Paródia em homenagem ao deputado Jean

O blogueiro Bruno Linhares, responsável pelo blog O Legado do Andarilho, fez uma paródia divertidíssima sobre a vida pública e os projetos políticos do deputado Jean, do PSOL, aquele mesmo que confessou se lixar para a opinião dos eleitores, quando elas conflitam com a agenda gayzista. Sem querer, deixou escapar seus desejos tiranetes.

[iframe: width=”560″ height=”315″ src=”http://www.youtube.com/embed/levvDWVf45s” frameborder=”0″ allowfullscreen]

Parabéns ao caro, corajoso e criativo blogueiro, que uniu bom humor e acidez em uma paródia repleta de ingredientes contraditórios.

 

Letra Completa

Faroeste Wyllys
(versão humorística da canção Faroeste Caboclo, de Legião Urbana)

“Não tenha medo deputado Jean Wyllys”
Era o que todos diziam quando ele se elegeu
“Deixe pra trás todo marasmo de ‘A Fazenda’
Ou seja lá de qual programa sua fama procedeu”

Quando criança só pensava em ser gayzista
Ainda mais no socialismo!
A fantasia só cresceu
O empurrão de seu padrinho, o Chiquinho
O levou para o congresso e rapidinho ele aprendeu

Ouviu a Igreja só pra arranjar um pretexto,
Pra dizer que a bíblia e o papa lhe queriam mal
Dizia que tinha nascido diferente
Que se dane a natureza, ele é homossexual!

Decerto só queria se apaixonar
E ser feliz com um homenzarrão
A sociedade não queria aceitar
De escolha própria, escolheu a confusão

Beijava todos os meninos da cidade
Não pensava em ser hetero
Meninas? Que horror!
Acho que foi lhe dando uma urticária
E esqueceu como se deve respeitar o opositor

Homofobia uma palavra inventada
Que caiu como uma luva no discurso enganador
Surtou, tentando difamar o cristianismo
E vez por outra ele tropeça no que disse o Salvador

Na vida pública entrou para psolzinho
E encontrou umas bandeiras para militar:
A causa gay, liberdade pro aborto e pra não perder a viagem: o bordel empregador
Dizia ele: estou indo pra Brasília, acho que a Marta pode me ajudar
Se aprovar o PL 122, a cristandade vai ter logo que calar

Jean Wyllys diplomata é uma bosta
E espalha estupidez na rede social
Quem não ficou bestificado co’a ofensa
Dirigida a Pontifex, tão pertinho do natal?

Meu Deus, mas que selvageria!
Esse senhor devia ir se confessar
O papa Bento não tem culpa se ele é gay mas, se lhe desse um conselho, Wyllys ia recusar

A 2000 mil anos – mais ou menos – insistimos que o homem e a mulher são feitos pra se completar
Mas Jean Wyllys acha mais interessante um homem com um outro homem por trás se conectar
Metade do STF me diria que homem com homem agora pode se casar
Chamaram isso de união estável,  mas prometeram que iria piorar…

E Jean teve a atenção que desejava
Vários blogs reportaram seu abuso magistral
Eu mesmo discuti com o parlamentar
Mas como era previsível preferiu tergiversar
O deputado não fez qualquer cerimônia
E fez de tudo que podia pra Igreja difamar
Repetiu logo aquela velha baboseira
Aprendida nas aulinhas de história:

A igreja aprovava os escravos
E antes matava índio
“Isso é pouco pra você?”
E João Paulo II que era rico, como todo papa, tinha que o trono vender
Pio XII na verdade era nazista e não moveu uma palha pro judeu se libertar
Antigamente quem afrontava a Igreja, ia parar na fogueira, não podia escapar

Na primeira mentira ele dançou
Jaime Balmes explicou o fim da escravidão
Jean Wyllys morde a língua e se queixa: proselitismo eu não aceito não!

Mas vejam o deputado Jean Wyllys
Destemido no twitter xinga o papa e o escambau!
Não tem menor noção do que é decoro
E abertamente ele ofende um líder Estatal

E então, agindo feito uma menina que esconde no diário o segredo que é só seu
Jean Wyllys não se responsabiliza pelas coisas que escreve, ele só quer alimentar
O ódio que os outros gays têm da Igreja, que ela deseja tanto dissipar
Jean Wyllys resolveu se bloquear
Os tuítes dele eu parei de ver…

O tempo passa, mas sempre vem à mídia
O grupinho dos gayzistas com projeto na mão
Fazendo sempre uma proposta indecorosa que apresenta mil perigos para a população
O kit-gay do MEC é uma maravilha
E em colégio de criança será sensação
Ensina probabilidade, que beleza!, e ainda ensina quando usar seu fiofó, ou não…
Como se não bastasse entrar na nossa casa
Com aquelas porcarias da televisão
Mas eles dizem que é tudo com motivo
De mostrar pra sociedade a discriminação
“Nós vamos acabar com a discriminação”
“E cada gay vai ter uma nova certidão”
“O travesti vai ser a musa da canção”
“E ai de quem não contratar a sapatão”

Não é que eu não ache isso certo
Mas há casos em que você não pode nos obrigar
E também digo que é um grande exagero
A mudanças que vocês querem pro Código Penal
A violência no Brasil é um desespero
E não é opção do sexo um fator a agravar
‘Inda por cima as estatísticas dos gays são tão furadas que incluem até crime passional

Mas acontece que um tal de Malafaia, protestante de renome apareceu no ar
Ficou sabendo dos planos de Jean Wyllys
E disse que o cristão tem que se manifestar

“Reprovem o PL 122 pra que o pastor não seja preso ao pregar
Esse projeto ainda vai ser derrubado se depender da bancada parlamentar”

Lá em São Paulo fizeram uma passeata
E espalharam uns cartazes altamente imorais
Se não bastasse incentivar promiscuidade
Ainda usaram as imagens de santos, não é legal!

E nisso eu concordo com o Malafaia
Esse abuso não pode continuar
Tanta burrice que fala Jean Wyllys
Que haja estômago pra gente aguentar

Falou que a Igreja silencia
A pedofilia que um padre cometeu
Só que ele se esquece que o homem que abusou
De um menino, ele tambem é GAY!

ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉéééééééé

Jean Wyllys é só ódio por dentro
E mais de uma vez o papa Bento ele atacou
Não importa que a mensagem não se trate
De uma ordem mundial mas recomendação

Pro esquerdista a mentira é sua arma
Seu discurso visa sempre promover difamação
Que não passa de um blefe asqueroso
Em dez minutos de pesquisa se desmente o bordão

Eu só não sei o que o Wyllys vai fazer
Quando o papa visitar esta nação
JMJ se aproxima, eu quero ver
O deputado espumar de emoção

O papa vem pra JMJ
E o “arco-íris” imoral vai tentar lhe impedir?
Um santo homem cujo peso em suas costas
Jean Wyllys nem em sonho poderia competir

A Igreja desde os tempos mais remotos sempre olhou para os aflitos e ajudou os excluídos
Fundou orfanato, leprosário, hospitais e ainda mandava missão para o exterior
Em caridade a Igreja só avança e prega a paz em rede internacional
O deputado gay só sabe dar chilique e a fama da sua tribo é que fica mal

O pecado já cegou seus olhos, deputado, sua mente quase apodreceu
Mas Jesus Cristo é nosso Salvador
E se outra chance Ele te concedeu?

Jean Wyllys eu sou homem coisa que você não é
E não bloqueio meu twitter não
Olha pra cá engravatado sem vergonha
E dobre a língua antes de dirigir palavra a algum cristão
A sugestão que eu deixo pro senhor
É refletir sobre o posto que ocupou
Eu também pago seu salário, meu senhor,
E exijo o seu respeito pelo meu pastor!

E pro povo que ainda acha que político vermelho é preocupado com o futuro de vocês
Com discurso de respeito, igualdade, liberdade, honestidade e o que mais terminar em “dade”
Lhes convido a fazer uma pesquisa
Abram o google, coisa rápida,  vocês vão ver
Separe apenas o número com hífen,
E digite a sigla PNDH-3

(Letra: Bruno Linhares / Execução: Bruno Linhares)

9 comments for “Paródia em homenagem ao deputado Jean

  1. ELIO JOSÉ PACHECO
    5 de janeiro de 2013 at 12:02

    Que esse deputado entendesse por não respeitar SUA SANTIDADE o PAPA BENTO XVI como chefe religioso de muitos milhões (TAMBÉM É MEU CHEFE RELIGIOSO), que esse deputado RANCOROSO que pensa saber tudo, que o respeitasse como Chefe de Estado. Por sua bandeira ARCO-IRIS (GAY), defendida desastrosamente, isso não o credencia a atacar um Chefe Religioso sério e de multidão, somente comparada como areia da praia.
    Como membro deste povo brasileiro e Católico, pesso desculpas ao PAPA BENTO XVI.

  2. AMARO HELIO COSTA DOS SANTOS
    2 de janeiro de 2013 at 14:57

    Concordo com a Letra acho que o Bruno estava mto expirado. Só vamos ter cuidado para nao nos igualarmos com certas pessoas que no fundo querem impor suas opiniões, temos diferenciar e colocar com sabedoria as verdades.

  3. Amélia Santa Cruz
    28 de dezembro de 2012 at 23:23

    Parabéns, Bruno !
    Você soube reproduzir com muita arte tudo aquilo que estava engasgado na minha garganta!
    Que Deus o abençoe e ilumine os seus caminhos sempre . Desejo também que Nossa Sra te cubra com seu manto nessa guerra
    O sr deputado acha que ridicularizando a Igreja aumentará o seu “reinado”.
    Como sabemos que Jesus é misericordioso e que a nossa maior arma é a oração, desejo a esse sr que um dia caia do cavalo e que possa ver o que ainda ” não enxerga “.
    Abraços!

    • 31 de dezembro de 2012 at 10:02

      Fico muito agradecido com suas orações, Amélia! É sem dúvida do que mais preciso.
      E fico honrado em ter conseguido corresponder aos anseios de meus irmãos em Cristo.
      Que se multiplique a nossa voz e, sobretudo, a nossa santidade, para fazer frente à deturpação de valores e costumes de nosso tempo.

      Paz e Bem

  4. Amélia Santa Cruz
    28 de dezembro de 2012 at 23:20

    Parabéns, Bruno !
    Você soube reproduzir com muita arte tudo aquilo que estava engasgado na minha garganta!
    Que Deus o abençoe e ilumine os seus caminhos sempre . Desejo também que Nossa Sra te cubra com seu manto nessa guerra
    O sr deputado acha que ridicularizando a Igreja aumentará o seu “reinado”.
    Como sabemos que Jesus é misericordioso e que a nossa maior arma é a oração, desejo a esse sr que um dia caia do cavalo e que possa ver o que ainda ” não enxerga “.
    Abraços1

  5. Mazir Mendonça
    28 de dezembro de 2012 at 21:47

    Parabéns ao compositor! Ficou muito legal!

  6. 28 de dezembro de 2012 at 14:04

    Salve!
    Muito obrigado pelo apoio!
    Essa guerra tem que ser travada na esfera cultural também.
    Só veja, quando puder, se é útil reproduzir a letra aqui também.

    Paz e Bem
    Feliz ano novo!

    • 28 de dezembro de 2012 at 14:11

      Claro, caro amigo. Vou editar e colocar a letra ainda hoje.

      Abraço, Bruno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *