Tag Archive for Ética

Adotados por homossexuais agradecem Dolce e Gabbana por sua defesa da família composta por pai e mãe

icon_hum

Comentário: quem teria maior autoridade para falar sobre crianças adotadas por duplas homossexuais  do que essas mesmas crianças? Pois bem, 6 pessoas vieram a público defender Dolce e Gabbana por sua defesa da família. Eles dizem que “todo ser humano tem…

Duas solidões contemporâneas

Luz

Mais um artigo de um membro do apostolado do Site Humanitatis foi publicado pela Gazeta do Povo. Dessa vez, o assunto é o deserto que cerca os homens que procuram resistir ao fácil, ao desonesto, ao imoral. Há uma verdadeira caça…

Joseph Ratzinger – Amor e Sofrimento

Papa Bento XVI

Amor e Sofrimento Joseph Ratzinger “Quem não aceita o sofrimento não pode amar, pois o amor implica sempre algum grau de morte para si mesmo, de entrega de si a outro, de libertação de si” Fonte: RATZINGER, Joseph. Homilias sobre…

Francisco José de Almeida – Família e Virtudes Humanas

icon_hum

Família e Virtudes Humanas Francisco José de Almeida “Sabemos que, como disse alguém, poucas vezes a família é cenário de atos heróicos, desses que se poderiam registrar na história: compõem-se de um feixe de atos de dedicação aparentemente banais; mas…

J. Urteaga – Inveja

Luz

Inveja J. Urteaga “A inveja produz sempre o fruto amargo da calúnia” Fonte: URTEAGA, J. O Valor Divino do Humano. São Paulo: Quadrante, p. 28.

Francisco José de Almeida – Tempo e Mediocridade

icon_hum

Tempo e Mediocridade Francisco José de Almeida “Gasta-se o mesmo tempo em ter uma vida santa do que em ter uma vida vulgar” Fonte: ALMEIDA, Francisco José de. A virtude da ordem. São Paulo: Quadrante, 2006, p. 37.

Santo Tomás de Aquino – Luxúria e Imprudência

icon_hum

Luxúria e Imprudência Santo Tomás de Aquino “Pela luxúria, sobretudo as potências superiores, ou seja, a razão e a vontade, ficam desordenadas” “per luxuriam maxime superiores vires deordinentur, scilicet ratio et voluntas” Fonte: TOMÁS DE AQUINO. STh II-II, q. 153, art. 5,…

J. Urteaga – Calúnia

Luz

Calúnia J. Urteaga “O que disseste ao ouvido de um amigo correrá depois em voz alta. E quererás limpar a nódoa que puseste na honra daquele homem, daquela instituição, daquela idéia, e não o conseguirás. A calúnia sempre deixa rasto”…

Constância e Ordem

icon_hum

Sobre a virtude da ordem, uma questão surge. É a ordem filha ou mãe da virtude da constância? Parece que, em razão da virtude a que se refere, a ordem antecede a constância. Ora, a prudência é a responsável por…

Anemia de absoluto

Luz

Um novo texto de um blogueiro do Site Humanitatis foi publicado pela Gazeta do Povo. A reflexão trata de propor uma análise acerca do poder atrativo que os fundamentalismos atuais possuem sobre a juventude. Parece que o problema é a fatal de…