Papa Bento XVI: “Renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro”

A Rádio Vaticano publicou o texto em que o Papa Bento, no Consistório que começou recentemente em Roma, anunciou sua decisão de renunciar ao cargo de Sucessor de Pedro. Eis o texto:

“Caríssimos Irmãos,

convoquei-vos para este Consistório não só por causa das três canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Depois de ter examinado repetidamente a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, já não são idóneas para exercer adequadamente o ministério petrino. Estou bem consciente de que este ministério, pela sua essência espiritual, deve ser cumprido não só com as obras e com as palavras, mas também e igualmente sofrendo e rezando. Todavia, no mundo de hoje, sujeito a rápidas mudanças e agitado por questões de grande relevância para a vida da fé, para governar a barca de São Pedro e anunciar o Evangelho, é necessário também o vigor quer do corpo quer do espírito; vigor este, que, nos últimos meses, foi diminuindo de tal modo em mim que tenho de reconhecer a minha incapacidade para administrar bem o ministério que me foi confiado. Por isso, bem consciente da gravidade deste acto, com plena liberdade, declaro que renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro, que me foi confiado pela mão dos Cardeais em 19 de Abril de 2005, pelo que, a partir de 28 de Fevereiro de 2013, às 20,00 horas, a sede de Roma, a sede de São Pedro, ficará vacante e deverá ser convocado, por aqueles a quem tal compete, o Conclave para a eleição do novo Sumo Pontífice.

Caríssimos Irmãos, verdadeiramente de coração vos agradeço por todo o amor e a fadiga com que carregastes comigo o peso do meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. Agora confiemos a Santa Igreja à solicitude do seu Pastor Supremo, Nosso Senhor Jesus Cristo, e peçamos a Maria, sua Mãe Santíssima, que assista, com a sua bondade materna, os Padres Cardeais na eleição do novo Sumo Pontífice. Pelo que me diz respeito, nomeadamente no futuro, quero servir de todo o coração, com uma vida consagrada à oração, a Santa Igreja de Deus”.

Vaticano, 10 de Fevereiro de 2013.

BENEDICTUS PP XVI

Robson Oliveira

9 comments for “Papa Bento XVI: “Renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro”

  1. Laila Almeida
    18 de Fevereiro de 2013 at 10:09

    Momento de estarmos ainda mais unidos em oração. O Sumo Pontífice foi muito digno de reconhecer as suas limitações.

  2. 14 de Fevereiro de 2013 at 15:56

    Fiquei surpresa e apreensiva,mas confio que se fará por fim a vontade do Deus Altíssimo. À Ele o louvor ,honra e glória para sempre.!

  3. jupira
    12 de Fevereiro de 2013 at 13:14

    o papa tomou uma decisão muito digne,logo que ele se declara não ter forças suficiente para continuar, foi muito bonito e digno.

  4. ivar
    12 de Fevereiro de 2013 at 09:39

    A gente não tem que ficar triste pela desição do SUMO PONTIFICE o que nos os catolicos da terra temos que orar y ficar mais unidos pela nossa salvação

  5. VÂNIA DE CARLINHOS
    11 de Fevereiro de 2013 at 20:36

    Como todos, primeiro a surpresa, depois o levantamento de hipóteses e depois, um certo sentimento de perda. Agora, me sinto mais tranquila: creio que Bento XVI é Pedro no século XXI. Se ele diz que não se sente mais capaz:PONTO FINAL. “Onde está o bispo está a Igreja.” Não temos que questionar ou imaginar o que “estaria por trás.” Deixemos este trabalho para os outros. A nós, basta a palavra de Pedro. Eis-me aqui, Senhor, envia-me. Rezemos pelo Conclave, por todos os Cardeais que estarão na Capela Sistina, pelo novo Papa, que estará entre nós na JMJ. Obrigado, Bento XVI, por nunca ter se omitido, por ter sido nosso Pastor nesses 8 anos. Espírito Santo, vinde iluminar, curar nossa soberba, transformar nosso coração pela obediência. Amém.

  6. Thaís
    11 de Fevereiro de 2013 at 13:15

    Na certeza de que “As portas do inferno não prevalecerão”, aguardo o novo Santo Pai da Igreja, e espero que Deus interfira nesta escolha para que possamos ter um representante tão inteligente quanto o Papa Bento XVI, e igualmente inteligente e carismático quanto o Papa João Paulo II. Obrigada à Bento XVI, por ser uma grande bengala intelectual para mim. Continue contando com minhas orações.

  7. Ir. Priscila
    11 de Fevereiro de 2013 at 12:15

    Este é o momento em que devemos estar profundamente unidos em oração; e não podemos esquecer nunca de que a Igreja é de Deus e nada foge a Sua Vontade.

  8. 11 de Fevereiro de 2013 at 10:36

    Precisamos esperar um pouco para externarmos opiniões, pois o fato só ocorreu, salvo engano meu, duas vezes na história da igreja.Com isso só o tempo nos dará as verdadeiras razões para tal ato.

  9. Roberta
    11 de Fevereiro de 2013 at 10:22

    Vi notícia no jornal hoje de manhã! Fiquei espantada! Mas, continuemos unidos ao Sumo Pontífice. Ele é Pedro até o final deste mês ainda, e depois disso, merecedor de nosso amor e gratidão, mesmo que não ocupe mais essa cadeira. E rezemos desde já por aquele que o Senhor escolherá para sucedê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *