Medo do Islã? Falta de cristianismo

O site Kath.net divulgou texto do Cardeal Joachim Meisner, da Arquidiocese de Colônia, no qual ele faz um diagnóstico interessante sobre o medo que a Europa possui da “invasão” – cultural e populacional – dos muçulmanos. Se o continente europeu mantivesse suas raízes não teria de temer os árabes. Um trecho significativo:

Reprodução

Der Kölner Erzbischof Joachim Kardinal Meisner sieht die Angst vor dem Islam in der Glaubensschwäche des Westens begründet.

O Arcebispo, Cardeal Joachim Meisner, vê o medo do islã proceder da fraqueza religiosa do Ocidente.

E o exemplo mais bem acabado desta “fraqueza” é o manifesto Igreja 2011 – Reviravolta Necessária. Se até os responsáveis em aprofundar o conteúdo do mistério cristão não entendem o significado da total dedicação da norma eclesiástica do celibato, se não compreendem que a função da mulher na Igreja não é menor por não serem sacerdotisas, se nem eles compreendem o mistério de amor que se oculta sob a unidade entre a ética e as normas religiosas, como pedir que os outros compreendam isso?

A boa convivência entre os cristãos e os muçulmanos é possível. A Idade Média – especialmente pelo diálogo entre a filosofia – é prova de que é possível aproximar as duas culturas, convivendo sem perder a identidade.

Fonte: Kath.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *