Do Testamento de Dom Eugênio de Araújo Sales

Comentário: Essa parte do Testamento de Dom Eugênio de Araújo Sales foi lida ontem, por Dom Orani João Tempesta, na missa que antecedeu seu enterro, na Cripta da Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro. Revela a fé e a fidelidade de um homem que não guardou nada de si, deu tudo a Deus. Que o Senhor, Todo-Poderoso, que não se deixa vencer em generosidade, recompense os anos de dedicação desse homem à sua Igreja.


Dirijo-me em primeiro lugar a Deus a quem me entrego inteira e absolutamente. Consagrei-me à Igreja e renovo essa doação integral. Nunca me arrependi de tê-la feito. Tudo o que escrevi, disse e ensinei fica submetido ao Magistério eclesiástico. Deverá ser corrigido, em caso de discrepância da minha parte. Reafirmo minha Fé Católica. Creio em tudo que a Igreja ensina e como ela ensina. Proclamo a plena aceitação do Mistério da Trindade, da Encarnação, Redenção e demais que são parte do conteúdo de nossa Doutrina. Quero morrer sempre fiel ao Papa, Sucessor de Pedro. Não levo mágoas. Peço perdão a quem ofendi. Procurarei reparar os sofrimentos com minhas orações. Aceito plenamente a vontade de Deus (…). No céu, onde espero ser acolhido por meu Pai, o Senhor Jesus e Maria, procurarei retribuir tudo que recebi.

Robson Oliveira

2 comments for “Do Testamento de Dom Eugênio de Araújo Sales

  1. David Gravatá (estudante)
    15 de julho de 2012 at 15:54

    um verdeiro exemplo e cristão a qual deve ser igualmente imitado.

  2. Luciana Hilario
    13 de julho de 2012 at 10:19

    Exemplo de generosidade e humildade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *