Semana das Semanas

É a Semana das semanas. Por causa do pecado dos primeiros pais, O Inocente será macerado pelos verdugos. Uma Luz vai brilhar, quando as trevas lançarem suas garras sobre a terra inteira. A sombra da morte sofrerá o golpe fatal do Senhor da Vida.

Enquanto alguns viajam para aproveitar uma micro-férias, os cristãos lembram que essa semana mudou os rumos da história. Após a crucifixão do Senhor, a justiça ganhou um rosto, a fé agora tem um conteúdo preciso, o amor tomou a carne humana. Mas também, é claro, o inimigo a ser combatido ficou evidente: o pecado.

Luz

Ao pecado não se dá trégua. Com o pecado não se faz paz. Nessa Semana Santa importa recordar que o único inimigo verdadeiro do homem é o pecado, que é o amor a tudo o que afasta a humanidade de Deus. Tudo o mais pode ser revertido, mas o desejo pessoal e consciente de amar o mal não pode conviver com a bondade de Deus.

Aproveitemos esses dias para nos retirarmos. Recordemos o preço pago para a remissão da vida humana: da minha e da sua. Lembremos dos verdugos, das pancadas, da vergonha e do escárnio. E lembremos que todas essas penas eram endereçadas a você e a mim. Diante disso, meditemos sobre nossas escolhas cotidianas. Meditemos e envergonhemo-nos por amarmos tão pouco Àquele que não guardou nada para si mesmo a fim de dar-se todo a nós.

Boa Semana Santa!

Flagelação de Cristo_1880

Robson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *