 2013.
    E para falar a verdade, eu prefiriria que ao invés de termos o apoio do governo do estado para ajudar no evento que fizéssemos uma campanha para arrecadar entre os católicos doações para bancar a JMJ 2013.
    Dinheiro saído daquela casa, basta um espertinho no meio do caminho sumir com R$1.000,00 dos R$5.000.000,00 para acusarem a Igreja de roubo e corrupção. Seria o suficiente para municiar os inimigos da Igreja contra o evento.

    • Priscila
      12 de dezembro de 2011 at 15:52

      Tem razão, Leandro. Mas nao se esqueça de que o Governo do estado precisa se estruturar e investir nisso para apoiar o evento na cidade. Ter dinheiro público direcionado a essa estrutura é essencial tb. Como ocorre em qualquer evento público e de massa na cidade do Rio de Janeiro, não há nada de errado que o Governo se organize para tal acontecimento.

  42. Alex
    12 de dezembro de 2011 at 09:54

    É isto ai Rita de Cássia, concordo com vc é hora de nós católicos começarmos a dizer não a certas coisas.

  43. 12 de dezembro de 2011 at 09:37

    Sexta feira dia 16/12/2011 às 14h estaremos promovendo um twittaço em protesto ao jornalismo tendencioso da TV Record. Quem tiver twitter e puder participar, a tag é #BrasilsemTVRecord.

    • 12 de dezembro de 2011 at 09:52

      Excelente iniciativa!

    • André Luiz
      15 de dezembro de 2011 at 11:07

      1º Não sou pentecostal.
      2º Sou católico, agente de pastoral.

      Protestar contra o jornalismo tendencioso de uma emissora é uma piada. TODAS atendem a interesses, e manipulam a informação de acordo com este fato. Protestar contra uma emissora que repudia nossa Igreja, repudiando assim a igreja deles, é nos tornarmos iguais a eles. É momento de se preocupar com quem Cristo se preocupou, OS POBRES, OS MARGINALIZADOS, O PRÓXIMO! Paz e Bem!

      • 15 de dezembro de 2011 at 11:22

        Você tem razão, André. Mas a matéria foi produzida e divulgada pela Record e pelo site de informações da Record. Se fosse a Globo ou a Band a oposição desse blog seria a mesma. Outra coisa: não acho que defender-se de uma ofensa é o mesmo que ofender. E mais: há controvérsias sobre o que Nosso Senhor desejava com a sua Encarnação. Se era só cuidar dos pobres, como você diz, qual o sentido dessa frase: “Sempre tereis convosco os pobres”? (Jo 12, 8).

  44. adriana soares de aguiar
    12 de dezembro de 2011 at 00:37

    Com certeza se não pudermos pelo menos entrar em oração num evento tão sério com esta quantidade de jovens que estão se perdendo um evento tão importante que mobiliza os nossos filhos só porque não tem patrocínio de cervejas, e outras coisas mais, é por isso que eles estão assim tão preocupados estou com a Deputada e não abro mão, se é por uma causa nobre com certeza.

  45. rita de cassia de jesus
    11 de dezembro de 2011 at 21:53

    NÓS CATÓLICOS DEVERÍAMOS BOICOTAR AREDE RECORD POIS ELA SEMPRE MANIPULA DE FORMA VERGONHOSA AS NOTÍCIAS SOBRE A IGREJA CATÓLICA;MANIFESTO AQUI O MEU APOIO A DEPUTADA MIRÍAM RIOS. DEVEMOS COMEÇAR UMA CAMPANHA CONTRA A REDE RECORD NAS REDES SOCIAIS.

  46. Roberta
    11 de dezembro de 2011 at 19:09

    Amigo, não duvido que as próximas polêmicas (que virão, sabemos) a respeito da JMJ 2013 tenham o mesmo caráter argumentativo fraco da reportagem em questão. E também não duvido nada de que elas convencerão a muitos “desavisados”. Caberá a nós estar vigilantes, desmascarar as inverdades e testemunhar nosso amor e fidelidade ao papa.

  47. Daniele
    11 de dezembro de 2011 at 15:07

    Sinto muito que exitam esse tipo de comentários sobre a JMJ em 2013 no Rio de Janeiro, mas ao mesmo tempo penso que esses comentários têm origem justamente na parte incomodada, os evangélicos, que graças à Deus ainda são minoria em relação à população católica no Brasil. Essas pessoas falam sem conhecimento de causa, basta ignorar!

    • Renato Carneiro
      2 de agosto de 2012 at 09:38

      Com certeza esta é realmente a realidade!!! Evangélicos estão morrendo de inveja…

      • 23 de outubro de 2012 at 18:17

        nos católicos temos missão de evangelizar e ajudar sempre e nesse JMJ 2013!! mtos jovens vão acordar para a verdadeira missão !!!!!JESUS

  48. EDNAMAR APARECIDA
    11 de dezembro de 2011 at 14:05

    PARABÉNS ROBSOM. QUEM RECEBE O ESPIRITO SANTO DE DEUD É CORAJODO, FRANCO E DESTEMIDO.AO SÁBIO CABE A JUSTÇA . AO IGUINORANTE A INJÚRIA .
    NÓS CATÓLICOS TEMOS QUE DEFENDER COM UNHAS E DENTES O EVANGELIO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO .E QUE DESÇA FOGO DO CÉU,,,

  49. 11 de dezembro de 2011 at 11:16

    Ótima reflexão Robson, infelizmente o senso comum manipulador e ideológico daqueles que não possuem ética as vezes tenta “enganar” o povo das verdadeiras realidades. Seja mais abençoado!

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *