Pérolas e Matrimônios

Como entender o mistério do matrimônio à luz do Evangelho? Que imagem pode ser utilizada para explicar aos que não possuem a mesma fé dos cristãos o que eles pensam quando se dão em matrimônio? Matrimônios são como pérolas, como um tesouro escondido. Um bom texto  para compreender o matrimônio cristão é Mateus 13, 44:

O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo.

 

Manuscrito

 

Um bom matrimônio assemelha-se a um tesouro escondido. Quando se o encontra, não importa o custo para tornar-se seu proprietário. Se está enterrado, tudo se faz para comprar o campo onde está escondido. Nenhum investimento é alto demais para ser proprietário de um tesouro de valor incalculável. Mas caso se aprofunde no texto, alguns detalhes se destacam. O campo adquirido certamente não contém apenas o tesouro. Assim que se compra o campo, é necessário cuidar dele. Importa cercar o terreno para proteger de invasores eventuais. Talvez haja animais selvagens perambulando pelo lugar. Galhos secos e plantas daninhas não são raros em locais como esses. Tudo isso faz pensar que, se alguém deseja ardentemente o tesouro recém-descoberto, não pode se furtar do trabalho e da dedicação que o campo exige. Assim é com o matrimônio!

Muitos dizem encontrar o esposo ou esposa perfeitos, mas demasiado depressa ficam tristes por notarem imperfeições, pequenas ou grandes, que dificultam o relacionamento. Outras vezes é o temperamento que desaponta o recém-casado. O Evangelho tem algo a ensinar aos que anelam por um matrimônio feliz: se desejam o tesouro escondido, é necessário aprender a lidar com os galhos secos e os animais selvagens.

A cultura consumista contemporânea, empenhada em tornar as coisas confortáveis e imediatas, termina por favorecer relacionamentos descartáveis, pois relacionamentos duradouros trazem muitos desconfortos e não são imediatistas. Pessoas acostumadas a facilidades sofrem mais para adaptar-se aos matrimônios. Eles desejam o tesouro, sem o cuidado de cercar o terreno; desejam a pérola de grande valor, mas reclamam de investir tudo o que se tem na compra do campo.  Os segredos do matrimônio se abrem apenas para aqueles que tratam o cônjuge como uma pérola de grande valor. Não se pode temer investir tudo o que se tem para que o tesouro seja seu. No caso do amor, guardar um pouco para si é macular a honestidade do sentimento. O amor conjugal não pensa em si mesmo e, por isso, não faz conta de quanto se investiu no campo porque sabe que tudo faz sentido quando se tem a pérola preciosa, o tesouro escondido.

 

Luz

É chegada a hora de os relacionamentos criarem raízes. Mas para que isso aconteça, é fundamental entender que o matrimônio é um dom, muito maior do que os esposos e esposas. Cada bom matrimônio é mais um tesouro descoberto!

Robson Oliveira

1 comment for “Pérolas e Matrimônios

  1. 23 de outubro de 2015 at 05:09

    Realmente Robson. A cada dia é mais comum nos casais o sentimento egoísta de querer que o outro compreenda seus defeitos, sem se dispor a compreender os defeitos alheios. É usual as expressões “nem Jesus agradou a todos” ou “te que me amar do jeito que eu sou”, sempre em benefício próprio, mas nunca para compreender as limitações da outra parte.

    Ótimo texto.
    Deus o abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *