Tag: Filosofia da Religião

Mais sobre o mesmo…

O arquiteto Percival Puggina trata de pontuar os elementos inegociáveis da humanidade, apontando para sua fundamentação mais radical: a natureza humana. Ao refletir sobre agnosticismo e fé desvela um dos maiores perigos de nosso tempo: fugir da fé para recair na barbárie. Vale a pena conferir!

Reflexões sobre o Ateísmo

Um dos temas mais refletidos no blog Non Nise Te! é o ateísmo. Já meditamos sobre a incoerência que é acreditar no ateísmo, de modo tão acrítico, sem aperceber-se de suas premissas filosóficas; refletimos sobre o moralismo escondido por detrás das críticas ateias à religião; meditamos sobre a hipocrisia do ateísmo, que não vê o mal que ele provocou no século XX, mais que todos os séculos juntos; também escrevemos sobre o que chamei de neo-ateísmo, que é a prática comum de…

Joseph Ratzinger – Separação entre Fé e Ciência

Separação entre Fé e Ciência Joseph Ratzinger Wolfgang Pauli em 1927, em colóquio de cientistas sobre a separação entre fé e ciência: “A completa separação entre saber e crer é certamente  um recurso provisório por um tempo bem limitado. No âmbito da cultura ocidental, por exemplo, poder-se-ia chegar, num futuro não remoto, a um tempo onde os símbolos e imagens das religiões atuais não possuíssem mais força convincente, nem mesmo para o povo simples; nessa altura, receio eu, também a…

Joseph Ratzinger – Religião e Liberdade

Religião e Liberdade Joseph Ratzinger “A derrocada dos sistemas europeus de governo baseados no marxismo foi para essa teologia da prática redentora uma espécie de crepúsculo dos deuses. Exatamente lá, onde a ideologia marxista da liberdade havia sido aplicada conseqüentemente, foi onde surgiu uma radical falta de liberdade, cujos horrores era agora indisfarçáveis, claramente visíveis aos olhos do público mundial” Fonte: RATZINGER, Joseph. Fé, Verdade e Tolerância. São Paulo: Inst. Bras. de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio, 2007, p. 110.

Religião “Universitária”

Está em marcha uma religião “universitária”, isto é, uma religião que tem vergonha de si e quer “atualizar-se” para ser oferecida no altar da opinião pública Os 27 leitores assíduos do Non Nise Te! devem estar estranhado o silêncio do blogueiro nos últimos dias. A matéria-prima para reflexões ácidas e repletas de conclusões incômodas está abundante: tem professor de universidade católica xingando seus chefes e pagadores dos seus salários (com o bolso cheio de nosso dinheiro); tem professora eleita pela maioria…

A nova cruzada laicista – Por Felipe Melo

Comentário: A tensão existente entre os interesses dos cidadãos religiosos e os interesses dos cidadãos não religiosos já foi tratada diversas vezes (aqui, aqui e aqui, por exemplo). Mas esse assunto  não para de surgir, com novas roupagens. Agora é um Procurador de Justiça quem levanta-se para mover uma ação absurda e contraditória, como já apontou o bom senso: De qualquer forma, é importante ler a notícia do Juventude Conservadora da Unb. Fonte: Juventude Conservadora da Unb – Felipe Melo  A diversidade…

Catolicismo “Iluminado”

Há tantos neo-agnósticos universitários quanto católicos “iluminados”. O ponto comum destes dois fenômenos é um só: a crise de fé. Não da fé pessoal, mas da fé apostólica. O Credo Apostólico é o remédio contra a doença que toma parte de nossos contemporâneos. Assim como o neo-agnóstico, que na maioria dos casos é um crente cagão, um outro fenômeno tem acontecido em torno das igrejas, com pessoas com as quais lidamos e amamos. Dessa vez, porém, o fenômeno parece predominar…

Jean-Paul Sartre – Cristianismo e Ética

Cristianismo e Ética Jean-Paul Sartre “Dizer que a corrupção dos costumes entrava a difusão do cristianismo não é considerar esta difusão pelo que é, ou seja, uma propagação em ritmo que os informes dos eclesiásticos podem nos deixar em condições de determinar: é colocá-la em si mesmo como insuficiente, ou seja, padecendo de um nada secreto” Fonte: SARTRE, Jean-Paul. O Ser e o Nada. Petrópolis: Vozes, 2007, p. 537.

Cultura e Verdade

Os críticos dizem que a Igreja violenta a cultura nacional com sua doutrina ocidental, mas ninguém abre mão da tecnologia, tão ocidental como a Igreja O texto “Iemanjá pode, Nossa Senhora não pode“ fez ressurgir uma questão sempre retomada no blog Non Nise Te! De certa forma, os diversos colaboradores do site Humanitatis e os inúmeros leitores diários, além dos próprios blogueiros em suas áreas específicas, ocupam-se em meditar sempre o mesmo tema: sobre a relação entre a cultura do brasileiro…

ATEAM – Ateus, Agnósticos e Mentirosos (ou Do Desespero dos Ateus e Agnósticos)

A condição para ser membro da ATEA é ser mentiroso? Ou será que já se assumiu a não-cientificidade do discurso ateísta e agnóstico. A Ong ATEA (Associação de Ateus e Agnósticos) divulgou esses dias uma imagem revoltante. Ela veiculou uma montagem em que uma criança com deficiências físicas, ao invés de desenhar e tentar se divertir, gasta tempo para lançar impropérios contra Deus, destilando um ódio incompatível com a pureza das crianças em uma folha de papel.  A intenção da…