Dilma e Cachoeira Paulista

O Pe. José Augusto, cujo vídeo com a pregação acerca do papel do cristão nas eleições já sumiu da internet, como ele mesmo tinha anunciado, tem muita razão em ter vergonha do que a cidade de Cachoeira Paulista pode estar fazendo com o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. A candidata Dilma Roussef, organizadora e propagadora do PNDH3 (ver alguns pontos no blog Humanae Vitae), venceu as eleições na cidade paulista, sede da Canção Nova, lugar que já ouviu dezenas de vezes as pregações do saudoso Pe. Léo falando do Amor incondicional a Cristo e a sua Igreja.

A candidata Dilma teve perto de 500 votos a mais que Serra na cidade (dados do TRE-SP). O que será que o Pe. Léo diria à comunidade ao saber do resultado das eleições na cidade? Como o Mons. Jonas olharia nos olhos do saudoso padre, se mesmo a cidade-mãe do movimento não consegue ser fiel ao Magistério Ordinário da Igreja??

10 comments for “Dilma e Cachoeira Paulista

  1. Fabiano Gomes
    15 de outubro de 2010 at 22:11

    Pois é, Robson, tenho pensado bastante (mesmo), mas, focando nas opções que a gente tem agora, não consigo mesmo ter confiança em nenhum dos dois. Da Dilma a gente já sabe. Mas o Serra em 1998, assinou norma técnica que orienta método de aborto em casos de estupro, ou seja, não me passa segurança. Durante a campanha no 1° turno, acho que ele foi o 1° a prever o que inacreditavelmente acabou acontecendo (a religião ser levada em consideração) e se colocou meio contra o aborto. Digo “meio” pq não o achei direto no assunto, mas dava a entender que não apoiaria. Mas seu passado não mente tb. Agora a Dilma se deu conta do prejuizo que teve, e está se posicionando de maneira mais objetiva, tb contra o aborto. Sinceramente, não tenho clareza nenhuma sobre quem é mais confiável nesse aspecto.

    Podemos analisar outros pontos das campanhas? Sim, claro, e devemos mesmo. Porém, ao mudarmos o foco, o PT tb pode ganhar alguns argumentos favoráveis.

    Pelo menos uma coisa foi bem legal nessa história: em uma próxima vez, acredito que nossos valores cristãos não sejam tão desconsiderados como vinha acotecendo na mídia e na política ultimamente. Agora eles pensarão duas vezes antes de se decidirem por qq coisa que contrarie esses valores.

    • Robson Oliveira
      15 de outubro de 2010 at 22:21

      O tema das liberdades é o diferencial. Dê uma lida no PNDH-3 e no PLC-122/2006. Você pode achar os dois dando uma googlada.

      Abração e fique na paz!

      • Aron Allad
        7 de dezembro de 2010 at 12:05

        Que corja estes católicos da canção nova. recordadar o padre LEO, um padre pornografico, idolatra, joguem no lixo suas palestras, iludem os ingenuos e credulos para extorquir dinheiro, vão trabalhar honestamente e ganhar o pão com o suor do seu rosto cambada de sem vergonhas, não basta termos a corja dos evangelicos pregando asneiras agora me aparecem estes carismaticos mentecaptos extorquindo os incautos!

        • Robson Oliveira
          7 de dezembro de 2010 at 12:52

          É duro topar com católicos bem formados, não é, senhor Aron??? E não é gente dos cafundó do Rio Grande do Sul, de Santa Maria, de uma universidadezinha paganizada que vai intimidar os cristãos do Brasil, com ofensas de segunda ordem!!!

          O PNDH-3 é, sim, um projeto ditatorial, que vai encontrar não poucas nem desorganizadas resistências por todo o país. É um programa limitador das liberdades e violador da Constituição Federal.

          Quanto a ofender os cristãos carismáticos e protestantes, é uma lástima. Achava que o sul do país, como libertador e panaceia nacional, seria mais educado com os diferentes. Achei que o povo do Rio Grande do Sul, que sabe “distinguir as coisas”, seria polido e tolerante com o diferente. Será que o sul é tudo isso mesmo que o senhor diz??

  2. Fabiano Gomes
    15 de outubro de 2010 at 12:45

    Então realmente o faça, Robson, para analisarmos bem esse fato. Verdade é que nem Marina nem Serra eram opções contra o aborto. Eu já não iria votar nem na Dilma nem no Serra e qdo estava prestes a me definir pela Marina, vem o debate na Canção Nova e ela dá uma brecha enorme pra aprovação do aborto, falando em plebiscito e nas condições que a mulher quer abortar tem que se submeter. Minha intenção jamais é a de defender Dilma com esse discurso, mas eu acabei me decidindo (e o fiz) por votar nulo.

    • Robson Oliveira
      15 de outubro de 2010 at 13:46

      As coisas não estão fáceis. Os cristãos não podem se calar diante do risco que se apresenta à nação. O aborto é o ponto mais grave do programa do PT, mas há muito mais! Há risco iminente, sim, de limitações das liberdades, de intervenção do governo nas famílias, de violação do direito de propriedade. Fabiano, leia mais sobre o PNDH-3 e sobre o PL-122. Medite, meu amigo, reflita bem sobre suas decisões.

      Abração!

  3. delnir
    8 de outubro de 2010 at 08:16

    Padre Leo também blasfemou várias vezes e deu uma entrevista escandalosa no péssimo programa do Jô.
    Disse que recebeu o chamado quando estava de porre, elogiou a qualidade da maconha na sua época de vício e afirmou que nossos testículos contém o Espírito Santo.
    Será que se arrependeu de tudo o que falou? Que Deus tenha misericordia dele.

    São Gregório, rogai por nós!

  4. Priscila
    7 de outubro de 2010 at 18:08

    É interessante ver esses dados principalmente para termos noção do eleitorado…onde está o que…
    Por isso, aqui no rio sugiro que todos acessem
    http://www.tre-rj.jus.br/resultado2010
    e vejam como anda sua cidade…
    Em Niterói-RJ, deu Marina…
    Já em SG-RJ – que é tida como uma cidade mais católica e fervorosa que Niterói – Dilma disparou….

    • Robson Oliveira
      7 de outubro de 2010 at 18:39

      Pri, ia dedicar um post apenas para analisar os números de São Gonçalo-RJ.

      • Priscila
        8 de outubro de 2010 at 09:31

        Faça-o! Será excelente….

        Aguardo!

Deixe uma resposta para Robson Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *