Curtas sobre a Fé – 10

Comentário: O Papa Francisco tem sido centro da atenção da mídia desde que foi eleito para ser o Servus Servorum Dei. Mas algumas de suas declarações e atitudes não saíram na primeira página dos jornais, nem tiveram o destaque que mereciam. Assim, para que a história registre esses momentos, aí vão algumas notícias importantes: O Papa Francisco permitiu o julgamento canônico e mandou prender um religioso; o Papa Francisco reafirmou a doutrina sobre o demônio; o Papa Francisco solicitou intervenção da ONU contra os crimes que ocorrem no Oriente, dentre outras.


1. Um ex-cardeal pedófilo sentou na cadeira em que se sentou Leonardo Boff: O ex-arcebispo polonês e ex-núncio na República Dominicana Jozef Wesolowski, que foi destituído do sacerdócio após denúncias de abuso sexual de crianças, foi detido com a autorização do Papa Francisco. A promotoria de Justiça do Vaticano, que investiga as acusações contra Wesolowski, notificou o ex-arcebispo sobre as acusações e determinou sua prisão domiciliar na Santa Sé, informou a imprensa italiana.

2. Papa Francisco afirma que o Diabo não é um mito: Disse o Papa Francisco sobre o realismo do diabo: “Mas, esta geração – e tantas outras – nos fez acreditar que o diabo fosse um mito, uma figura, uma ideia, a ideia do mal. Mas o diabo existe e nós devemos lutar contra ele. É o que diz Paulo, não eu! É a Palavra de Deus. Mas nós não estamos muito convencidos. E depois Paulo nos diz como é esta armadura de Deus, quais são os diversos tipos de armaduras, que formam esta grande armadura de Deus. E ele diz: ‘Sejais firmes e cingi os vossos rins com a verdade’. Esta é a armadura de Deus: a verdade”.

14075169061961_700

3. Papa cobra resposta da comunidade internacional às ações do Estado Islâmico: Pontífice afirmou que ações do grupo extremista representam um fenômeno de terrorismo de ‘dimensões inimagináveis’. O Papa Francisco afirmou que as ações do Estado Islâmico (EI) representam um fenômeno de terrorismo de “dimensões inimagináveis” e cobrou uma “resposta adequada” à comunidade internacional para enfrentar os avanços do grupo, principalmente no Iraque e na Síria.

4. Papa Francisco afasta de corte católica cardeal norte-americano conservador: O cardeal norte-americano Raymond Leo Burke confirmou no domingo (18/10) que será removido do cargo de prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica pelo Papa Francisco, posto que ocupa desde 2008.

5. Papa Francisco mantém doutrina sobre matrimônio e afasta pressão da sociedade civil: Em discurso pela conclusão da 3ª Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos, o Papa Francisco reafirmou os ensinamentos tradicionais sobre a família: “E senti que foi colocado diante dos próprios olhos o bem da Igreja, das famílias e a “suprema Lex”, a “salus animarum” (cf. Can. 1752). E isto sempre – o dissemos aqui, na Sala – sem colocar nunca em discussão as verdades fundamentais do Sacramento do Matrimônio: a indissolubilidade, a unidade, a fidelidade e a ‘procriatividade’, ou seja, a abertura à vida (cf. Cann. 1055, 1056 e Gaudium et Spes 48)“.

Robson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *