Tag: Gnoseologia

Hugo de São Vitor – Verdade

Verdade Hugo de São Vitor  “Não há dúvida de que a verdade total esconde-se de nós, porque quanto mais o nosso espírito arda de amor, e quanto mais profunda se torne a busca pela verdade, mais difícil sua compreensão plena” Fonte: SÃO VITOR, Hugo de. Didascalicon: a arte de ler. Campinas: Vide Editorial, 2015, p. 27.

Arthur Schopenhauer – Representações Inteligíveis

Representações Inteligíveis Arthur Schopenhauer “O homem, pelo contrário, graças à sua capacidade de formar representações não-sensíveis, por meio das quais êle pensa e reflete, domina um horizonte infinitamente mais extenso, que abraça tanto os objetos ausentes como os presentes, o futuro e o passado: oferece êle, por assim dizer, uma superfície bem maior à ação dos motivos exteriores, podendo por conseqüência exercitar a própria escolha entre um número muito maior de objetos do que seja possível ao animal, cujos olhares…

Arthur Schopenhauer – Representações Sensíveis

Representações Sensíveis Arthur Schopenhauer Os animais não são capazes senão de “representações sensíveis, não conhecendo senão quando cai imediatamente sob os seus sentidos, vivendo sempre e ùnicamente no círculo restrito do momento presente” Fonte: SCHOPENHAUER, Arthur. O livre arbítrio. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1967, p. 98.

Papa Francisco – Verdades Indiscutíveis

Verdades Indiscutíveis Papa Francisco “O Papa Bento XVI propôs-nos reconhecer que o ambiente natural está cheio de chagas causadas pelo nosso comportamento irresponsável; o próprio ambiente social tem as suas chagas. Mas, fundamentalmente, todas elas se ficam a dever ao mesmo mal, isto é, à ideia de que não existem verdades indiscutíveis a guiar a nossa vida, pelo que a liberdade humana não tem limites. Esquece-se que «o homem não é apenas uma liberdade que se cria por si própria.…

Joseph Ratzinger – Relativismo e Metafísica

Relativismo e Metafísica Joseph Ratzinger “O relativismo de Hick, Knitter e de outras teorias afins baseia-se, em última análise, em um racionalismo que declara a razão, no sentido de Kant, incapaz para o conhecimento do que é metafísico” Fonte: RATZINGER, Joseph. Fé, Verdade e Tolerância. São Paulo: Inst. Bras. de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio, 2007, p. 119.

Hans-Georg Gadamer – Reconhecimento

Reconhecimento Hans-Georg Gadamer “Os reconhecimentos não são uma série de encontros, mas reconhecer significa: conhecer algo como algo que a pessoa já conhece. Perfaz o processo propriamente da ‘Einhausung’ humana – uma palavra de Hegel que uso nesse caso -, que significa que cada reconhecimento liberou-se da contingência da primeira tomada de consciência e elevou-se ao ideal. Conhecemos tudo isso. No reconhecimento está contido apenas que agora se conhece mais propriamente do que se podia na confusão momentânea do primeiro…

Aristóteles – Éndoxa

Éndoxa Aristóteles “São opiniões ‘geralmente aceitas’ aquelas que todo mundo admite, ou a maioria das pessoas, ou os filósofos – em outras palavras: todos, ou a maioria, ou os mais notáveis e eminentes” Fonte: ARISTÓELES. Tópicos, 100 a 27 – b 23.