Brasil testemunha aumento de sacerdotes

A tentação da quantidade permanece a fazer suas vítimas ainda hoje. Contudo, não se pode esquecer o mandamento de Cristo aos santos apóstolos: Ide e batizai.  Por este motivo, a notícia traz alguma alegria e até renova a esperança de uma Igreja Católica que veja florescer a santidade nesta Terra de Santa Cruz.


Reprodução

Fonte: Agência Ecclesia

Estudo divulgado pelo Centro de Estatísticas Religiosas e Investigação Social (CERIS) do Brasil publicou um novo estudo que revela um aumento de 55,79% no número de padres católicos no país entre 1990 e 2010.

No documento, os responsáveis pela investigação destacam ainda o crescimento no número de diáconos permanentes, que passaram de 632 para 2711, mais que triplicando o seu número em apenas 20 anos.

O Anuário Católico 2012, lançado pelo CERIS, apresenta “um retrato do atual quadro no aumento do número de paróquias, dioceses, bem como o significativo aumento no número de sacerdotes e diáconos permanentes”.

Situação inversa encontra-se no quadro da evolução do número de religiosas, que caiu de 35.039 em 1961 para 33.386 em 2010.

“Esta amostragem do CERIS contesta, por um lado, teorias como a da secularização e a do enfraquecimento da Igreja Católica, que perde fiéis para outras denominações religiosas, ou mesmo para o ateísmo, como algumas pesquisas censitárias apontam”, pode ler-se, na introdução do estudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *