Tag: Crônicas

Deus no Cotidiano

O tempo para o encontro com Deus é o hoje de nossas vidas. No cotidiano escondem-se as oportunidades de envidarmos contato com o Senhor. Mas para que haja encontro real, para que o homem encontre a Deus no mundo real, importa que se reservem momentos específicos para esse encontro. Com efeito, o corpo do encontro com Deus é a vontade de encontrá-lO, que se expressa na virtude da ordem. Só com organização o cotidiano deixa de ser potencial lugar de encontro…

Para Sempre…

Costuma-se dizer que a crise da contemporaneidade é a crise do “para sempre”. Diz-se que os homens desse tempo não suportam decisões permanentes, diz-se que eles não desejam nada de eterno, nada de permanente, nada que ultrapasse o aqui e agora. Parece-me, contudo, que não é bem assim. De fato, entendo haver uma crise verdadeira em nossos dias, mas ela me parece ocultar-se sob essa expressão simplista, que é a de que a própria ideia de permanência ou perenidade causasse…

Alvejante “Amor”

É verdade que Deus é amor, mas não é verdade que todo amor é de Deus. O ouro é metal, mas nem todo metal é ouro, ora bolas! No dia 9 de janeiro, o Papa Francisco comentou um texto das cartas de São João, no qual o apóstolo fala que Deus está intimamente ligado ao que ama: Quem permanece no amor permanece em Deus e Deus permanece nele – 1Jo 4,16. Essa passagem é frequentemente usada por aqueles que pretendem…

Dieta para o corpo e para a alma

Quem cuida do abdômen com zelo precisa cuidar da sua alma com igual esmero; e quem cuida da alma tem de lembrar que ela é feita para coisas muito mais altas que a satisfação mesquinha e horizontal do “dever cumprido” O início do ano é sempre momento de realizar novos propósitos, retomar antigas batalhas: aquela luta contra a balança, a guerra contra um vício especialmente arraigado, a difícil reconciliação com um parente próximo. Dia 2 de janeiro, costuma-se dizer, é…

A Presidente Dilma e os Supercidadãos

O Jornal do Brasil publicou o texto A Presidente Dilma e os Supercidadãos, de um articulista do Site Humanitatis. Espero que gostem e que divulguem entre seus amigos e familiares. Eis um extrato: […] Um famoso professor (ou alguém se fazendo passar por ele) cometeu o crime de incitação à violência em uma rede social, ao desejar que uma apresentadora de telejornal fosse violentada sexualmente em 2014. Depois de seu desejo tomar proporções inesperadas, o provocador deu entrevistas argumentando que é “um mero professor”,…

Minha unha encravada

As notícias são bizarras: mulher gasta fortuna para tornar-se a Barbie ucraniana, homem americano quer tornar-se o par da Barbie, o Ken. Ambos submetem o corpo a transformações e mudanças bizarras. E não é exceção. Pode-se encontrar relatos parecidos de uma Barbie inglesa, um Ken europeu em outros anos, mas com o mesmo espírito: a busca do impossível. E na luta por uma perfeição física inalcançável, virtudes humanas são sumariamente esquecidas. Nesse caso concreto, o “Ken” norte-americano é um troglodita,…

Pasteurizadora Brasil

O Jornal do Brasil publicou o texto Pasteurizadora Brasil, de um articulista do Site Humanitatis. Espero que gostem e que divulguem entre seus amigos e familiares. Eis um extrato: Em nossos dias prolifera, dentre outros exemplos, o sertanejo “universitário”, que já não canta as esperanças e desafios do homem do campo, mas as vantagens que o jovem agricultor aburguesado pode alcançar tendo colchonetes na caçamba do seu carro; o samba “universitário” abandona o tema da liberdade e da redenção humana…

A rainha humildade

Ou o homem se abaixa e permite ser alcançado humildemente por esse amor, ou amando loucamente com seu pequeno coração jamais O alcançará. De Deus é a iniciativa de amar o homem e este faz muito bem em aceitá-lo com humildade. Não faz mal, porém, ter um ramo de flores para oferecer ao visitante de noss’alma que, livre e gratuitamente, nos visita Há algumas distinções entre o cristianismo e a filosofia. Não se trata propriamente de contradições, mas de perspectivas…

A tarefa cotidiana de todo homem

Eis o que todos os homens fazem todos os dias, desde o nascimento até o obituário: criar para si buracos de agulha cada vez maiores ou camelos cada vez menores Os 11 frequentadores do Non Nise Te! sabem que sou homem dogmático. Aliás, já disse isso antes, tenho até certezas inquestionáveis, as quais reservo para uma parte da minha vida. Sim, tenho algumas certezas e não me incomodo com suas existências. Não me incomoda nada a certeza da massa atômica…

Herança da JMJ – 2013

Os cariocas aprendemos, com muita dor, que ser cristão pela metade é ser meio-feliz, meio-satisfeito, meio-sincero, meio-íntegro… Pois bem, esse jovem de comunidade pobre, esse jovem de apartamento rico, esse jovem universitário, esse jovem trabalhador, quando consegue romper a barreira ideológica montada para cooptá-lo desde o ensino médio, ele também quer tudo, quer tudo e agora, quer Deus por inteiro! Ao contrário do que a petralhada de plantão divulgou, e em consonância com o que dissemos bem antes do início da JMJ,…