Tag: Justiça Social

G. K. Chesterton – Socialismo

Socialismo G. K. Chesterton “Não desaprovo o socialismo porque revolucionará  nosso comércio, mas porque fará com que ele permaneça tão horrivelmente o mesmo” Fonte: CHESTERTON, G. K. O que há de errado com o mundo. Campinas: Ecclesiae, 2013, p. 218.  

Lula e Maluf, tudo a ver!

Lula, Maluf e Haddad… que trio bacana! Temos visitantes que ficam tristes conosco, por causa de nosso tom severo contra o PT. Só lamento… mas explico. A crítica é dura pois os partidários do PT diziam que eram diferentes dos…

Cristianismo e Socialismo são incompatíveis

Excelente texto do Pe. Clécio. Vale a pena divulgar um trecho: Os candidatos católicos que mantêm a insustentável filiação a partidos como o PT, PSB e assemelhados deveriam desfazê-la imediatamente, antes que seja questionada a sinceridade de sua fé católica.…

Homo Homini Lupus

A candidata ao cargo de senadora pelo estado de São Paulo defende causas que provocariam escândalo a alguns cristãos. Dentre outras coisas, 1.  É a favor da união homossexual (veja aqui); 2.  É madrinha das paradas gays (veja aqui); 3.…

Jesus e o acordo com Judas

As discussões que recentemente tomaram o blog Non Nise Te! parecem tocar no mesmo ponto: tolerância com as diferenças. Os candidatos de partidos comprometidos com práticas absolutamente incompatíveis com o cristianismo querem convencer seus eleitores de que é preciso conviver…

Desculpas públicas ao candidato Molon

Alguns alunos e amigos têm advertido-me do que, eles dizem, terem sido palavras duras a respeito da pessoa do candidato Alessandro Molon, do PT. A maioria afirma que o chamei de mentiroso e que, alguns sustentam, não fazem jus ao…

Lições de Thomas More

Um pouco de história não faz mal a ninguém… Em 1535, durante a manhã de Londres, um homem de estado honrado e internacionalmente conhecido, Thomas More, foi decapitado por discordar de posturas políticas do rei da Inglaterra, Henrique VIII. O…

Ainda sobre política…

Falando ainda sobre política, tem um dado que precisa ser considerado: o aumento do patrimônio dos candidatos à mandato legislativo e executivo. Esse critério (como todo critério) claudica porque há candidatos que jamais tiveram um mandato, sendo impossível considerar se…