Homossexualismo e Pedofilia

Fui a uma festa outro dia e ouvi uns amigos resmungando contra o discurso da deputada Myriam Rios, do RJ, sobre a PEC 23/2007, que tinha como meta produzir privilégios para os homossexuais cariocas. Esses amigos, para ajuntar força aos seus argumentos, lembravam que a deputada não teve sempre uma vida moral admirável. Alguns ressuscitaram trabalhos antigos, dos quais ela certamente não se orgulha. Enfim, a conversa no início lembrou-me o texto do Evangelho: quem não tem pecado atire a primeira pedra. A diferença é que a maioria “acha” que não tem pecado e que pode acusar o hoje de uma pessoa por causa do seu ontem. Bem, cada um no seu quadrado. Vamos ao que interessa, vamos aos argumentos.

A questão que incomodava esses amigos (é bom que se diga, todos boas pessoas) era que a deputada ligou a prática homossexual ao crime da pedofilia. Ora, não sei porquê tanto mimimi contra a digníssima deputada. Será que o motivo é só porque ela disse que os homossexuais podem ser predadores e atacar menores de idade? Ora, se é só isso, ela não foi a primeira a dizer essas palavras. Aliás, quem – além de apenas avisar – trabalha incessantemente para que essa prática seja legalizada são os líderes da causa homossexual mundial. Os maiores líderes da causa da redução da maioridade sexual no mundo são homossexuais militantes. É verdade que eles não são pedófilos, isto é, não são criminosos. Mas isso não os impede de fazer pressão para a mudança das leis. Em outras palavras: eles não atacam as criancinhas, mas se a lei permitir, eles atacarão.

Abaixo dois nomes de ativistas homossexuais que são defensores públicos da pedofilia:

Peter Tatchell – Uma das lideranças mundiais pró-pedofilia. Esse senhor acha que com 14 anos qualquer criança está apta para ter relações sexuais e assumir as responsabilidades.  A frente a ONG OutRage! ele trabalha para educar as crianças na vida sexual antes disso, isto é, com 9 anos. Dando aulas e exercícios sexuais para elas na escola e pré-escola! Amigos, o que ele pretende não é aula teórica (o que já seria um absurdo). Ele quer iniciá-las na prática do descobrimento sexual na escolinha. Digam-me se essa postura é aceitável em qualquer mundo possível.

Luiz Mott – É professor de antropologia na UFBa e fundador do grupo pró-homossexualidade mais poderoso do país, o GGB – Grupo Gay da Bahia. Como se pode ler no blog de Jael Saveli, em uma troca de emails entre ele e um senhor chamado Leo, Luiz Mott afirma que pedofilia e Diversidade Sexual são “perfeitamente” associáveis. Além disso, em um texto que revela seu desejo ilegal (Meu menino ideal) – já que a pedofilia é ilegal – o professor confessa seu desejo torpe de possuir menininhos.

Obviamente, não se pode – nem é desejo deste texto – afirmar que todo homossexual é pedófilo só porque alguns movimentos, em nome de todos, entra com leis e faz pressão às ocultas para que a pedofilia seja legalizada. É necessário, porém, reconhecer que onde há a tentativa de redução da maioridade sexual ou da  extinção do crime da pedofilia se verificou que está um homossexual ativista. Justifica-se, portanto, o temor da deputada Myriam Rios.

Bem, o final da conversa foi mais mimimi. Alguém disse que jamais votaria na parlamentar. Isso faria sentido e seria uma represália se a pessoa tivesse votado na deputada no último pleito, o que não foi o caso. Myriam Rios foi eleita porque ela representa os ideais e valores de uma parcela não pequena da sociedade, que tem coragem de ir contra a corrente. Respeitamos as orientações e escolhas de cada indivíduo, mas não aceitamos que escolhas de grupo sejam beneficiadas em relação a outras escolhas. A opção de torcer pelo Vasco não pode impor limites criminais, jurídicos ou seja lá de que tipo aos outros torcedores. Por que a escolha da  preferência sexual tem de trazer benefícios e favores negados a outras escolhas?

Robson Oliveira

21 comments for “Homossexualismo e Pedofilia

  1. Analista
    8 de julho de 2013 at 20:35

    A realidade que nao sai na midia:

  2. Herbert Burns
    17 de dezembro de 2012 at 18:15

    Sinto muito mas acho que o Andre Mello e seus colegas estão certo, pelo menos em parte. Os homossexuais contribuiram muito em todos os campos do conhecimento. Lembram-se o que fizeram com o exercito romano? Mas acho que a maior contribuição é na metafísica. Não existe homossexual, substancialmente, mas existe acidentalmente! Ou melhor não se é homossexual mas se está homossexual.Isto pela própria natureza, já que não há como um homossexual se reproduzir. Sua contribuição é neste aspecto, como um adjetivo. Estão sempre associados a um substantivo. E isto está crescendo! Se expandindo em todos os ramos da atividade humana!Quer um exemplo? Então vamos lá:na Política, quando se fala em Delúbio, Marcos Valério, o que lhe vem a cabeça? Qual a associação que voce faz? é homossexual. No transito então nem se fala. É muito homossexualismo. Até mesmo na eletronica, na informática e pasmem, nos utensílios domésticos. Uma vez o liquidificador… bom, deixa pra lá. O crescimento homossexual está atingindo todos os ramos do conhecimento humano e todas as suas atividades. Hoje não se restringe apenas aos juízes de futebol mas a todos os jogadores. Vascaínos e Flkamenguistas, especialmente. E se nada for feito pode, num futuro não muito distante chegar aos Botafoguenses e, quiçá Fluminenses. Aff

    • 17 de dezembro de 2012 at 18:32

      Eu já acho que o André não tem colegas. Acho que ele é multidão… rsrsrs…

      • André Mello
        20 de dezembro de 2012 at 23:12

        Eu não preciso usar nomes de terceiros para defender minhas idéias… estou somente divulgando este site para alguns conhecidos para verem como ainda existem pessoas como você que publicam calúnias e ficam chamando os outros de intolerantes. O que eles comentam, problema é deles, só não fique distorcendo fatos pegando fatos do mesmo site e republicando. Você se baseia a partir de uma informaçãozinha específica de algum pesquisador desconhecido, você não lê todas as informações, faz uma média e republica. Diz que os outros são intolerantes mas bem no fim publica coisas contra homossexuais, outras religiões, etc.
        Sai do século XVII!

        • 25 de dezembro de 2012 at 17:12

          Não é o que parece, senhor André ou sei lá quem. Tenho provas aqui, meu caro. Os IP’s são os mesmos e é impossível dois IP’s idênticos. Vocês são o mesmo… ahahah…

          Bem, volto a dizer, que eu publico “coisas contra homossexuais”, tem de ser provado, né? O que eu publico são dados científicos, brigue com eles. E sobre os homossexuais serem os que mais desejam a legalização da pedofilia e da efebofilia, está provado neste artigo mesmo. Luiz Mott é o defensor dessas políticas.

  3. André Mello
    15 de dezembro de 2012 at 21:08

    Mais esse site só publica coisa intolerante… é INTOLERÂNCIA contra qualquer tipo de pessoa que não seja católico, branco, heterossexual, etc… O que vocês estão fazendo é colocando um monte de pessoas no mesmo balaio e julgando como os errados, criminosos, impuros, etc. Homossexualismo NÃO É UMA DOENÇA, e muito menos CRIMINOSO. Vocês ligam diretamente gays à pedofilia, não tem NADA A VER!!!
    Você esqueceu de publicar que existem até PADRES pedófilos, e muito heterossexual que abusa de minininha de 13 anos da favela, E NINGUEM FICA SABENDO OU FINGE QUE NÃO SABE!
    Não sou a favor de privilegios para homossexuais ou para heterossexuais, acho que todo mundo deve ser tratado igual e NÃO FICAR PUBLICANDO PSEUDOTEORIAS QUE INTUITIVAMENTE FAVORECEM O PRECONCEITO.

    • 17 de dezembro de 2012 at 11:47

      rsrsrsrs… Tá nervoso… Calma!

      Olha só, os dados científicos desmentem sua gritaria. Brigue com eles, não comigo. Que haja padres pedófilos, infelizmente, só confirma o dado divulgado, já que um estudo os identificou como homossexuais – leia aqui, meu querido.

      Essa é nossa diferença, André, Lucas, Jorge, Fabio, ou sei lá quem, eu escrevo e provo. Você vem, acusa sem provas e intolerantemente, e vai embora.

      Então, traga melhores argumentos…

  4. JohnJohn
    14 de agosto de 2012 at 12:36

    ESTUDO REVELA: MAIOR PARTE DOS PEDÓFILOS SÃO OS PADRASTOS DAS CRIANÇAS, SEGUIDO DOS PAIS, TIOS E AVÔS.
    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,estudo-mostra-que-pedofilos-geralmente-sao-parentes-no-brasil-,333365,0.htm

  5. Jorge Augusto
    28 de outubro de 2011 at 18:06

    NAMBLA – É um grupo americano de ativismo dos direitos gays , pederastas e pedófilos

    PVND – É um grupo holandês de ativismo dos direitos gays , ateus , pedófilos , zoófilos ( sexo com animais ) e querem leis para as pessoas poderem andar nuas nas ruas , e descriminalização de drogas.

    MARTIJN – É um grupo holandês de ativismo gay e pedófilo

    NVSH – É um grupo holandês de ativismo gay que defende a pedofilia,necrofilia ( sexo com mortos ) zoofilia ( sexo com animais ) incestos ( sexo entre mãe e filho , pai e filha ) e o casamento de 4 ou mais pessoas ( isso também é bem estranho , seriam dois maridos e duas mulheres , os filhos teriam dois pais e duas mães )

    APD ( Association pedhofilie dinamark ) – Grupo de ativismo gay e pedófilo .

    Tom ´o Carrol – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    Shotacon – grupo japonês que divulga mateiras pornográficos entre gays e crianças transando .

    krumme 13 – grupo de ativismo gay e pedófilo

    René Guyon Society – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    Child Love – Grupo de ativismo gay e pedófilo

    GLF ( frente da libertação gay ) – grupo de ativismo gay e pedófilo TODOS ESSE GRUPOS DEFENDEM AS CAUSAS HOMOSSEXUAIS , MAS ELE OMITEM QUE DEFENDEM CAUSAS PEDÓFILAS . São grupos feitos por homossexuais que querem que a pedofilia seja legalizada .
    Porque os maiores ativistas pró-pedofilia do mundo são homossexuais , eu acho isso estranho , mesmo que o homossexualismo não esteja ligado diretamente com a pedofilia , então porque os maiores ativistas pró-pedofilia são homossexuais , aqui no Brasil temos o exemplo do Luiz Mott , e isso vai mundo a fora , eu sinceramente acho estranho , muito estranho .
    Praticamente todos os grupos que defendem a pedofilia são grupos dos direitos homossexuais . Não estou mentindo olhe vc mesmo .
    NAMBLA ,VND ,MARTIJN,NVSH ,APD ( Association pedhofilie dinamark ), Tom ´o Carrol,Shotacon ,krumme 13,René Guyon Society ,
    Child Love ,GLF.
    eu te deixo uma pergunta porque todos os grupos de ativismo PRÓ-PEDOFILIA , são homossexuais ?
    Estranho isso não é verdade . Todo ativismo pró-pedofilia está ligada aos direitos dos homossexuais !!!
    Não sei não , outra pergunta . Existem pedófilos heterossexuais e homossexuais , mas porque só os pedófilos homossexuais querem a legalização da pedofilia ?
    Só Grupos homossexuais reivindicam a pedofilia legalizada . E toda a obra da literatura gay que é voltada exclusivamente a pedofilia ? Existem milhares de livros de conteúdo homossexual que faz uma grande apologia a pedofilia e o amor entre os homens e os meninos .

  6. David Gravatá
    26 de agosto de 2011 at 16:23

    Coitadas de nossas crianças.
    Por mais que se possa listar as maldades do mundo, ainda há defesas dessa vida errática, e as pessoas inocentes ou não concordam para a degradação moral humana. A responsabilidade do corpo não é vista como sua natureza teológica, de prezervar a alma, longe de pecados. No homem isso se dá, talvez, pela opção da falta de Deus no íntimo, de declarar, reconhecer e aceitar na crença de que Deus existe, e é de promessas a se cumprir. Ora, ao acreditar em Deus, em um céu, admitir-se-á um inferno, uma punição aqueles que desalinham a moral. O homossexualismo é contraditório as leis da natureza, a zoofilia é bizarrice, são as trevas num mundo caótico, um gostinho do inferno na vida. Admitir e assumir essas bizarrices sexuais é antecipar o abraço do mal, de satanás, de desvincular ao sagrado, ao caminho reto e coerente do homem de encontrar a Deus. É como se as coisas saíssem dos eixos.
    Os católicos são conservadores em um Deus que não muda, por isso somos chamados fundamentalistas, e continuaremos sendo, por opinião, por opção, e por fé.
    Contra o mal, sempre haverá uma infinitude de argumentos e exemplos contrários, mas mesmo assim, o homem tencionará o mal. Por que? Vai saber? Sempre a mesma desculpa, a “carne é fraca”.
    Até os consagrados “caem” nessa… (misericórdia)

    David Gravatá é iniciante nos estudos do IFEE (Niterói)

  7. guilherme
    26 de agosto de 2011 at 00:22

    1 – seleção sexual
    2 – parafilias
    3 – narcisismo sexual
    4 – trastorno de identidade de genêro
    5 – vício sexual
    6 – precocidade sexual
    7 – incentivo não intencional a pedofilia e ao estupro
    8 – alterações psicologicas
    9 – disforia de genêro
    10 – disforia generiforme
    11 – Hermafroditismo psíquico ou neurodiscordância de gênero,
    12 – teoria da sedução
    13 – sexualidade infantil
    14 – sexo para controlar as massas
    15 – orientação sexual egositônica
    16 – transtorno do relacionamento sexual
    17 – transexualismo
    18 – dependencia e compulção sexual
    19 – psiquiatria. homosexualidade é doença ? http://www.dradnet.com
    20 – homosexuais tem 18 vezes mais chances de adquirir aids
    21 – Homossexuais são responsáveis ??por 3-4% de todos os casos de gonorréia,60% dos casos de sífilis, e 17% de todas as internações (exceto para DST) nos Estados Unidos
    22 – 73% dos psiquiatras dizem que os homossexuais são menos felizes do que a pessoa média, e dos psiquiatras, 70% dizem que a infelicidade não é devido a estigmatização social
    23 – 25-33% de homossexuais e lésbicas são alcoólatras
    24 – De homossexuais questionada em um estudo relata que 43% admitem a 500 ou mais parceiros na vida, 28% admitem a 1000 ou mais em uma vida, e dessas pessoas, 79% dizem que metade dos parceiros são estranhos total, e 70 % dos contatos sexuais são carrinhos de uma noite
    25 – 78% dos homossexuais são afetados por doenças sexualmente transmissíveis
    26 – 30 mil crianças abusadas sexualmente, em Los Angeles foram vítimas dos homossexuais
    27 – 50% dos suicídios pode ser atribuída aos homossexuais
    28 – Homossexuais foram responsáveis ??pela disseminação da AIDS nos Estados Unidos,e Brasil
    29 – 50% dos casos de AIDS nos Estados Unidos, que é um número bastante grande, considerando que eles representam apenas 1-2% da população. Homossexuais são responsáveis ??por um número desproporcional de casos de hepatite: 70-80% em San Francisco, 29% em Denver, 66% em Nova York, 56% em Toronto, 42% em Montreal, e 26% em Melbourne
    30 – 37% dos homossexuais se envolver em sadomasoquismo, que é responsável por muitas mortes acidentais. Em San Francisco, as aulas foram realizadas para ensinar os homossexuais como não matar seus parceiros durante o sadomasoquismo
    31 – 64% destes encontros envolveram o uso de drogas ilegais
    32 – 41% dos homossexuais dizem ter feito sexo com estranhos em banheiros públicos
    33 – 60% disseram ter tido relações sexuais com estranhos em saunas,
    34 – 39-59% dos homossexuais infectados com parasitas intestinais como vermes e amebas, que é comum em países do terceiro mundo imundo
    35 – A idade média de morte de homossexuais é de 42 anos,A idade média de morte de um homem casado heterossexual é de 75 anos
    36 – A idade média de morte das lésbicas é de 45 anos,A idade média de morte de uma mulher casada heterossexuais é de 79 (8)
    37 – Homossexuais são 100 vezes mais probabilidade de ser assassinado (geralmente por um outro homossexual) que a pessoa média, 25 vezes mais propensos a cometer suicídio, e 19 vezes mais probabilidade de morrer em um acidente de trânsito
    38 – 21% das lésbicas morrem de suicídio, assassinato ou acidente de trânsito, que é a uma taxa de 534 vezes maior do que o número de mulheres brancas heterossexuais com idades entre 25-44 que morrem destas coisas
    39 – 50% das chamadas para um número verde para comunicar “queer bashing” violência doméstica envolvidos (ou seja, homossexuais batendo em outros homossexuais)
    40 – Cerca de 50% das mulheres no corredor da morte são lésbicas
    41 – 33% dos homossexuais admitem sexo menores
    42 – Há um grupo notável homossexuais, composto de milhares de membros, conhecido como o Homem da América do Norte e Boy Amor Association (NAMBLA). Este é um abuso de crianças grupo homossexual cujo grito é “Sexo antes dos 8 ANTES DE SER TARDE”. Este grupo pode ser visto marchando na maioria das principais paradas homossexuais nos Estados Unidos.
    43 – Homossexuais cometem mais de 33% de todos os assédios criança relatados nos Estados Unidos, que, assumindo os homossexuais representam 2% da população, significa que 1 em cada 20 homossexuais é um molester criança, enquanto uma em 490 heterossexuais é uma criança molester
    44 – 73% de todos os homossexuais tiveram relações sexuais com meninos menores de 19 anos de idade
    45 – 77% dos entrevistados tinham tomado parte em “trios” pelo menos uma vez, enquanto 59% tinham participado em orgias e sexo em grupo (p. 587). 38% tinham participado de práticas sadomasoquistas pelo menos uma vez e 23% tinham praticado urinar em associação com o sexo (p. 555). 24% admitiram ter sido pago por sexo
    46 – 64% tinham tão usado maconha pelo menos uma vez
    47 – No estudo, 23% dos entrevistados admitiram ter tido relações sexuais com jovens entre 13-15
    48 – 40% completa ou tinham tentado ou seriamente em suicídio, com a figura de 39% para as lésbicas
    49 – uma causa ambiental da homossexualidade, o que implica que o desenvolvimento homossexual pode vir como resultado de ser abusado em uma idade jovem e é o resultado de atrofia do desenvolvimento emocional / psicológico, ao invés de ter uma raiz genética.
    50 – Cerca de 50% dos casos de AIDS nos Estados (anteriormente 70%) são homens gays. Para não mencionar os níveis relativamente altos de outras doenças
    51 – Jay e Young (relatorio gay)

    Isso eles não conseguem responder

  8. Mariana Braga
    10 de agosto de 2011 at 17:11

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/08/estou-sem-chao-diz-mae-de-garoto-que-marcou-encontro-pela-web.html

    Link com caso de menino de 13 anos que marcou encontro pela web e foi abusado sexualmente por 3 homens. Detalhe, este mesmo menino se declarou homosexual há cerca de dois meses…Concidência???
    Será que a Deputada está mesmo errada……????
    Volta Senhor Jesus!

  9. Renato O Leigo
    6 de agosto de 2011 at 16:41

    Tinha que alfinetar o Vasco né?

    • Robson Oliveira
      6 de agosto de 2011 at 17:10

      Cada um escolhe o time para o qual torce, Renato. Com seus custos. Os vascaínos só me dão alegria.

      Tô com saudade. Vê se aparece, tá?

      Abração!

  10. Karina
    5 de agosto de 2011 at 17:00

    Prof. Robson, à prósito o senhor leu sobre a organização GLBTXYZ que vai participar das NAÇÕES (?!) Unidas (ONU)?

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI251979-15228,00.html

    “A associação teve o caráter consultivo da ONU em 1993, mas perdeu nos anos seguintes pela presença de grupos que defendem a abolição das leis referentes à idade de consentimento. ”

    E depois nós é que inventamos “acusações sem fundamento”…

    • Robson Oliveira
      5 de agosto de 2011 at 18:34

      Pois é, Karina. Não demorará a virem aqui dizer que é tudo invenção, que falta caridades, etc. Agora, cartaz defendendo a zoofilia, essa é demais! Será que eles vão fazer a Marcha da Zoofilia?? Volta Senhor Jesus…

      • Karina
        8 de agosto de 2011 at 14:46

        Volta, Senhor Jesus!!

        • Luciana
          2 de outubro de 2014 at 18:05

          E, por favor, volta rápido, que o fim já está acontecendo!

  11. Karina
    5 de agosto de 2011 at 16:56

    Dia desses vi um cartaz na internet onde se lia “O amor não escolhe raça, sexo nem espécie. Apóie o amor!”. emabixo, viam-se as “fotos” de um casal hetero, de uma dupla de homens, de uma dupla de mulheres, de uma dupla(?) de um homem com um CACHORRO e de uma mulher com um CACHORRO.

    Faltou apenas dizer que o amor não escolhe idade também, maaaas, pra quem trabalha um pouquinho só a lógica, pingo é frase. Triste, mas é a realidade que não queremos ver.

    O mais engraçado é que qualquer busca no Google leva a grupos como o NAMBLA e o BoyLovers. Por que as pessoas “de bem” teimam em ser tão cegas?

    • Luciana
      2 de outubro de 2014 at 18:07

      O problema é que as ‘pessoas de bem’ não querem ‘ficar de mal’ com ninguém ao defenderem a família, as crianças, o bom senso e, por isso, vão deixando as coisas acontecerem como estão acontecendo, até o dia em que tudo for permitido e aí vai ser um ‘salve-se quem puder!’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *