Tag: Filosofia da Religião

Jürgen Habermas – Valores Humanos

Valores Humanos Jürgen Habermas “A permeação mútua do cristianismo e da metafísica grega não produziu apenas a forma espiritual da dogmática teológica e a helenização – nem sempre benéfica – do cristianismo. Ela promoveu também a apropriação de conteúdos genuinamente cristãos pela filosofia. Esse processo de apropriação tomou forma em redes conceituais normativas extremamente carregadas, como, por exemplo, responsabilidade, autonomia e justificação, ou história e memória, recomeço, inovação e retorno, ou emancipação e realização, ou despojamento, internalização e incorporação, individualidade…

Jürgen Habermas – Estado Laico e Religião

Estado Laico e Religião Jürgen Habermas “A neutralidade ideológica do poder do Estado que garante as mesmas liberdades éticas a todos os cidadãos é incompatível com a generalização política de uma visão do mundo secularizada. Em seu papel de cidadãos do Estado, os cidadãos secularizados não podem nem contestar em princípio o potencial de verdade das visões religiosas do mundo, nem negar aos concidadãos religiosos o direito de contribuir para os debates públicos servindo-se de uma linguagem religiosa” Fonte:HABERMAS, Jürgen;…

Pérolas de Sakamoto I, o Belo – Parte III

Sakamoto I, o Belo, tem ideias lindas, pena que são imbecis. Ele acha que o planeta está aquecendo, apesar do que dizem os fatos e a ciência; ele garante que tetraplégicos saltarão das macas, cegos voltarão a ver, surdos a ouvir, tomando uma pílula de célula-tronco embrionária, produto dos excelentes resultados alcançados por essa pesquisa. Apesar disso tudo, não tem problema, porque ele é Sakamoto e é belo. Sakamoto é gênio e garante que Deus não existe, mas ele não para…

Pérolas de Sakamoto I, o Belo – Parte II

Sakamoto I, o Belo, tem ideias lindas, pena que são ridículas. Ele acha que o planeta está aquecendo, apesar do que dizem os fatos e a ciência. Mas tudo bem, por que ele é Sakamoto, e é belo. Como é Sakamoto, e sabe que Deus não existe, ele não para e tem outras opiniões. Ele também acha que a pesquisa com células-tronco embrionárias é a saída para cegueira, surdez, tetraplegia e outras mazelas humanas, enfim, ele é um gênio. Há…

Pérolas de Sakamoto I, o Belo – Parte I

Sakamoto I, o Belo, acha que o planeta está aquecendo. É de conhecimento comum que Sakamoto I, o Belo, sabe que Deus não existe. Mas daí a determinar que o planeta está aquecendo por causa da ação humana, “pera lá”! Saber de teologia ele pode, afinal é Sakamoto, mas de climatologia também??? Veja o que escreveu em setembro de 2013: Nossa sociedade não evoluiu pensando em um plano B e agora que ajustamos o termostato do planeta para a posição…

Sakamoto I, o belo!

Nomeamos Sakamoto o Pontífice Máximo de nosso tempo. Ele será chamado Sakamoto I, o belo, por causa da beleza de suas ideias, que compensa a falta de lógica Não conhecia Sakamoto! Mas as redes sociais têm o poder de surpreender-nos com personalidades realmente curiosas. Pelo que escreve, é uma sumidade intelectual rara em nossos dias. O que Immanuel Kant não achou necessário fazer, pois era protestante fiel; o que Reneé Descartes nem sequer imaginou, já que era católico de comunhão diária;…

XXIV Semana de Filosofia do Seminário São José do Rio de Janeiro

Entre os dias 29 e 31 de outubro acontecerá, no Seminário São José, do Rio de Janeiro, a sua XXIV Semana de Filosofia. Nesse ano, a área do conhecimento filosófico abordada será a Filosofia da Religião. Entre os convidados estão: o jurista Dr. Ives Gandra; o Prof. Dr. Mauricio Beuchout, da Universidade do México (ambos por vídeo-conferência); os Professores Doutores Frei Lorivaldo do Nascimento, Maria Cecilia Parise, Juvenal Savian e Joathas Belo. adobe flash software Além dos convidados, a semana…

G. K. Chesterton – Evolução

Ciência, Biologia

Evolução G. K. Chesterton “O darwinismo pode ser usado para apoiar duas moralidades insanas, mas não pode ser usado para apoiar uma que seja sadia. O parentesco e a competição de todas as criaturas vivas podem ser utilizados como motivos para alguém ser insanamente cruel ou insanamente sentimental, mas não para alimentar um amor sadio pelos animais. Com base na evolução, você pode ser desumano ou absurdamente humano; mas não pode ser um ser humano. O fato de você e…

Deísmo – Deus pode se ofender com o pecado?

Aristóteles, na Metafísica, XII, desenvolve o sua famosa tese sobre o Primeiro Motor. A partir da reflexão ontológica do Estagirita, a filosofia clássica colocou-se questões importantes sobre a natureza de Deus: um ser absoluto pode manter qualquer relação com um outro relativo? Na hipótese de um Ser Perfeito existir, Ele pode relacionar-se com um imperfeito? Essas e outras perguntas do gênero formaram o corpo reflexivo de várias escolas, inclusive do Deísmo.  Para um filósofo de inspiração deísta, a existência de…

Joseph Ratzinger – Sobre a unidade entre fé e ciência

Sobre a unidade entre fé e ciência Joseph Ratzinger “Heisenberg interpretava ao seu modo essa nova abertura dos cientistas para a religião a partir das próprias vivências na casa paterna. Tinha por certo tratar-se de duas esferas totalmente diferentes que não estavam em competição uma com a outra. Nas ciências da natureza estava em causa o certo e o errado; na religião, o bem e o mal, o valor e o não-valor. Aos dois âmbitos correspondiam separadamente os lados objetivo…