Tag: Santos

G. K. Chesterton – Bem-aventurança e Pobreza

Bem-aventurança e Pobreza G. K. Chesterton “Foi comumente em sentido um tanto cínico que os homens disseram: ‘Bem-aventurados os que nada esperam, pois não serão desapontados?’. E foi em sentido inteiramente feliz e entusiástico que São Francisco disse: ‘Bem-aventurados os que nada esperam, pois de tudo gozarão’ “ Fonte: CHESTERTON, G. K. São Francisco de Assis. Campinas: Ecclesiae, 2014, p. 64.  

Santo Afonso Maria de Ligório – Mérito e Eucaristia

Mérito e Eucaristia Santo Afonso Maria de Ligório “Estejamos bem persuadidos que uma alma não pode fazer nem imaginar coisa mais agradável a Jesus Cristo do que comungar devidamente preparada para receber um tal hóspede em seu coração, pois que dêsse modo se une a Êle, segundo o desejo dêsse terno Senhor. Digo: com a devida disposição, e não: com a disposição que Jesus merece. Porque, se essa última disposição fôsse requerida para comungar, quem poderia jamais fazê-lo? Só um…

Homilia do Papa Francisco na Santa missa e Canonização dos Beatos: Vincenzo Grossi, Maria da Imaculada Conceição, Luís Martin e Maria Zelia Guérin

Praça São Pedro XXIX Domingo do Tempo Comum, 18 de Outubro de 2015   As leituras bíblicas de hoje apresentam-nos o tema do serviço e chamam-nos a seguir Jesus pelo caminho da humildade e da cruz. O profeta Isaías esboça a figura do Servo do Senhor (53, 10-11) e a sua missão salvífica. Trata-se dum personagem que não se gaba de genealogias ilustres; mas desprezado, evitado por todos, sabe o que é sofrer. Não se lhe atribuem empreendimentos grandiosos nem…

G. K. Chesterton – Milagre e Ceticismo

Milagre e Ceticismo G. K. Chesterton “Representar-se o Monte Alverno como mero colapso de Francisco é o mesmo que se representar o Monte Calvário como o mero colapso de Cristo […]. Referir-se aos estigmas como a uma espécie de escândalo, e do qual se aproximar discretamente, mas com pesar, corresponde exatamente a considerar as cinco chagas originais de Jesus Cristo como cinco nódoas no seu caráter” Fonte: CHESTERTON, G. K. São Francisco de Assis. Campinas: Ecclesiae, 2014, p. 11.  

Salve Padre Pio! – Sobre seu apoio a Paulo VI e Humanae Vitae

Comentário: Hoje é dia do padre dos pobres, das almas aflitas, do confessionário, da Santa Comunhão e Paixão de Nosso Senhor. Diversos são os relatos de milagres e conversões ocorridos a partir das intervenções do Padre Pio, entretanto gostaria de lembrar que este tão importante santo, viveu num período ímpar dentro da Igreja. As reflexões e ensinamentos do Vaticano II, um concílio pastoral importantíssimo para a Igreja, trouxe a tona novas reflexões. Não fugindo dos questionamentos polêmicos buscou olhar e…

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós

Hoje, treze de maio, é dia de Nossa Senhora de Fátima. Há 97 anos, 3 pastorinhos, Lucia, Francisco e Jacinta, tiveram o privilégio de receber a visita da Mãe de Deus na Cova da Iria, na pequena cidade de Fátima, em Portugal. Antes da primeira aparição, as crianças já haviam recebido a visita do anjo. Mas foram as aparições de Nossa Senhora e suas mensagens que trouxeram alegrias e alertas para todos os cristãos. Mais uma vez, a Nossa Mãe…

Qual o motivo da nossa existência?

Toda a criação está em função da Glória de Deus. Logo, devemos renunciar a todas as glórias mundanas para que glorifiquemos Àquele que nos amou primeiro. Tudo pode ser “consagrado” à Glória de Deus. Até mesmo um pequeno objeto recolhido com amor pode salvar uma alma (Sta. Therezinha de Lisieux) pois todo ato não é pequeno se revestido de amor. São importantes os detalhes no crescimento espiritual. Aquilo que ninguém percebe é aquilo que Deus vê no íntimo de cada um.…

Felix Culpa!

O Pai não mais leva em conta os pecados do mundo se este estiver agindo em união com seu Filho. Deus Pai “como que” olha o mundo através das Chagas do Redentor e, assim, comove-Se por Amor ao Filho Imolado na Cruz “Tu nos criastes para Vós e nosso coração está inquieto enquanto não repousa em Vós” (Santo Agostinho). Toda criação está voltada ao fim de sua natureza, o Criador. Sem Ele não há sentido de ser, não há nem mesmo Ser na criação, sem Ele nada…

Amar, verbo incondicional

Gosto de conhecer sobre a vida de santos, pois eles nos aproximam de Deus, nos fazem perceber que podemos amar nosso Pai que está no céu mesmo tendo nossos defeitos, manias, erros, pecados. “Sede perfeitos como vosso Pai é perfeito”. Para que esse amor nasça e cresça em nosso coração, precisamos, como os santos, nos esforçar para sermos pessoas melhores, identificar nossos defeitos, fazer um bom exame de consciência a cada noite e pedir perdão, recomeçar a cada tropeço, a…

Santo Agostinho – Dois amores

Dois Amores Santo Agostinho “Dois amores fundaram, pois, duas cidades, a saber: o amor-próprio, levado ao desprezo de Deus, a terrena; o amor de Deus, levado ao desprezo de si próprio, a celestial” Fonte: SANTO AGOSTINHO. A Cidade de Deus, XIV, 29.