Paraguai compara médicos cubanos a enfermeiros

Enquanto o Brasil e o Ministério da Saúde pretendem entulhar o país com médicos cubanos, o Paraguai rejeita esses profissionais por falta de qualificação. Nossos vizinhos comparam a formação dos médicos da ilha dos irmãos Castro a enfermeiros e dizem que eles não podem trabalhar no Paraguai.

Não são poucas as armadilhas do Ministério da Saúde do país contra a vida e os princípios morais (veja aqui, aqui e aqui, por exemplo). Ora, esse é um sintoma claro da importância que se dá aos cidadãos, quando se pensa em matar bebês ainda no seio materno. Afinal, que limites possuem aqueles que justificam a morte do inocente? Nenhum!

Qual o interesse de trazer médicos doutrinados na ilha dos Castro para o Brasil???

Robson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *