20 conselhos para as famílias católicas que vão à Missa com seus filhos

Ah,  as famílias que vão à missa com seus filhos…

É bom ver uma família completa com pai, mãe e filhos sentada num banco para a Missa, é um estímulo a todos. Mas obviamente é uma situação que requer paciência e experiência.   familia-en-misa

Na Igreja Católica há uma longa tradição de celebrar as famílias com filhos pequenos nas missas, os sacerdotes sempre destacam esse fato quando há crianças, mas há situações… As crianças choram. Gritam, correm e as vezes perturbam aos demais fiéis e não deixam o sacerdote concentrar-se na homilía. Essa é a razão destes 20 conselhos.  

20) Ensinar-lhes acerca da importância da Missa. Diga-lhes porque assistem e o que os outros adoradores necessitam para para participar da liturgia. Ensinar a seus filhos sobre a importância da Missa os ajudará a desenvolver um profundo respeito e compreensão da mesma.

19) Deixe que os filhos escolham o restaurante se se comportarem durante a Missa. Se é uma tradição familiar comer depois da liturgia,diga-lhes que escolham o restaurante ou outro prêmio que lhes queira conceder se se comportam bem durante a Missa. Isto ajuda a fomentar o bom comportamento.

18) Chegue pontualmente à Missa, de preferência minutos antes de que inicie. A Missa deve ser para a família o ato mais importante da semana, portanto, todos devem começar a preparar-se com a suficiente antecipação para que possam tomar banho, aprontar-se e chegar a tempo para a Missa. Para sair de casa não deve haver irritações nem reclamações. Se não é possível assistir na hora prevista, assiste com a família sem raiva a missa seguinte.

17) Procure fazer com que a família se sente nos bancos da frente para evitar que os filhos se distraiam. Assim, os filhos poderão ver o sacerdote movendo-se no púlpito e ver seus gestos na celebração. Isso atrai sua atenção.

16) Faça que os filhos ouçam você participara da Missa: é recomendável pronunciar bem, vocalizando, para que eles ouçam e aprendam. Dê-lhes uma olhadinha animando-os a que participem.

15) É importante que nossos filhos nos vejam atentos e que nos vejam rezar: um bom momento para rezar é depois da comunhão, com muito respeito. É conveniente animá-los a que eles também se ponham de joelhos e rezem.

14) O respeito ao sacerdote: quando o sacerdote entra devemos por-nos de pé, e ao final da missa esperamos que saia ele para que saiamos nós.

13) Cantar a Missa. Incentive os filhos a cantar. E há poucas coisas neste mundo melhor para as pessoas que ouvir na Igreja o som do canto das crianças.

12) Invente um jogo auditivo. Durante a Missa, faça com que os filhos percebam quantas vezes ouvem uma palavra específica; Pode ser “amém”, “vinde”, “oremos” ou qualquer outra palavra de uso comum repetida durante a Missa. Não apenas os manterá ocupados, mas também os animará a escutar o que está acontecendo, e participarão em maior medida.

11) Ao tomar lugar nos assentos, separar os filhos com problemas. Você sabe quais são. Sentar uma criança de cada lado de vocês é uma boa prática. Isto é especialente importante se tendem a brigar muito. Não serão capazes de falar nem tocar-se durante a Missa.

10) Sente-se perto de famílias com filhos mal educados. O espetáculo das crianças vai manter seus filhos tranquilos porque vão estar em choque e se perguntarão porque não podem sair com eles dali. E seus filhos se verão muito bem em comparação.

9) Não creia nos adultos que dizem depois da Missa que seus filhos estão muito bem educados. Os anciãos constantemente veem as crianças com graus de moderação. Não estou dizendo nada contra isso. Todos merecemos paciência, especialmente as crianças. Por outro lado, não escute os se desagradam por seus filhos na Missa tampouco e fazem parecer que sua família é um transtorno para os demais. Você pertence a aquele lugar. E seus filhos também.

8) Não deixe que suas crianças vão ao banheiro durante a Missa. Há algo acerca das crianças e os banheiros. Deixar que uma criança vá ao banheiro no apenas faz com que todos os seus filhos lhes venha instantaneamente a síndrome do intestino irritável, mas também faz com que todos os outros filhos o sigam. Nunca se viu a manchete: “Menino explode durante a Missa, paroquianos empapados de urina”. Nunca vi. Nem uma vez. Em resumo, não os deixem ir ao banheiro.

7)  Às vezes deixe-os ir ao banheiro. Eu si o que disse. Mas é uma questão de critério.

6) Díga a seus filhos que o abraço da paz não como a fila depois do jogo do torneio de futebol na qual todo mundo levanta a mão espalmada dizendo “boa partida”.

5) Vista seus filhos de maneira realmente agradável e faça muito barulho enfiando-os no carro para ir à Missa domingo de manhã. É bom que os vizinhos vejam aonde vão. Isso derruba todas as suas desculpas para não ir. Eu sei o que disse Jesus acerca da oração escondida e não atrair a atenção sobre si mesmos, mas nunca a quem se vai inspirar a ir à Igreja. Eu sei que não se sente inspiração depois de lidar com um monte de meninos, mas às vezes ocorre inspiração justo quando está fazendo o melhor possível. Permita que o vejam.

4) Cuidado se leva o menor para sua Comunhão. Se não está prestando atenção, ele poderá receber o sacramento antecipadamente. Eu mesmo recebi a Primeira Comunhão antecipadamente de um distraído jesuíta. E minha mãe me castigou! O jesuíta ficou impune, evidentemente.

3) Prepara as crianças para certas Missas. Diga-lhes que as palmas não são uma arma. Explique-lhes que não é necessário mostrar uma emoção transbordante quando gritam “Crucifica-O”. Nós não somos católicos metodistas. Ah, e prepare-os para todos os “gerou” da Vigília da Natividade. Há algo acerca da palavra “gerou” quando repassamos a genealogia de Jesus que faz rir aos pequenos. Não sei porquê. Simplesmente os fazem rir. Se tem feito estudos e se tem demonstrado que cada criança no mundo pelo menos esboça um sorriso cada vez que ouve alguém a dizer: “E Salomão gerou Roboão. E Roboão gerou Abias. E Abias gerou Asa. E Asa gerou Josafá. E Josafá gerou Jorão. E Jorão gerou Ozias”. Não sei porque os faz rir. Simplesmente faz.

2) Permita que cada filho ponha uma moeda ou duas na sacola da coleta. Faça-lhes sentir generosos. Às vezes, sentir-se generoso realmente inspira generosidade. Nem todo o tempo, mas às vezes.

1) Os filhos pequenos que não sabem ler querem usar o missal e os que sabem, não querem. Simplesmente tente limitar a quantidade de mudança de páginas. Ah, e não lhes diga que se chama missa até a idade universitária. Se se diz “missal” eles ouvirão “míssil”. Eles obterão ideias divertidas. Como pais, o único que podemos fazer é apontar aos filhos a direção correta. Quando levam seus filhos à Missa apontam-lhes a direção correta. Se çhes ensinam a concentrar-se no Santíssmo Sacramento durante a Missa, fazem com que seja mais fácil que o Santíssimo Sacramento se converta no centro de sua vida

Fuentes: NCRegister, Signos de estos Tiempos

Tradução: Robson Oliveira

Robson Oliveira

4 comments for “20 conselhos para as famílias católicas que vão à Missa com seus filhos

  1. Maria Alice
    29 de outubro de 2013 at 19:32

    Olá, parabéns pela inclusão deste artigo! Não precisam publicar este comentário, só notando que escaparam umas palavras e sílabas em espanhol no final do texto!
    Deus abençoe seus trabalhos!!

    • 29 de outubro de 2013 at 19:45

      Mande as correções, Maria Alice. Seria um favor que faria a nós.

      • Marcelo
        30 de outubro de 2013 at 22:46

        Robson, excelente post! Como a Maria Alice disse, só tem alguns trechos com problemas de tradução ou letras faltando. Tem um trecho que ficou em espanhol também (vide item 4, por exemplo). Sugiro colar o texto no Word e habilitar a verificação de ortografia e gramática, acho que vai pegar a maioria dos problemas.
        Parabéns pela iniciativa da tradução!

        • 31 de outubro de 2013 at 17:48

          Obrigado, Marcelo. Que o nosso trabalho a outros descanse…

          Correção feita. Se perceber mais algum erro, não se acanhe. Ajude-nos a fazer um site melhor!]

          Deus abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *