Tag: Filosofia da Religião

Necessidade de uma fé mais profunda

Eis um texto interessante sobre a relação entre a sociedade e a Igreja. Garrigou-Lagrange viveu intensamente o processo de laicismo pelo qual passou a Europa e faz quase uma descrição do que ocorre agora no Brasil. Reginald Garrigou-Lagrange – A Santificação do Sacerdote Os funestos erros que hoje se difundem no mundo tendem à descristianização completa dos povos. Tudo começa com a renovação do paganismo no século XVI, isto é, com o renascimento da soberba e sensualidade pagã entre os…

Campanha de Oração – pela salvação do Brasil!

O caso é grave e precisa ter auxílio especial. Não entreguemos barato a Terra de Santa Cruz! A Virgem Santíssima já conseguiu de Deus milagres mais portentosos que a não eleição de uma pessoa. Oremos com fé! Campanha de Oração – pela salvação do Brasil! O Brasil vive uma situação política terrível. Enquanto governantes ímpios zombam de Deus e das raízes católicas do povo brasileiro, o país caminha a passos largos em direção à Foice e ao Martelo que, derrotados…

A existência de Deus

“O que podemos esperar?” Essa é uma das perguntas mestre do pensamento de Imannuel Kant. O discurso filosófico trata das questões mais importantes para a humanidade, tais como a indagação kantiana. Mais que saber sobre a saúde de um órgão ou da constituição material de um corpo celeste, importa saber se o homem pode ser feliz nesta vida, se a virtude é melhor que o vício ou se a vida humana se resume à matéria. Está claro que o primeiro…

Gratidão e Lei

A virtude da gratidão trata da obrigação de se honrar a outros, por benefícios recebidos sem a necessidade de tais atos. É próprio dessa virtude a aceitação de que a um outro se deve loas. A natureza desse reconhecimento não nasce de qualquer relação de necessidade, mas da total liberdade do beneficiário em relação ao beneficiado pela gratidão. Diferentemente da Lei, não há obrigação externa de ser grato a ninguém. A virtude da gratidão nasce do coração livre de exigências…

As provas da existência de Deus

Muitos teólogos se perguntam sobre a necessidade de levar-se a cabo estudos filosóficos. Argumentam que a razão humana é muito falha e que a vontade do homem acaba por confundir seus argumentos, tornando-o presa fácil do erro e de suas paixões. Afirmam também que não veem razão para investir na filosofia se a fé é caminho suficiente na formação humana. Alguns dizem mesmo que para eles “basta a Palavra”[1]. Todavia, esta perspectiva teológica anti-filosófica, expressa aqui em alguns dos seus…

Os milagres

Zenit veiculou uma excelente reportagem sobre os milagres. Desde a Reforma Protestante e as críticas do empirista David Hume, o tema dos milagres provoca discussões e disputas. De nossa parte, bastam-nos os fatos. Deixemos que a fé materialista de que “um dia esses fatos serão explicados” alimentem a crença destes cientistas crédulos. O tema dos milagres sempre me fascinou, especialmente porque eles têm uma função especial no arcabouço da doutrina cristã. Diferentemente do que a fé comunista quer fazer crer,…

Santo Tomás de Aquino e o Espírito do Ecumenismo

Semana passada Bento XVI nos lembrou de uma tarefa da Igreja: a Unidade. Sim, com maiúscula! Pois esta Unidade é um Dom Imerecido de Deus à Igreja Católica. O texto que o Papa escreveu gerou reflexões. Permitam-me expor as minhas. A discussão acerca do papel que Santo Tomás de Aquino possui na reflexão sobre o ecumenismo não pode limitar-se a expor os aparentes pontos discordantes entre a doutrina do Angélico e os documentos pontifícios sobre o assunto. E mais: não…

I feel good… tãnãnãnãnãnãnã…

Ver o James Brown dançando é algo mágico! Como não balançar ao som do trompete e saxofone dessa lenda da música mundial? A letra de I Feel Good é um hino ao momento religioso em que vivemos. “Sentir-se bem” é quase a regra geral, o dogma incontestável da espiritualidade contemporânea.  O que chama a atenção é que essa prática não é apenas protestante, mas também entre não poucos católicos essa “norma” espiritual tem gerado mal-estar e confusão, visto ser de…

Sergio “Nero” Cabral

Foi no ano de 64 que a humanidade teve, pela primeira vez, notícia desse bando de gente torpe! Desde sempre os cristãos são assim, baderneiros, violentos, malfeitores. Nesse ano, incendiaram Roma. Obviamente, por ser raça mentirosa e tenaz, negaram tudo. Mas quem poderia pôr fogo em toda uma cidade? Quem teria aparato técnico para, simultaneamente, atear fogo em todos os cantos da urbi? Ou eles, que estão em todos os lugares, ou o governador… mas Nero não praticaria tamanha crueldade… Com…

Símbolos Religiosos

A separação entre Estado e Igreja é antiga e tem como antecessora uma situação de servidão entre os poderes, bem mais constragedora do que os supostos escândalos e denúncias atuais. Entendo que os limites entre os poderes é salutar tanto para a universalização dos bens do estado a todos os cidadãos, independente do credo de cada um, quanto para a Igreja, que poderá exercer seu papel profético anunciando o Reino que há de vir, sem preocupar-se com interesses humanos, demasiadamente…